Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Preview: Merrell Agility Peak Flex

20170531_130449384_iOS.jpg

Chegou recentemente ao mercado o novo modelo para trail da Merrell, os Agility Peak Flex.

 

Depois de usar até à exautão o modelo All Out Terra Trail, meus companheiros quase inseparáveis, estoua  ter oportunidade de testar este novo modelo da Merrell para os trilhos e após a primeira sensação é: 

Diferentes! Estes Agility Peak Flex da Merrell são mesmo muito diferentes de qualquer modelo anterior da Merrell para Trail!

 

Com uma sola completamente modificada, é o primeiro modelo sem tecnologia Vibram e com uma aposta clara no desenvovimento de tecnologia própria a Merrell criou a tecnologia M-Select™ GRIP, inspirada no esqueleto humano e na zona intermédia a tecnologia Flexconnect™ para um maior amortecimento.

 

20170603_095010878_iOS.jpg

 

A primeira impressão ao calçar os Agility Peak foi algo estranha, uma vez mais por serem tão diferentes do que estava habituado. Sendo bastante altos (33,3mm atrás e 24,3mm na frente) a sensação de contacto ao solo é menor mas o conforto do amortecimento maior.

 

No primeiro treino, uma corrida ligeira pelos trilhos do Jamor, confirmei que primero se estranha mas rapidamente se entranha com boas sensações e conforto.

Não são daqueles modelos que demoram muitos km a partir para nos sentirmos bem a correr com eles e não deixaram qualquer parte do pé marcada ou com bolhas, como ja me aconteceu antes na estreia de outros modelos.

 

A primeira impressão foi bem positiva!

 

Fiquem com algumas imagens deste novo modelo:

 

20170531_130524998_iOS.jpg

 

 

20170603_100531004_iOS.jpg

20170603_095505476_iOS.jpg

20170531_130459563_iOS.jpg

20170603_100512987_iOS.jpg

 

Após a primeira sensação já corri mais algumas vezes com os Agility Peak, inclusive nos 32Km que fiz no Ecologic TrailRun Azores, a conclusão final será apresentada muito em breve na review final!

 

20170617_074823799_iOS.jpg

Review: Merrell ALL OUT CRUSH LIGHT

merrel_review_0

 

O mercado das sapatilhas para Trail ultra leves e rápidas é dominado pelas Salomon Sense Ultra há alguns anos. Muitas marcas tentaram copiar o lider do mercado e falharam. Apesar deste modelo da Merrell não tentar fazer isso directamente, algumas das caracteristicas, como o peso super reduzido, colocam-nas em posição de comparação directa.
Vamos ver como se comportaram ao longo destes últimos meses nos meus pés de elefante :)

Podem ver a preview feita em Abril aqui 

 

 

Review: Merrell All Out Terra Light

MRLM-J35461-050615-S16-HERO.jpg

Modelo: Merrell All Out Terra Light

Testado por: Sara Dias

Características pessoais: Pronadora e 57Kg de peso

Condições de teste: Cerca de 75km percorridos nos trilhos de Monsanto e Serra de Sintra, percorrendo vários tipos de terrenos e condições climatéricas.

Chegou a hora de partilhar convosco a minha opinião sobre os All Out Terra Light, posso já adiantar que gostei bastante e que há um pormenor que faz toda diferença em tempo mais chuvoso, curiosos?

images.jpg

 

DESIGN & CONSTRUÇÃO

 

Gosto muito da combinação de cores, como disse no preview, estas sapatilhas são o modelo masculino logo as cores não podem ser ao gosto feminino. Relativamente ao modelo em si, não é estrondoso mas sinceramente não desgosto.

 

Ora então falemos daquilo que realmente nos interessa numas sapatilhas, malha superior bastante ventilada ideal para dias mais quentes, possui ainda um forro com tecnologia M-Select FRESH com a capacidade de eliminar os odores tão indesejados, neste novo modelo houve uma melhoria na eliminação da água e transpiração. Tive oportunidade de andar com os pés dentro de água e pouco tempo depois sentia os pés a ficarem secos. Este foi um pormenor que gostei imenso.

 

A biqueira é bem reforçada, no trail é muito importante que seja para nos proteger os dedinhos.

 

IMG_20160619_183752.jpg

ESTABILIDADE & ADERÊNCIA

 

Quando calço estas sapatilhas, sinto que são quase perfeitas para o meu pé, digo quase porque sinto falta de uma compensação para a minha pronação, contudo este é um modelo pensado para corredores de passada neutra, logo não posso exigir mais. Neste modelo podemos contar com diversos mecanismos de amortecimento e estabilidade tal como Placa TrailProtect™.

 

A aderência é brutal, contamos com sola Vibram e sobre ela não há muito mais a dizer, podemos fazer descidas com pedra sem medos.

 

IMG_20160619_185347.jpg

 

CONFORTO E AMORTECIMENTO

 

Relativamente ao conforto e amortecimento, posso dizer que são a minha escolha até aos 25km. E agora pensam, então se são confortáveis e têm bom amortecimento porque não são a escolha para uma maior distância? Neste ponto o problema não é da sapatilha mas do meu tipo de passada, sou bruta acomodar o pé no solo, por isso quando vou para distâncias superiores opto sempre por sapatilhas género pantufas.

