Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Corrida TSF Runners – Como é correr com 4 atletas cujo nome termina em Ana?

IMG_4518.JPG

 (na partida...digam lá que não sou um sortudo)

 

Por Bruno Tibério:

 

Há algumas semanas fui convidado para participar nesta prova e confesso que estranhei o convite, principalmente porque iria correr com 4 mulheres que têm 2 pontos em comum: gostam de correr e têm “Ana” no nome. No início ainda achei alguma piada, mas depois fiquei um pouco apreensivo. Isto de ir a acompanhar 4 mulheres não é para qualquer um! Como será que podia ajudar? Quem me conhece pessoalmente sabe que não sou propriamente a pessoa mais efusiva e extrovertida e isto seria para mim um desafio acrescido. O meu conselho, e aquilo que eu segui, é pensarem o que gostariam que fizessem por vocês.

 

No dia da prova, para além do nervosismo típico antes de começar a correr, acabei por me atrasar um pouco porque decidi fazer compras de última hora e iniciei a minha corrida em Linda-a-Velha e tive a sorte de apanhar boleia com os “Malcatas”. Quando cheguei à partida já estava acompanhado pela Ana Morais e a Joana Malcata e começámos à procura das outras “Joanas”. Depois de nos reunirmos e colocarmos o dorsal à cintura, fomos até à zona de partida e, mesmo tendo a pulseira da zona “até 60 minutos”, decidimos que íamos para a parte de traz da partida.

 

Apesar de termos combinado irmos todos juntos, acabei por ir a acompanhar a Ana Morais. A Joana Aguiar e a Joana Ceitil foram mais à frente e a Joana Malcata ficou um pouco atrás. Ao dar o tiro de partida ainda demorámos um pouco a arrancar. Também não tínhamos pressa nenhuma e posso dizer que, de certa forma, isto já estava ganho...pela companhia, claro.

 

Nos primeiros 2 Km, olhei várias vezes para o relógio e reparei que a Ana ia um pouco mais acelerada do que era costume. Avisei-a de que devia ir com mais calma mas, como sempre, não me ligou nenhuma e lá continuou. O mais engraçado é que se notava bem que ela ia a puxar, pois era a primeira vez que a via a correr sem falar. De vez em quando olhava para ela para ver se estava bem, pois era estranho vê-la tão calada. Ao 3º Km (ou perto disso) aparece o primeiro abastecimento com água e agarrei logo em duas garrafas de água para que a Ana não parasse de correr. Se no início da prova estava um tempo bem fresco e nublado, ao longo da prova sentia-se bem o calor. Por esta altura já ela se queixava (como de costume) do calor e molhava a cara, os braços e as pernas.

 

E lá continuámos nós a correr e a acenar às pessoas que passavam por nós. De vez em quando lá olhava para ela para saber se estava bem, pois continuava a não dizer nada. Por volta do 5º Km, ela diz que tem de baixar um pouco o ritmo e, como se tivesse um relógio no pulso (que não tinha), fez o resto da prova numa média super estável – 6:28/6:32. Era essa a média que ela se sentia mais confortável. Eu bem tentei puxá-la no último quilómetro, mas não consegui grande coisa. Ela própria confessa que a falta de treinos de corrida não ajudaram e tinha mesmo que treinar mais. Mas engraçada foi a reação dela ao aproximar-se da meta, olhar para o relógio que lá estava e dizer: “vou bater o meu recorde pessoal dos 10K!” E assim foi! Fez 1:04:38.

IMG_4576.JPG

(esta foto está diferente de todas as outras: ela é que costuma correr a sorrir, não eu)

Na meta já lá estava a Joana Aguiar e a Joana Ceitil à nossa espera, que correm duma maneira engraçada: vão sempre a falar durante a prova (segundo elas dizem, em todas as provas). Esperámos alguns minutos pela Joana Malcata, e lá vinha ela “esbaforida” e sem conseguir falar, mas com um grande sorriso.

 

Resumindo um pouco o meu papel neste dia: todas estas meninas, para além de terem em comum partes do nome e o gosto pela corrida, elas também recomeçaram agora a correr e a participarem em provas. Quer seja por falta de tempo devido à vida profissional demasiado exigente, por alguma problema pessoal e/ou familiar, ou por alguma lesão que nos deixe encostados, por vezes temos de deixar os treinos para último lugar. Na corrida só conseguimos melhorar se tivermos alguma regularidade nos treinos e quando o treino passa a segundo plano durante algum tempo, podemos começar a ficar desmotivados com o nosso desempenho quando voltamos de novo ao activo. Não gostamos do nosso desempenho sabemos que podemos, ou pelo menos queremos, fazer melhor mas o corpo não reage aos nossos desejos.

