Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Review: Saucony Triumph ISO 4 - Uns ténis para uma maratona... Mas não para mim!

É chegada a altura da review do Saucony Triumph ISO 4.  Para quem não viu a preview, voltamos aos detalhes básicos:

  • Modelo: Saucony Triumph ISO 4  - Navi/Denim/Cooper
  • Testado por: Bruno Tibério
  • Características pessoais: Passada neutra/ligeiramente pronadora, peso 73kg, arco médio.
  • Condições de teste: vários treinos curtos (até 10km) e um longo (~20km), totalizando cerca de 70km.

Características Técnicas:

  • Peso: 342g no número 43
  • Drop: 8mm
  • PVP: neste momento consegue-se online cerca de 150€

Posto isto passo a explicar os pontos que gostei, detestei e assim perceberem também o porquê de a review estar um pouco atrasada em relação às nossas práticas. 

 

DESIGN & CONSTRUÇÃO

Em relação às cores e os padrão denim, nada a apontar. Adorei os apontamentos metálicos em tons cobre. A marca apostou nestes tons em vários dos seus modelos e para mim foi uma aposta ganha. Para quem gosta de correr durante durante a noite, na parte frontal tem dois pequenos refletores e um na parte traseira. A sapatilha é também composta em grande parte por malha, que os torna flexíveis e respiráveis. Os acabamentos estão devidamente acondicionados com a excepção de uma ( pelo menos para mim) e que é o que me leva a dizer que estes ténis não são para mim mais à frente.

saucony_sola.jpg

 

Em relação à durabilidade, com os 70kms, não é visível nenhum desgaste evidente da sola.

 

Estabilidade e aderência

Penso ter sido a primeira vez que usei umas sapatilhas de estrada indicadas para longa distância. Daí que a minha primeira impressão foi achar que eram bem pesadas (para valores que estava mais habituado a equipamento de trail)  mas está dentro dos valores típicos para a gama de longa distância. 

A borracha da sola não tem nada a apontar assim como a estabilidade e apoio do pé lateralmente. Nas nossas Happy Mondays, recheadas de calçada, caminhos inclinados e por vezes irregulares, portaram-se perfeitamente. Não houve um grande teste em chuva intensa, mas em zonas mais húmidas nos dias mais frios não se notou grande perda aderência. 

Algo que adorei em relação ao meu pé foi o apoio proporcionado na zona do arco do mesmo. Tal como descrito pela marca, o modelo é indicado para quem tem o arco algo acentuado acabando por proporcionar mais apoio.

 

Amortecimento e conforto

Já o tinha frisado anteriormente que a zona do calcanhar estava extremamente acolchoada o que me parece garantir uma boa proteção, bem como evitar fricção e permitir a expansão do pé com o decorrer dos quilómetros. E quanto à sola, eu sou apologista de que se não ouvimos a nossa passada ou um bater demasiado "seco" isso é bom sinal. Significa que o impacto está a ser absorvido pela composição intermédia da sola. E isso acontece nestes ténis. Quem tiver um pouco de peso a mais creio que irá beneficiar do bom amortecimento oferecido por este modelo. A língua também é fortemente acolchoada protegendo o peito do pé.

 

Ok, mas então porque não são para mim?

saucony.jpg

Nem tudo são rosas. Pois bem o problema é que eu, e volto a frisar, eu, ao correr faço uma flexão plantar demasiado pronunciada. Simplificando, dobro muito os dedos, de tal forma que em geral as minhas sapatilhas quando gastas por uso, acabam quase sempre por romper na zona da dobra dos dedos do pé. Acontece que neste modelo, as presilhas, são cobertas por uma espécie de resina tornando-as extremamente duras, com excepção da que contém a parte do material refletor (ver imagem). Acontece que essa última, assinalada a vermelho na imagem, tem uma costura pronunciada que fica exactamente por cima da zona onde dobro os dedos. Essa costura é protegida pela língua mas com o movimento por vezes acaba por ficar exposta e é trilhada contra o pé na zona da dobra pela que lhe antecede coberta com resina. Se no treino curto até passa despercebido, no treino mais longo, com o continuar da pressão acabei até por fazer um pequena pisadura. Para mim esse problema seria bem resolvido pela marca, recuando um pouco a zona da presilha em direção à parte traseira do ténis, semelhante a outros modelos da marca (ex: Ride ou Guide) ou então estendendo mais a língua de forma a garantir maior cobertura da costura mesmo durante a flexão acentuada.

Por eu achar estranho este facto acabei por ir chatear o Nuno Malcata que calça o mesmo que eu para ele dar a opinião dele. Já ele, não notou exposição da mesma costura que lhe relatei durante os testes que fez. Daí esta review final também ter demorado mais que o nosso habitual pois queremos ser justos com a marca.

 

Conclusão

É sem duvida uma boa opção quer para adeptos de corridas longas ou para quem procura um bom amortecimento em todo o tipo de treino. 

