Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correr na Cidade

Faltam 4 meses para a Maratona de Amsterdão!

Sesimbra 2019.jpg

Em Fevereiro partilhei aqui os meus objetivos e treinos para 2019. Passaram 4 meses desde então e faltam 4 meses para o grande objetivo do ano: a Maratona de Amsterdão. Penso que é a altura perfeita de partilhar um ponto de situação.

Para manter uma boa rotina de treinos, ajuda ter objetivos desafiantes. Dependendo do nível de corrida, um objetivo pode ser conseguir correr determinada prova de 10K em menos de 60 min. No meu caso, relembro os meus 3 objetivos:

  1. Meia Maratona de Milão dia 22/3 em menos de 2 horas - check;
  2. Maratona de Amsterdão dia 20/10 em menos de 4 horas;
  3. Divertir-me muito nalgumas outras provas (de trail e SwimRun) pelo meio: Proença-a-Nova, Piódão, Eco-Marathon, Corrida Atlântica

Plano de treinos

WhatsApp Image 2019-06-22 at 13.50.43.jpeg

Para atingir esses objetivos, sei que o que funciona para mim é um plano de treinos variado e complementar. Tenho feito 5-6 treinos por semana:

  • Segunda-feira: 10K de corrida com subidas nos “Happy Mondays”
  • Terça-feira: yoga (o meu yoga, no FitnessHut de Santos é super intenso e dinâmico, saio de lá a pingar!)
  • Quarta-feira: 45’ de RPM no FitnessHut de Santos (ajuda-me a ganhar velocidade, com os sprints, e força, com as subidas)
  • Quinta-feira: 10K planos (ritmo depende do grupo, pois são os treinos CnC x Move HIIT em Santos)
  • Sexta-feira ou Sábado: treino de alta intensidade e de reforço muscular no Jardim da Estrela com a Move HIIT
  • Domingo: treino longo, seja de corrida, trail ou SwimRun.

 

Tenciono também nadar para fazer 7 treinos, mas posso fazer alguns no mesmo dia, ficando com 5-6 dias ativos e 1-2 de recuperação por semana. A natação faz-me super bem mas nem sempre tenho disponibilidade.

A partir de agora, com menos de 4 meses para a Maratona, quero tentar fazer pelo menos um treino de estrada com mais de 90 min por semana. E nos meses de Agosto e Setembro, fazer 3-4 treinos com por volta de 30K. Já estou a alinhar agendas com o Bruno, Nuno e Xiko, que também vão participar na Maratona. Se te quiseres juntar também, avisa!

2019-01-17_1269.jpg

Outros cuidados: massagens, equipamento e nutrição

Além disso, tenho tido cuidado com a recuperação pós prova grande, com as massagens de recuperação com a Joana da Jing Massagens.

A nível de equipamento, também já começa a ser importante pensar no calçado que queremos usar na maratona, para dar tempo ao nosso corpo de se habituar. Felizmente, penso que já sei o calçado que vou levar, os meus Skechers GOrun Ride 7. Já vou no segundo par deste modelo e ando a poupá-los para os treinos mais longos.

Outra coisa importante a considerar nesta preparação é a nutrição. Há pouco mais de um mês, o Xiko e eu tivemos a nossa primeira consulta com a Nutricionista Ana Sofia Guerra (sim, a Ana aqui do blog). Em função do nosso estado físico, peso, massa gorda, massa magra e alguns perímetros, a Ana ajudou-nos com um plano alimentar. É incrível que com esse plano, em apenas um mês consegui baixar o peso em quase 2 kg e baixar a massa gorda dos 26 para os 24%. Sim, sou uma espécie de “falsa magra”. Pareço magrinha, por ser alta, mas sempre tive a percentagem de massa gorda relativamente alta! Agora, vou continuar a ter alguns cuidados para baixar um pouco mais a massa gorda para depois começar a focar-me na criação de massa magra. Está-me a saber muito bem este acompanhamento da Ana. Sinto-me mais forte que nunca!

2019-01-17_1356.jpg

Desafios: Anemia

Por falar em sentir-me forte… É curioso que, embora me tenha sentido muito bem, descobri que estou novamente com anemia por falta de ferritina. Este problema já me acompanha há muitos anos (mesmo quando ainda comia carne, de facto, tenho estado melhor sem o consumo de carne, simplesmente por ter uma alimentação mais consciente e cuidada). Descobri que tinha os níveis de ferritina em baixo outra vez quando tentei dar sangue. Tinha os níveis de hemoglobina quase no sítio e os de ferro estavam bem. Mas a ferritina, o armazenamento de ferro, estava super baixo. Voltei portanto a ser acompanhada por um médico. E durante 3 meses vou tomar suplementação de ferro diariamente. Daqui há 3 meses, iremos reavaliar a situação. Até lá, felizmente, posso manter os treinos :)

E vocês, quais os vossos grandes objetivos para este ano? E como complementam os vossos treinos de corrida? E que desafios têm tido?