 

E é aqui que podemos ser úteis, fazer a diferença e tocar alguém. Por vezes nem é preciso dizer nada, basta apenas estar lá. O simples facto de estar presente, fazer companhia, pode ser mais do que suficiente para não deixar um amigo, um colega ou um conhecido desistir quando falta um pouco de fôlego, motivação e coragem. Saber dizer, “reduz um pouco, precisas de gerir” quando vês que estão a ir acima das suas capacidades ou incentivar a acelerar nos últimos quilómetros ou a sair da zona de conforto. Relembrar que o relógio numa prova não é tudo, não é aquele “bicho papão” sobre qual todos nos vão julgar só porque os números não são os melhores. Mostrar que chegar ao fim, dentro das suas limitações, é um prémio mais enriquecedor que qualquer medalha. O sentimento de dever cumprido, o transformar o sofrimento em alegria após cruzar a meta, o acreditar que afinal é sempre possível, é o maior dos prémios que se pode receber quando nos sentimos em baixo.

E vocês? Já tocaram alguém esta semana? Vão, apoiem alguém e, no final, apenas perguntem: “quando voltamos a treinar?”

Vamos correr: Corrida TSF Runners 2016

TSF.jpg

As edições anteriores desta corrida típica Lisboeta decorreram em nos meses de Julho e Outubro. Este ano, a Corrida TSF Runners realizar-se-á em Maio, no dia 14, pelas 17h.

 
Esta terceira edição da TSF Runners conta também, pela primeira vez, com uma Kids Race. A Kids Race é uma corrida para os mais pequenos, dos 6 aos 12 anos, onde a diversão é a verdadeira meta. Em vez da tradicional corrida, trata-se de uma prova de divertidos obstáculos insufláveis que os participantes terão de ultrapassar para chegar ao fim.
 
A Kids Race começa pelas 15h30 e conta com duas distâncias: um percurso de 300m para os participantes dos 6 aos 9 anos e um de 600m dos 10 aos 12 anos, sendo o valor da inscrição de apenas 2€.  A partida da Kids Race será dada junto à Praça do Império, com percurso de ida e volta com obstáculos insufláveis na Praça do Império, e meta instalada no mesmo sítio da partida.
 
A prova de corrida a pé terá 2 distâncias, 10km e 5km metros compreendidos entre Pedrouços e Santos, Lisboa. A partida e chegada de ambas as provas será na emblemática Praça do Império em Belém.
 
Recomendamos esta corrida para quem quer bater o seu melhor tempo, pois a prova é muito plana, sendo bastante rápida. Depois da partida junto à Praça do Império, segue-se pela Av. Índia em direção a Algés, entrando na N6 até realizar o retorno no cruzamento com a Av. Torre de Belém (junto aos semáforos). Depois será continuar na AV. Da Índia em direção a Lisboa, passando pelo CCB, centro congressos de Lisboa, por debaixo do Viaduto de Alcântara até realizar o retorno junto ao Banco Mais na Av. 24 Junho, regressando em direção a Belém. A meta será na Praça do Império.
 
O ano passado foi assim:

  

As inscriçoes estão abertas até dia 9 de Maio e custam 8€ para a prova dos 10km e 5€ para a prova dos 5km.
 
Para mais informações, podem consultar o regulamento da prova.
 
Juntam-se a nós nesta corrida Lisboeta?

London Marathon 2016: parece-te bem? Habilita-te a ganhar!

TSF.jpg

Já te inscreveste na corrida TSF Runners?

- Não? Então apressa-te!

- ? Então e já te inscreveste para o passatempo Citroën C4 Cactus?

 

Toca a participar! Basta escrever uma frase com as palavras TSF e Citroën C4 Cactus e habilita-te a ganhar uma viagem com participação na Maratona de Londres 2016.

 

Sim, leste bem: Maratona de Londres 2016! Vais perder esta oportunidade única?

 

O ano passado, o Pedro Luiz da crew participou na Maratona de Londres com os nossos amigos da Endeavour. Em 2016 podes ser TU!