O factor mais dissuasor será provavelmente o preço, que penso ser um bocado elevado, mas online, este modelo já se vai encontrando a preços mais em conta. Quanto ao problema que eu encontrei, cada um deverá testar para si, para garantir que a sapatilha lhe fica confortável. Se na vossa passada não fletirem muito o pé, verão que serão umas sapatilhas 5 estrelas.

E a minha opinião final é:

 

Design/Construção 18/20

Estabilidade e Aderência 17/20

Conforto 15/20

Amortecimento 20/20

Preço 16/20

Total 86/100

 

E seguindo o lema da marca, Run Your World.

Boas corridas!

 

Preview: Saucony Triumph ISO 4

saucony triumph ISO 4

Chega a hora de mais uma preview! Voltamos a ser brindados com a presença de uns Saucony Triumph ISO, desta feita na sua versão 4! Para mim as cores usadas neste modelo, Navi/Denim/Cooper, conferem um excelente aspecto visual.

 

Na primeira vez que as calcei, fiquei surpreendido pelo facto de existir bastante volume/acolchoamento na parte traseira da protecção do calcanhar. De igual modo a sua palmilha também é bastante acolchoada que deverá permitir um bom acomodamento do pé com o inevitalvel inchar no decorrer dos quilómetros. 

 

Outro aspecto positivo que destaco é o facto de a sua forma não ser afunilada para quem gosta mais de ter espaço na parte frontal do pé e mexer bem os dedos.

 

Quanto aos detalhes mais técnicos, a sapatilha é descrita como sendo indicada para uma passada neutra e para quem tenha um arco do pé de normal a mais acentuado. Volta a fazer uso da sua tecnologia ISOFIT redesenhada nesta versão para incluir mais elasticidade. Em relação ao seu anterior modelo, a sua sola intermédia desta vez acompanha toda a extensão da sapatilha, com a sua tecnologia EVERUN, ao passo que a versão anterior era apenas na zona de ataque ao solo. 

Na zona do calcanhar tem uma altura de 28mm e no antepé 20mm resultando num drop de 8mm. No entanto o peso, tendo em conta o que uso habitualmente, já é algo consideravel, 342g no número 43. Não deixa de estar na mesma gama de valores das suas concorrentes para a mesma gamma de quilómetros a que se destinam.

 

Fim de conversas chatas! Estas meninas vão andar comigo nos próximos "Happy Mondays" e outras rotinas minhas. Deixo-vos mais imagens e marcamos novo encontro daqui as mais uns KM para a review final!

Saucony Triumph ISO 4

 

IMG_20180128_165210.jpg

 

IMG_1828.JPG

IMG_1830.JPG

IMG_1832.JPG

Review: Saucony Triumph – sapatilha para corredores despreocupados

 

S20346-1_5.jpg

Por Filipe Gil:

Fiáveis, confortáveis e leves. O que se pode pedir mais de uns ténis de corrida? Estes Saucony Triumph Iso 3 têm isso tudo para além de um design muito interessante.

 

Se são ideais para uma Maratona? Não vos sei responder, não corri tanto com eles. Mas para uma Meia ou para aquela prova rápida de 10km na qual querem bater o vosso recorde pessoal, parece-me que este calçado foi feito para isso. Mas, e tal como é habitual aqui no Correr na Cidade, vamos por partes:

 

 

Preview: Saucony TRIUMPH ISO 3 - Os ténis de corrida mais importantes da minha vida!

IMG_6580.JPG

Por Filipe Gil

 

Atenção, não escrevi os melhores. Ainda não sei se são. Apenas corri com eles 10 kms e isto é um preview antes da review final. Mas sim, são os mais importantes porque simbolizam a amizade. E passo a explicar:

 

 

Review Saucony Xodus Iso

Modelo: Review Saucony Xodus Iso

Testado por: Stefan Pequito

Características pessoais: 65kg Passada neutra

Condições de teste: Pirenéus (ultra Pirenéus), Serra de Sintra, Serra da

Arrábida, e Monsanto em trilhos, estradões e estrada.

IMG_20161112_132417.jpg

Há uns tempos, a Saucony deu-me generosamente  as novas Xodus Iso para testar e dar o meu parecer. Já dei a minha 1º impressão e o que posso dizer é que a minha opinião não mudou muito. Mas vamos ver então.

 

 

 

Preview: Saucony Xodus ISO

 

IMG_20160914_192310

Finalmente vou testar umas Saucony!!!

 

Já no ano passado "namorei" muito as Peregrine, e na verdade ainda as namoro bastante, e aceitei testar as novas Xodus Iso. Têm um aspecto fantástico e trazem muitas mudanças às anteriores Xodus 6, espero para melhor (tenho tido um feedback das anterior muito boas), vamos ver.

 

Estas novas Xodus já não têm a numeração como as anteriores e passaram a ter um sub nome que será Iso.

 

O nome Iso tem a haver com o Fit Isofit e a tecnologia desenvolvida pela Saucony no upper da sapatilha que permite uma fixação segura do pé com conforto, no caso destas sapatilhas o Isofit é a estrutura de “plástico-emborrachado” que nos fixa o pé. Pelo que já testei são super confortáveis dando estabilidade aos nossos movimentos em vários terrenos.

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D