Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

A vontade de fazer esta Maratona...

...é muita. Mesmo muita.E um dos meus objectivos a curto prazo. Correr a Maratona ou a Meia de Amesterdão, cidade onde vivi dois anos.É a prova ideal porque tem  três percursos à escolha: 8K, Meia Maratona e Maratona.Quem gostava ou faz planos de ir correr no estrangeiro?

Porque é bom correr com estilo…

livro 3D O Que Vou Vestir Hoje…este vosso blog vai passar a ter conteúdos de especialistas em consultoria de imagem mais concretamente com as importantes dicas e conselhos de Margarida Marques de Almeida e Cátia Dias Amaral autoras do blog “Style it Up” e do livro “O que vou vestir hoje”.

Esta parceria de blogs irá permitir que, de vez em quando, os leitores  do Correr Na Cidade tenham dicas para correrem com estilo com os conselhos de quem  sabe. Do nosso lado iremos dar algumas dicas aos leitores do Style it Up sobre correr e corridas. Os looks serão ainda publicados na revista Skywalker Magazine. Em breve o primeiro look para elas…, fiquem atentos.

Ligeiras alterações

website_redesign

Como já devem ter reparado, mudámos um pouco o layout do blogue e fizemos um redesign. E ainda estamos em testes, por esse motivo pedimos as nossas desculpas.Acontece que o layout anterior estava com problemas a quem o visualizava nos browser Firefox  e Internet Explorer.Pedimos paciência aos nossos leitores e, tal como se diz: "seremos breves!"

Carlos Sá conquista o “Madeira Island Ultra Trail"

20130527-173308.jpgO ultramaratonista português Carlos Sá venceu a 5ª edição do Madeira Island Ultra Trail (MIUT), uma prova organizada pelo Clube de Montanha do Funchal e que integra o Circuito Nacional de Ultra Trail 2013.A MIUT decorreu de 23 a 26 de Maio, tendo reunido na Madeira os melhores ultramaratonistas portugueses. O atleta natural de Barcelos cumpriu os 116 km da prova (com cerca de 6.600 metros de desnível positivo) com o tempo final de 15H07’55, deixando o segundo classificado, o também português Armando Teixeira, a mais de 61 minutos (16H09’41).O pódio da MIUT ficou completo com Nuno Silva, que alcançou o terceiro melhor registo da corrida.

Para pais corredores

fotografia
Ontem à noite depois de tentar digerir mais uma derrota futebolística preparei tudo para me levantar cedo (6:45) e ir correr antes de começar a trabalhar. Roupa escolhida e deitei-me mais cedo que o habitual (23:15). Tudo pronto para um bom começo de semana.Só que ser pai de dois pequenos é meio caminho andado para a imprevisibilidade e para os planos saírem furados. Os pais (de ambos os géneros) sabem que tem de estar preparados para as eventualidades. Ora, ontem, mal eu e a minha mulher nos deitamos começou o "regabofe" dos putos, coitados.Um a fazer febre e com dificuldades respiratórias - e ver um bebé de 7 meses com dificuldades em respirar, tira o sono a qualquer um. Por sua vez, o mais velho, começou com tosse e dores de ouvidos.E assim começou a ronda da noite: "Chora um, chora o outro. Ora vou eu ter com um, ora vais tu (mulher incansável!) ter com o outro. Ora se dá o biberão a um, ora dá o xarope a outro. Adormecer um, perceber porque chora o outro (pesadelo ou dor?). Com este "baile" das dores, às 2:00 e tal e ainda ninguém dormia em casa. Ao que se juntou mais uma ronda deste género pelas 4:30.Às tantas, a embalar o mais novo, decidi que a minha corrida matinal ficava por ali e mudei a hora do despertador para um pouco mais tarde. Planos alterados.Não, este blogue não é o Cocó Na Fralda, mas este relato é sobre uma situação que acontece com frequência com muitos jovens pais que gostam de correr. Pais esses que fazem das tripas coração para alinhavar as suas agendas e terem tempo para tudo. Nestes casos aplica-se o mesmo tipo de força psicológica de correr uma Meia ou Maratona: perseverança resiliência, e gozar o momento para mais tarde recordar, porque a boa notícia é que as crianças.No final o que interessa é que os putos fiquem de boa saúde para se reagendar as corridas. Mas não é fácil começar uma semana já com deficit de sono...Boa semana e boas corridas.