 

É no âmbito da inscrição na 2ª Corrida TSF Runners que decorrerá no dia 5 de Julho de 2015, pelas 9h00, que te podes habilitar a ganhar:


- Dorsal para participar na Maratona de Londres 2016
- 3 noites de alojamento e pequeno almoço no hotel Taj St. James Court
- Viagem em companhia a definir
- Transfer à feira da Maratona para levantar o Kit de participante
- Transfer à saída da Maratona no Parque de Greenwich
- Assistência no destino pelos membros da equipa de Endeavor.



Estão habilitados os participantes corretamente inscritos na 2ª Corrida TSF Runners que preencherem o formulário e enviarem a frase com as palavras TSF e Citroen C4 Cactus. Ganham os 3 participantes que enviarem as frases mais criativas/originais. As frases serão escolhidas por um júri constituído por elementos da TSF e da Citroën.


Serão consideradas válidas as participações no “passatempo Citroen C4 Cactus leva-o a correr internacionalmente” de 8 de maio a 28 de junho. A seleção dos 3 vencedores será feita de 29 junho a 4 de julho e a divulgação dos vencedores será feita no dia da corrida TSF Runners a 5 de julho. Os vencedores serão contactados também por email.

 

Vamos lá! Inspirem-se! Let's meet in London? :)

 

PS. Se quiserem associar-se ao Correr na Cidade nesta corrida, usem o código (sbf6hdtsiksfbyudsepwm) no processo de inscrição!

Venham correr: 2ª edição da corrida TSF Runners

percursos2.jpg

Enquanto a Primeira edição da Corrida TSF Runners decorreu em Outubro de 2013, agora, a segunda edição será já em Julho.

 

Julho? Será Julho um bom mês para provas? É pois! A prova TSF Runners é às 9h00, ou seja, se acelerarem bem, acabam a corrida antes da hora de maior calor. Uma prova em Julho pelas 9h00, uma ótima razão para acordar cedo e fazer exercício não?

 

Para nós sim, é uma ótima razão e dia 5 de Julho, pelas 9h00, estaremos na linha de partida em Belém, na Praça do Império, para percorrer 10km. Vamos correr sempre junto ao rio. A prova terá duas distâncias - 10 Km e 5 Km - compreendidos entre Pedrouços e Santos. Toda a atividade do evento irá centrar-se numa das ruas laterais à Praça do Império em Belém.

 

As inscrições já são abertas e até dia 21 de Junho são apenas 8€ para os 10km e 5€ para os 5km. Ao comprar o teu dorsal numa loja SportZone ainda tens 25% de desconto em cartão!    

 

Em 2013, o Carlos Sá foi Padrinho da Prova e a corrida teve como vencedores Bruno Fraga e Vanessa Fernandes.

 

Vejam como foi:

 

As inscrições já estão abertas. Venham correr connosco.

Review: Midnight Glow by Outpace – gama masculina

Por: Tiago Portugal

 

Não é todos os dias que pudemos ser dos primeiros a experimentar produtos e artigos novos. A Sportzone permitiu que dois elementos do Correr na Cidade testassem, antes de estar disponível no mercado, a nova gama Midnight Glow especialmente desenhada e desenvolvida para os que correm à noite. Esta gama está inserida na chamada na categoria “Elite Runner”.

 A linha feminina foi testada pela Bo sendo que me coube a mim testar a gama masculina.

Em baixo um quadro com as características principais, o preço e o tamanho do equipamento que recebi.

1.jpg

 Segue a minha review da gama Midnight Glow

IMG_0695.JPG

T'Shirt Outpace Midnight Glow

Tal como o restante equipamento da gama Midnight Glow, esta t-shirt foi desenvolvida para a prática de corrida noturna e nesse aspeto tem nota muito positiva. A estampagem frontal e as linhas refletoras nas mangas e nas costas funcionam muito bem e apesar do resto da t’shirt ser toda preta permite-nos ficar muito visíveis. Com a componente da segurança assegurada importa analisar os restantes aspetos deste modelo.

 

O PVP é de 24,99 € e sendo da gama "Elite Runner" o material utilizado e os acabamentos são bons o que lhe permite ser bastante confortável, não tive nenhum problema nas diversas vezes que já a utilizei. Achei que o tecido secava com facilidade.

 

Este modelo concorre diretamente com outros de marcas mais conceituadas, tendo como característica diferenciadora o efeito refletor “glow” que garante uma maior segurança. Se o mais importante for adquirir uma t-shirt, sem pretensões de marca, que permita correr à noite em segurança este modelo é uma boa aposta. 

 

IMG_0793.JPG

Casaco Outpace Midnight Glow "Weigold"

Encontrar um casaco cheio de elementos refletores e que garanta ao mesmo tempo proteção contra o vento e contra a chuva por 34,99 € é um achado, mais depressa se encontra uma agulha num palheiro. 

