Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Este ano é que é? Guia mensal para te ajudar a ser mais fit em 2018

“Este ano vou ser mais saudável e fazer mais desporto”

 

Onde é que já ouviste isto? Pois!

 

Talvez porque é uma das resoluções de ano novo mais usais, e todos sabemos onde que é isso vai dar:

Vais-te enfiar na loja de desporto mais perto de ti, vais comprar o material todo e mais algum, que conseguires encontrar, sapatilhas, toalhinhas, t-shirts, etc, vais-te inscrever no ginásio e começas a ir a todas aulas de grupo e voltar a correr junto ao rio e beber sumos Detox e o resultado disto?

Lá para Fevereiro já estás cansado e farto e voltas à mesma vida que tinhas e só te vais lembrar de fazer desporto novamente lá para Maio e não é pela tua saúde, é pela barriguinha e pelos dias de Verão que estão quase ai à porta nessa altura.

Por estas razões e mais algumas, deixamos aqui um atitude, só uma, que deves ter em cada mês do ano, para não te desmotivares e manteres a vida ativa ao longo de 2018.

CNC.png

 

 

1km em 10 minutos! O melhor tempo da minha vida

IMG_4876.JPG

Parece ridículo, certo? Para todos e todas que correm há mais de duas semanas, fazer 1km em 10 minutos não é correr é andar. Então e se vos escrever que corro há mais de 4 anos e que este texto é para corredores com alguma experiência, ficam curiosos? Vejam daí que conto o resto…


O título é verdadeiro. Trata-se do melhor tempo que alguma vez fiz. Não em termos de performance, mas em termos de satisfação. Nem os 1h50m numa Meia Maratona ou os 49 minutos nos 10 quilómetros da Scalabis. Nem treinos de trail com mais de 20 kms, ou provas onde passei mais de 8 horas a correr. Nada disso. Foram mesmo estes 10 minutos onde quase cheguei a correr a distância de 1 km. Claro que, a esta altura já estão a perguntar porquê?


Porque estou em recuperação de um acidente que sofri em finais de julho. De um momento para o outro ia (devagar) numa mota a caminho de um jantar com o Nuno Malcata, Tiago Portugal, João Gonçalves e Rui Pinto, e zás, um carro veio contra mim, eu voei, a mota voou, e como resultado um pé e tornozelo macerados e um fémur partido. Daí resultou operação, hospital, verão estragado, muletas, recuperação e o futuro a correr a ser posto em causa.

 

As dúvidas que tive nas horas antes da operação foram muitas. O que vai acontece à minha perna? Será que irei ficar bem? Será que afetou algum tendão? Será que vou ficar coxo para sempre? Será que volto a correr algum dia? Tudo isso tem sido respondido de forma positiva já que a minha recuperação está a ser fantástica. Se calhar fruto de ser um corredor frequente.

 

O mais engraçado é que durante os dias de recuperação, em que a perna perdeu toda a força que tinha, uma das minhas principais preocupações era saber se podia voltar a correr e fazer surf. Os médicos sempre responderam afirmativamente: “É novo, está em forma, vai recuperar isso dentro de meses, com algumas limitações, claro”. Que limitações, raio?! Nem eles sabem dizer, apenas o tempo irá indicar.

IMG_4877.JPG

Contudo, algumas dúvidas ainda se mantêm. Será que algum dia poderei fazer uma maratona? Será mesmo que posso correr uma meia maratona? Será que poderei voltar a correr em terrenos sinuosos pelo meio de trilhos, como tanto gosto?


Mas tudo isto não é nada quando comparamos com pessoas que têm doenças crónicas ou que passam pela batalha contra o cancro e continuam a correr, muitas das vezes com um sorriso no rosto. Esses sim são heróis. Eu sou apenas mariquinhas que partiu uma perna e agora lentamente está a voltar a correr.

 

Por isso, já sabem, se um dia destes se cruzarem comigo a correr à velocidade de um velhote de 96 anos, não é preguiça. É  apenas “mariquice”. Boas corridas!  

De volta aos treinos, Pokemom Go Style!

tpg.jpg

Como prometido, passaram praticamente 2 meses desde que voltei a treinar, e aqui estou para partilhar com vocês como tem sido. E quero saber quem, como eu, voltou aos treinos.

 

Depois de 3 meses parado paradinho, como vos contei no final de Julho, voltei a correr. Já recuperado sabia que tanto tempo de paragem ia significar uma grande baixa de forma física, e foi o que aconteceu.

 

Nos primeiros dias que pude sair de casa, houve a coincidência de ter sido lançado o jogo Pokemon Go. Com a febre que existiu à volta do jogo, a minha curiosidade aumentou e quis perceber a mecânica do mesmo.

 

 

Decidiste voltar a correr? Eu também e não vai ser fácil...

f.jpg

Há 3 meses corri pela última vez... e fiz uma maratona!

 

Pois é, há 3 meses corri a Maratona de Madrid, e desde esse dia não voltei a correr 100 metros.

 

Porquê? Fui "à faca", e para não ajudar, 1 mês depois da primeira ida ao bloco operatório tive de lá voltar para resolver uma infeção chata que deu em fistula.

 

A recuperação foi longa, quase 2 meses, muito dolorosa e completamente inerte passando muito tempo deitado.

 

Tanto como as muitas dores que tive, custou esta inatividade completa porque desporto é do que mais gosto fazer na vida, seja correr, saltar, nadar, andar de bicicleta, jogar ténis, basket, etc etc etc...

 

Atualmente perdi toda a forma que tinha e, se há 3 meses concluí a Maratona num dos melhores periodos de forma que me lembro, hoje subo um lance de escadas e fico exausto. O corpo precisa de atividade, tudo o que está parado morre, mesmo.

 

3 meses depois da Maratona voltei a calçar uns ténis para voltar a correr um pouco. Foi no evento da Puma para apresentação dos Ignite Dual. A sensação foi boa, muito boa, apesar do receio de começar a correr, mesmo que devagar, e não aguentar nem 50 metros.

 

Felizmente o evento foi bem planeado, andámos um pouco, fizemos alguns exercicios de aquecimento e a parte de corrida foi breve. Embora muito cansado acabei bem e com um enorme sorriso na cara.

f2.jpg

E agora? Agora é hora de começar tudo de novo, antes de voltar a correr bem, terei de andar muito e bem, e sobretudo ter a força para não desistir às primeiras dificuldades, e vão ser muitas.

 

Para ti, que estás na mesma posição que eu, decidiste voltar a correr e sabes que não vai ser fácil, faz isto por ti e para ti!

 

Daqui a 2 meses espero ouvir noticias tuas, e eu aqui estarei a dar-te noticias desta minha nova etapa.

 

Para fechar, revejam neste link  as dicas que o Pedro Luiz nos deixou no início do ano para quem quer começar ou voltar a correr e tanto sucesso tiveram.

 

Bons treinos!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D