Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Lesões na corrida. De bestial a besta!

12.11.19 | Filipe Gil | ver comentários (8)
Quase um ano sem correr em condições. Doze meses nos quais a corrida se tornou um prazer que vejo apenas na cara dos outros. Já desisti e já voltei a tentar correr, e já desisti novamente. Já não me sinto corredor. Estou farto, fustigado de colocar o verbo correr no (...)

Uma viagem que não se esquece (parte 1)

08.08.19 | Filipe Gil | ver comentários (1)
Há coisas que merecem tempo para serem escritas. Precisam de amadurecer para que se faça justiça aos momentos vividos. Por isso, demorámos tempo a escrever sobre a primeira surftrip que o Correr na Cidade fez pela Costa Vicentina. Tudo começou em conversas via (...)

A corrida não é para mim

04.06.19 | Filipe Gil | ver comentários (3)
"A corrida não é para mim!". Quantas vezes já ouvimos isso daqueles que nos rodeiam? Que não gostam de correr, que não conseguem ver o propósito da corrida. Que sem bola à frente não faz sentido correr . No outro extremos temos os fervorosos defensores da corrida. (...)

27 dias sem correr. E agora?

27.01.19 | Filipe Gil | comentar
27 dias sem correr. Ou, por outras palavras em 2019 ainda não corri. E estou-me a aguentar.  Claro, não corro porque estou lesionado. Isto porque, desde outubro que uma dor começou a surgir no joelho esquerdo. A mesma perna que parti há ano e meio. Depois de várias (...)

Correr com vontade nem sempre é fácil

30.12.18 | Filipe Gil | comentar
Queremos correr, queremos acompanhar os amigos, queremos ficar mais magros e em forma mas a saúde não nos deixa. É um problema daqueles. Mas depois há sempre uma luz ao fundo do túnel.Acontece comigo e partilho, em breves linhas.    Ontem fiz mais uma edição da (...)

Tendências de corrida: esqueçam as cores fluorescentes

10.12.18 | Filipe Gil | comentar
  Tal como em outras áreas da vida, a corrida não vive à margem das modas e das tendências da sociedade. Faz parte do ser humano a mudança, a evolução, os ciclos que nascem, amadurecem e depois morrem.   A moda, que para muitos é algo superfluo, é muito mais (...)

Afinal, para que serve a ATRP?

03.12.18 | Filipe Gil | ver comentários (4)
Deve uma Associação servir os seus associados ou viver no seu mundo hermético por detrás de estatutos? Deve uma Associação olhar para as necessidades dos seus associados que podem mudar consoante o decorrer das suas vidas e as chatices dos imprevistos (bons ou maus) (...)