Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

TNLO: nem sempre queremos mais e mais...

Parte da Equipa desta aventura

Sábado, 2 de Agosto, 22h00. Onde é que uma miúda de 25 anos que adora dançar deveria estar? Na pista de dança, pois! Não.  A pista fica para o próximo fim de semana (dica aos meus amigos não-corredores), pois troquei a pista de dança por uma pista de trilhos de 28km pela zona de Óbidos.

 Fotos por Bernadete Morita - Partida do Ultratrail

O Trail Noturno da Lagoa de Óbidos (TNLO), contemplava uma caminhada, uma prova de (supostamente) 25km e outra de 50km, é uma as provas mais populares do mundo de trail em Portugal.  A sua sexta edição foi a minha primeira participação, e não a última, sem dúvida alguma.

Foi uma verdadeira festa de trail. As inscrições esgotaram em poucos dias e compreende-se o porquê. A prova decorre durante a feira medieval nesta vila, que dá ainda mais encanto ao ambiente que a carateriza. O organização foi excelente nos vários aspetos, desde a informação proporcionada aos atletas, inscrições, levantamento de dorsais e mini feira de trail, brief, abastecimentos durante e no fim da prova e pela sua simpatia. Embora compreenda que não seja tarefa fácil assinalar o percurso de uma prova de trilhos noturna, acho que a organização poderia ter investido mais neste aspeto. Nas retas, tudo bem, mas nas viragens, a meu ver, poderia ter havido indicações mais claras. Na verdade acabei (num grupo de cerca de 20 participantes) por fazer um quilómetro a mais por nos termos perdido. Eu não me importei porque estava a adorar a viagem mas para quem está a competir acaba por ser muito chato.

A minha prova

O percuro (dos 25km) foi espetacular, com passagens por algumas aldeias com gente a apoiar, trilhos lindos e estradões para acelerar, subidas que exigiam o uso de uma corda e a inesquecível passagem pela Lagoa. Mais uma vez, fiquei maravilhada pelo espírito dos trailers, falei com muitas caras conhecidas mas também desconhecidas e durante a prova a entreajuda estava continuamente presente. Adorei cada passo que dei e foi muito bom fazer esta viagem com a minha amiga Pat. Em termos de equipamento e alimentação acho que também já estou a conseguir afinar as minhas preferências. Gosto das meias de compressão da Compressport, sinto que me ajudam; da mochilinha da Kalenji também não tenho queixas e adoro os Merrell All Out Rush! Antes da prova, uma refeição (cerca de 2-3 horas antes) e uma sandes/barra/banana (30min antes). Durante a prova, acima de tudo, muita, muita, água; gomas e avelãs para ir petiscando e um gel (Powerbar) e duas pastilhas da Isostar de combustível.

Finishers! :D 

Os meus amigos corajosos que se aventuraram no ultra trail estavam a picar-me para me juntar a eles, mas não, para já não sinto a necessidade de aumentar a quilometrarem em trilhos noturnos. Os 28km souberam-me que nem ginjas (d’Óbidos), cheguei bem e hoje sinto-me bem, até já fui correr uns 9km, é o que interessa :)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D