 

Infelizmente, não pude testar a fundo a impermeabilidade do casaco, apesar das tentativas o melhor que consegui foi um dia com chuva ligeira à qual o casaco respondeu bem.

IMG_0703.JPG

Os elementos refletores do casaco são muito bem pensados e estão distribuídos por todos os lados, frente e costas, inclusive no capuz.

 

Apresenta 3 bolsos de tamanho considerável que permitem guardar alguns pertences, sendo que no bolso do peito estão incorporados vários elementos refletores. À primeira vista parece um casaco um pouco pesado mas depois de o vestir achei o casaco muito confortável e quase que não o sentia durante as corridas.

 

Em termos de respirabilidade este modelo fica, para mim, um pouco aquém. Ensopa com muita facilidade, principalmente na zona do cotovelo, zona onde muitas vezes o suor e a humidade se acumulam. A zona interior do casaco tem uma espécie de rede amarela que acho estranha e não consegui identificar bem o seu propósito.

 

Relativamente ao tamanho, foi-me enviado um L e se no caso da t-shirt o L assentou que nem uma luva no casaco já ficou demasiado grande.

 

Resumindo, um casaco cheio de elementos refletores, Wind Stopper e Water Proof, ainda por testar em condições mais adversas, com um PVP de 34,99 €. Dentro desta gama de preço e apesar dos problemas com a acumulação do suor e a secagem, creio que este modelo deve ser tido em conta se esta a pensar em comprar um casaco para correr e o orçamento disponível for mais apertado.

 

IMG_0706.JPG

Calções

Tal como nas restastes peças, nos calções recebi um tamanho L e sendo certo que mais largo não me incomoda creio que o M me teria assentado melhor. Gostei e uso muito estes calções, de noite e de dia, sendo que já corri algumas vezes por Sintra com eles.

IMG_1020.JPG

O que se pode querer mais nuns calções além de conforto, secagem rápida e um bolso generoso? Bem talvez mais um ou dois bolsos dessem jeito, mas tirando esse pormenor, estes calções cumprem a sua função de forma muito meritória. Têm ainda a vantagem de incoporar vários elementos "glow" para quem pretende correr de noite. 

 

Calças Outpace Midnight Glow "Wetmore"

IMG_1115.JPG

Por norma não sou grande fã de calças de corrida. Acho-as desconfortáveis, passo muito tempo a “ajeitar-me” e a puxar as calças para cima, no entanto, nas 3 vezes que utilizei este modelo achei-o muito confortável. O melhor elogio que lhes posso fazer é que saía de casa e voltava e não precisava de ajeitar as calças mais do que uma vez. Como o resta da coleção Midnight Glow as calças tem vários elementos refletores que garantem uma maior visibilidade noturna.

 

No zona do tornozelo as calças têm um fecho que permite um maior ajuste na hora de as vestir, ou em caso de calor um ligeiro arrefecimento da perna.

 

Relativamente ao tamanho, o L ficou-me muito bem, justo o suficiente para me sentir confortável sem estar preso de movimentos.

 

O PVP é de 29,99 €, sendo que estão atualmente com uma promoção de 30%, a 20,99 €.

 

Resumindo, se pretende equipamento com elementos refletores para correr em maior segurança durante a noite a gama Midnight Glow da Outpace é uma boa aposta. Tenha atenção aos tamanhos, pois podem variar de artigo para artigo. 

 

Boas corridas.

Review: Midnight Glow by Outpace – gama feminina

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (20).jpg

 

 

Por Bo Irik:

 

Com o lema “Be Safe, Be Visible” a Outpace lançou a gama Midnight Glow desenvolvida para os que correm à noite ou em condições de visibilidade reduzida. Tive a oportunidade de testar o material em primeira mão, acabadinha de sair da fábrica e antes de ser comercializada nas lojas. Que honra! Segue um resumo da gama Midnight Glow para mulher em termos de características e a minha review.

Table.jpg

  • Waterproof – construído com material à prova de água para impermeabilidade do artigo e assim manter o corpo seco.
  • Wind Stopper– Desenhado para impedir a entrada de ar frio.
  • Lightweight – graças à sua leveza torna-se indicado para atividades intensivas nas quais o peso e a comodidade são caraterísticas essenciais.
  • Quick Dry – Construído com tecido de secagem rápida que afasta a humidade para o exterior, mantendo o corpo seco e confortável.
  • Anti-bacterial - Tecido com acabamento antibacteriano, que evita o desenvolvimento de bactérias e protege a saúde e bem-estar do atleta.
  • Compression – concebido para adicionar uma compressão extra ao artigo, promovendo o bem-estar e/ou a recuperação de lesões.
  • Breathable– Construído com tecido respirável, promove a gestão da humidade mantendo o corpo seco e confortável.

