Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correr na Cidade

Dicas para lavar roupa de desporto

Lavagem roupa desportiva 2.jpg

A higiene na roupa desportiva é muito importante porque a transpiração cria bactérias que podem provocar um cheiro desagradável. No entanto, lavar roupa de desporto não é como lavar roupa normal, pois os tecidos técnicos são mais sensíveis e os cheiros mais persistentes.

Uso roupa desportiva com mais intensidade desde 2013 e desde então tenho vindo a afinar a minha técnica de lavagem de roupa desportiva. Penso que resulta bem, pois tenho t-shirts técnicas que já uso 2-3 vezes por mês há 6 anos! Ou seja, acompanharam-me em pelo menos 70 e tal treinos, sendo que os meus treinos nunca são menos de uma hora e sim, transpiro bastante!

Então que cuidados devemos ter na lavagem da roupa desportiva de forma a preservar os tecidos técnicos e eliminar os maus cheiros? Partilho as minhas dicas pessoais:

  1. É recomendado lavar a roupa desportiva o mais rapidamente possível depois do uso, no entanto, como costumo dar uma atenção especial à roupa de desporto, pessoalmente prefiro acumulá-la e de vez em quando fazer uma máquina (quase só) com roupa de desporto. Por isso, antes de colocar a roupa no cesto, costumo deixá-la arejar na rua pelo menos uma noite. Depois, coloco-a num saco de pano dentro do cesto até ter roupa suficiente para fazer uma máquina. Quem prefere lavar a roupa logo, pode sempre fazê-lo à mão, com água morna e um pouco de detergente de roupa.
  2. Assim que tenho roupa suficiente para fazer uma máquina, coloco-a de molho em água fria com cerca de meio copo de vinagre. O vinagre ajuda a tirar os excessos de sujidade sem danificar os tecidos. Podes usar um alguidar ou até a banheira, o importante é que toda a roupa esteja molhada. E não te preocupes, com a lavagem, o cheiro do vinagre desaparece na sua totalidade! Se tiveres pouco tempo, podes deixar a roupa de molho apenas 15-20 minutos, mas pessoalmente, tento sempre fazê-lo umas 2-3 horas pelo menos.
  3. De modo a não danificar os tecidos, não uses amaciador. Podes pensar que ajuda a eliminar os cheiros, mas na verdade, podes mesmo danificar os tecidos técnicos que são muito sensíveis. O amaciador também limita a elasticidade de tecidos elásticos como leggings. E dizem até que o amaciador, como foi desenvolvido para mater o cheiro a florzinhas, também contribuirá a manter o teu cheiro a transpiração!
  4. Lava sempre os tecidos ao avesso. Assim, ajudas a manter estampagens e cores. Além disso, a maioria das bactérias encontram-se na parte interna da roupa, pelo que desta forma, consegues eliminá-las mais eficazmente.
  5. Lava a 30 ou, no máximo, 40 graus. Temperaturas superiores podem danificar os tecidos e estampagens.

Lavagem roupa desportiva 1.jpg

Esta foto foi tirada na minha primeira Maratona, Sevilla 2015, e esta t-shirt continua a ser das minhas preferidas!

Se preferes lavar a roupa à mão, podes deixa-la de molho em vinagre também. Tem cuidado com a temperatura da água e não uses demasiado detergente. Pessoalmente, só lavo roupa compressora à mão, como alguns calções e perneiras.

Sentes que as dicas acima ainda não são o suficiente para ires treinar bem cheirosinho? Experimenta uns amaciadores especiais para roupa desportiva. Há tempos usei uma amostra e realmente a roupa ficou muito bem cheirosa! Ou então, nunca experimentei, mas li que se pode congelar a roupa para tirar os maus cheiros! Sim, experimenta colocar a roupa num saco de plástico e congelá-la 24 horas. Assim, as bactérias que causam o mau cheiro morrem de certeza!

Ao cuidar bem da nossa roupa desportiva, ela dura mais tempo e podemos ir treinar sem nos preocupar com maus cheiros (não esquecer o banho e o desodorizante, claro)! E tu, tens mais alguma dica ou sugestão?

Boas corridas (bem cheirosas)!