Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correr na Cidade

Review: Suunto Ambit 2 Black HR - 2ª Parte

08.07.14 | Nuno Malcata

Na 1ª Parte da review falei um pouco do primeiro contacto com o Suunto Ambit 2 e com o Movescount, bem como a experiência de utilização em natação e ciclismo (BTT) que tive com o relógio. Nesta 2ª parte vou contar como foram os testes em corrida, tanto em estrada como em trail e no final deixo algumas conclusões que tirei no final de todos os testes.

 

Durante o período que tive o Suunto Ambit 2 disponível para testes, a maior parte dos treinos que fiz com o relógio foram de corrida, 3 em Trail e 4 em estrada.

 

Em Trail o meu grande objetivo foi testar a componente de navegação com o relógio em trilhos. Carreguei um track em Monsanto, que iriamos usar como base para um treino aberto do Correr na Cidade e fui com o Filipe Gil reconhecer o percurso. Como decidi carregar o track para o relógio mesmo antes do treino, não vi como deveria ser feita a navegação ou utilização dos ecrãns de navegação, o que foi um erro. Não consegui perceber para onde me dirigir, e acabamos por desistir da navegação e fazer um percurso nosso conhecido. Neste treino testei pela primeira vez a banda cardiaca que vem com esta versão do relógio, a fita é muito confortável e não deixa assadura na pele e o sensor é bastante certo, pontos muito positivos.

 

Para a segunda tentativa já não cometi o mesmo erro e fui já com a lição estudada e ecrãns dominados, na primeira utilização nem sequer tinha utilizado o ecrãn com zoom sobre o percurso, essencial para perceber para onde nos devemos movimentar.

Também com o Filipe fiz todo o track, praticamente sem enganos, e quando os houve facilmente percebia para onde tinha de ir, a navegação é muito fácil, torna-se cada vez mais intuitiva com o passar dos quilometros e fiquei completamente fã desta funcionalidade do relógio.

Fiz um terceiro reconhecimento do mesmo percurso com o Tiago Portugal e o Stefan Pequito, e confirmei mais uma vez a facilidade na navegação. Em corrida, mesmo em trail é fácil a visualização da informação dos ecrãns costumizados, e de treino para treino de corrida a dimensão e peso do relógio deixa de ser um fator tão incomodativo, por hábito de utilização.

Nos 4 testes realizados em estrada comprovei a rapidez de captação de GPS do relógio independentemente da variação do local onde treinei e testei a costumização dos ecrans, variando entre vários campos num mesmo ecran ou menos campos com informação mais importante.

Finalmente, na clínica de City Trail da Salomon/Suunto na Pro Runner tive a oportunidade de testar o Ambit 2S, um modelo ligeiramente diferente, sobretudo ao nível da autonomia, embora mantendo muitas das funcionalidades, o Ambit 2S tem uma autonomia standard de 8h e o Ambit 2 de 16h. A menor autonomia permite um peso inferior, o Ambit 2S pesa 72g enquanto o Ambit 2 pesa 89g, no pulso a diferença é considerável. Mas sobretudo a diferença que fez preferir o Ambit 2S foi o tipo de bracelete utilizada em cada modelo, a bracelete do Ambit 2S tem um nivel de aperto mais reduzido que permite ajustar melhor a cada pulso, o Ambit 2 como referi na 1ª Parte da Review fica, no meu caso, muito largo ou muito apertado. Em termos de custo o Ambit 2 tem um valor de referencia de 500€ e o Ambit 2S de 400€, as versões com banda e sensor cardiaco.

 

Conclusão: Achei o Suunto Ambit 2 um relógio fantástico para vários desportos, sobretudo de ar livre, tendo inclusive modo multi desporto, para Triatlo, tendo de ser adaptado da melhor forma a cada desporto, como a colocação na bicicleta em ciclismo, seja de estrada ou BTT. O Ambit 2 dada a sua excelente autonomia também é excelente para Trails, mesmo alguns mais longos, e no caso de existir a possibilidade de antecipadamente carregar o track é muito facil seguir o mesmo, adorei o modo de navegação. Penso que cada pessoa deverá ter em consideração o seu objetivo na aquisição dos modelos da familia Ambit 2, por algumas funcionalidades, pelo fator peso/conforto mas também pelo custo para muitos proibitivo.

 

Pontos positivos:

- Funcionalidades e costumização

- Navegação em track

- Aplicações

- Modo multidesporto

- Precisão

 

Pontos negativos

- Conforto, sobretudo no caso do Ambit 2, preferi o Ambit 2S, só não tive oportunidade de experimentar o Ambit 2 Saphire

- Não tem alertas por vibração, apenas sonoros

- Alguns detalhes da navegação no Movescount e das métricas dos treinos, não é um ponto negativo do equipamento mas a relação com o Movescount é direta na utilização do equipamento

- Preço