Toda a gama Midnight Glow insere-se no nível Elite Runner da Outpace, ou seja, foi desenvolvida para corredores experientes que procuram o fit perfeito.

 

Casaco

O efeito “glow” no casaco é brutal. Tem refletores no capucho e braços para além de outros elementos refletores de menor dimensão. O casaco tem dois bolsos com fecho com dimensão suficiente para levar telemóvel de lado e mais um no peito, do lado esquerdo. De forma a ajustar o casaco ao nosso corpo, tem cordões de lado e no capucho, garantindo que este se fixa, mesmo com o vento. O material deste casaco é curioso, pois, promete ser impermeável, mas o material é tão maleável e confortável que nem o parece. Ainda não o pude comprovar a impermeabilidade do casaco. Em termos de tamanho, o tamanho indicado à marca foi M mas no caso do casaco forneceram-me um L e este fica-me muito bem. Por isso, já sabem, provavelmente um tamanho acima fica melhor. Em termos de melhorias, para mim o casaco poderia ser mais respirável, principalmente na zona axilar e, pessoalmente, prefiro quando o capucho é retirável, seja com botões ou fecho.

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (40).jpg

 

 

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (38).jpg

T-shirt

Na t-shirt, o efeito “glow” é particularmente visível na estampagem na parte de frente. O modelo tem um corte feminino e ajusta bastante bem ao meu corpo. Tive a oportunidade de usar a t-shirt várias vezes e, em termos do material, achei-a algo quente, embora a zona axilar “respirar” bastante bem.

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (41).jpg

Calções

Tal como no casaco, nos calções recebi um tamanho L em vez do M indicado e de facto, foi mais uma vez uma decisão acertada por parte da marca, pois, este número fica bem. Os calções têm uma faixa refletora em cada perna e nos detalhes presentes na bolsa na parte de trás. Na parte de trás dos calções temos uma bolsa com fecho que permite transportar um cartão, chaves ou moedas durante um treino. Para um telemóvel, a bolsa já é pequena. Os calções são largos e têm uns calções interiores mais justos, de cor rosa. De forma a garantir um bom ajuste ao corpo, o calções têm, na cintura, elástico e um cordão para dar um nó.

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (1).jpg

Corsários

Os corsários foram o elemento desta gama que mais gostei. Ficam bem, são confortáveis e brilham q.b. O efeito “glow” nos corsários está presente ao longo de cada perna, na parte exterior, sobre uns desenhos geométricos a rosa, e também na bolsa na parte inferior das costas, similar à dos calções e calças. O material é ligeiramente compressor, bastante agradável, na minha opinião. No poplíteo (“covinha do joelho”), os corsários têm uma rede que permite maior flexibilidade e respirabilidade, o que achei de facto bastante confortável. De forma a garantir um bom ajuste ao corpo, os corsários têm, tal como os calções e calças, um elástico e um cordão para dar um nó na cintura.

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (44).jpg

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (46).jpg

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (49).jpg

Calças

As calças são idênticas aos corsários em termos do material (compressor), bolsinha, cordões e efeito “glow”, sendo que este se estende ao longo da perna de forma bastante subtil e elegante. Gostei. Embora não seja fã de calças, elas ficam bem e são confortáveis. No poplíteo (“covinha do joelho”), têm a mesma rede que os corsários permitindo maior flexibilidade e respirabilidade. Para facilitar na hora de as vestir, as calças têm fecho na zona do tornozelo. Para mim, as calças são um pouco quentes mas para quem gosta de usar calças e gosta de correr à noite, recomendo. São giras e confortáveis!

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (31).jpg

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (34).jpg

Vou continuar a usar o material com muito gosto. Caso tenham alguma questão, não hesitem em falar comigo. A gama Midnight Glow da Outpace está já nas lojas Sportzone. Boas corridas!

Outpace  Midnight Glow Correr na Cidade (42).jpg

Podem "ouvir" parte desta review no programa TSF Runners desta sexta-feira, dia 3 de abril, numa parceria entre o Correr na Cidade, o TSF Runners e a Sport Zone. 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D