Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Uma boa gestão inicial - Race Report Meia Maratona de Almada

fgilPor Filipe Gil:Foi uma grande prova. Excelente percurso, com muitas subidas, a temperatura ideal e um apoio q.b. das gentes de Almada.Três únicos reparos à organização: quase que não existiam bebidas isotónicas; não se percebeu muito bem qual a utilidade da curta distância entre os últimos dois abastecimentos (nem a 2Km de distância estavam); e faltava informação sobre os km's da prova, sobretudo nos últimos.Tirando estes pormenores, os organizadores estão de parabéns. Esta prova tem tudo para se tornar uma referência nacional e internacional da distância. Foi mesmo uma corrida entusiasmante.A minha prova:Começo pelas curiosidades: fiz os 21.1km sem música. Apesar de estar com os headphones postos, decidi ouvir apenas os timmings pelo Endomondo e Nike Running. Pensei que se necessitasse de extra "boost" punha música mais perto do final. Acabei por não necessitar. Gostei de ouvir o ambiente à minha volta, de ouvir a minha respiração e perceber que faço pouco barulho com a passada - esta foi também a maior distância que fiz com os Go Run 2 e tudo correu bem. Grandes sapatos de correr!A gestão da corrida em si foi, penso eu, o meu melhor trunfo. Comecei devagar, ao lado do Nuno Espadinha, depois apanhamos os "Brunos" (Bruno Andrade e Bruno Claro)  e fomos com o grupo liderado pelo guia das 2 horas. Depois da passagem no parque de estacionamento do Fórum Almada (ao Km 8/9) comecei a sentir-me mesmo  bem. Apesar das duas intermináveis subidas senti-me com força. Ainda assim, tive de fazer um esforço para acompanhar o Nuno Espadinha que tem um ritmo de subida fantástico. Na descida, cerca do km 12/13 (lá está a falta de informação da distância pela organização), decidi pegar numa garrafa de água (já me tinha abastecido na primeira estação e bebi um pouco de bebida isotónica na segunda estação) e ainda antes tomei o gel com sabor a Cola da Enervit, como é forte e intenso, bebi a água que carregava logo a seguir. Esta brincadeira toda fez-me perder o contacto com o Nuno e o Bruno Claro, e tive que me empenhar bastante para os conseguir apanhar. Para, na última subida já em Almada, perdê-los novamente.Depois foi a descida interminável. Aqui achei muita pena o público interagir pouco, estava à espera de mais na principal via daquela cidade. Mas mal a descida terminou começo a pensar que posso bater o meu record da Meia (estava em 2:01) e aumentei a passada. Consegui apanhar o Bruno Claro - não que isso fosse o meu objetivo - e acabei a prova com 1:57:12!!Resumindo: a gestão inicial foi tudo nesta prova. Não cometi os mesmos erros da minha primeira Meia Maratona e tudo correu bem. Podia ter "puxado" um pouco a determinada altura? Sim, podia! Mas da cabeça não me saía os km's finais da Meia de Lisboa onde quase parei. Foi melhor assim. Todos os membros da Running Crew bateram os seus records, inclusive o membro "adoptado", o Bruno Claro do correrlisboa.com - que está a fazer um trabalho impressionante com a sua rede social.Percebi, claramente que a Meia é a minha distância preferida. Venha a próxima, no Porto, em Setembro.  

4 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D