 

PREÇO

 

Passando à parte dos custos, conseguimos comprar este modelo pelo PVP de 119,90€ .

 

AVALIAÇÃO FINAL:

 

Design/Construção 15/20

Estabilidade e Aderência 18/20

Conforto 16/20

Amortecimento 14/20

Preço 17/20

 

Total 80/100

 

Bons treinos na companhia dos Merrell All Out Terra Light

Preview: Merrell All Out Terra Light

IMG_20160428_171935.jpg

Sabemos que Merrell é a marca de eleição para muitos em calçado de montanha, contudo tem ganho terreno em calçado de trail.

 

Como todos sabem Nuno Malcata e Bo Irik são fãs incondicionais da marca, raramente os vemos a correr trilhos sem Merrell nos pés. E quando o tema é sapatilhas, então aí não há hipótese, têm argumentos e mais argumentos para que se experimente. O entusiasmo deles levam à curiosidade e surge a oportunidade de eu testar uns All Out Terra Light.

 

A marca em Portugal só comercializa o modelo de senhora até ao tamanho 40, eu tenho a base do pé larga (não muito comum nas mulheres), a maioria das sapatilhas versão feminina não me servem por serem muito justas em termos de largura. Atendendo a este pormenor, tive de optar pelos All Out Terra Light modelo masculino. Ora as diferença são poucas, as conjugações de cores deixam de ser tão femininas e o molde da base da sapatilha passa a ser mais larga e maior, tirando isso as características são iguais.

IMG_20160428_172021.jpg

Neste modelo não está presente a meia tal como o modelo Merrel All Out Terra Trail, que evita entrada de pedras. A nível estético estamos presente de um modelo bem giro, pessoalmente gosto muito desta combinação de cores.

Ao calçar achei que são leves e confortáveis, agradou-me a malha superior ser ventilada com o tempo mais quente vai ajudar a não haver pés tão quentes. O que me deixou mais curiosa foi a tecnologia Merrell M-Select® DRY, protege a entrada de água na sapatilha. A biqueira agradou-me imenso por ser reforçada e claro sola Vibram não podia faltar nesta sapatilha.IMG_20160428_172203.jpg

IMG_20160428_172232.jpg

Outra coisa que fiquei fã da Merrell é o facto de saber que são 100% veganAgora é hora de testar mais intensamente e em breve darei a minha opinião.

Bons treinos.

Preview: Merrell ALL OUT CRUSH LIGHT

merrel_preview_00

 

Merrell

Quando ouvimos o nome Merrell associamos logo a sapatos e botas de montanha espectaculares. As suas primeiras botas de caminhada foram apresentadas ao mundo em 1983 e desde então tem feito uma evolução fantástica em termos de design e uso de materiais resistente e duráveis, mantendo quase sempre uma beleza impar.

Se o tema for trail running, 98% das pessoas não sabe que já existem sapatilhas de corrida desta marca, e o que 99,99% das pessoas não sabe, é que a primeira tentativa de entrar na vertente da corrida foi em 1997/98 através de um modelo que não conseguiu vingar no mercado, as JUNGLE RUNNER.

 

CRUSH LIGHT
Saltando no tempo para a nossa década, a Merrell nos últimos anos tem lançado varias evoluções do que eles idealizam o trail, trazendo-nos até esta preview das recem lançadas no mercado, as ALL OUT CRUSH LIGHT. São a aposta da Merrell para atacar o mercado em ebulição do trail running e apontam canhões fortes a modelos que já tem pedigree no mercado.

merrel_preview_03

(Desenho muito minimalista e simples )


Este ano lançam uma sapatilha super leve, uma evolução do modelo de 2015, com a balança a indicar 220gr num sapato tamanho homem médio, 6mm de drop e desenho da borracha da sola super simples, com linhas transversais afim de ajudar a escoar a lama e a serem extremamente flexível à torção.

merrel_preview_06

(sola ultra flexivel e simples )


Numa primeira utilização as sensações que tenho são de uma sapatilha super leve, muito flexível desde a sola até ao upper onde é utilizado os tradicionais cordões de apertar em vez de tentarem utilizar algumas das mais recentes técnicas utilizadas em outras marcas.

merrel_preview_02

merrel_preview_04

 

Em termos de conforto e apoio ao pé é muito reduzido devido aos materiais utilizados e à filosofia que tenta impor. No interior vemos uma língua com uma envolvência a meio caminho entre as normais das sapatilhas de estrada mais convencionais e as ultra envolventes salomons com o seu sistema ENDO-FIT.

 

merrel_preview_05

merrel_preview_07

 

Após um treino matinal em Monsanto com um pouco de água e lama, nota-se que são muito leves e confortáveis em pisos sem grandes partes técnicas.

O equilíbrio entre filtrar demasiado ou deixar passar tudo para o pé por parte das solas não é fácil. Muito difícil equilibrar estas duas sensações e na maior parte dos pisos onde passei agora de manha senti que estavam perto do meu ideal. Apenas em piso com muita pedra pequena a sapatilha deixa passar demasiada informação para os pés.

Em zonas com muita lama tive alguma dificuldade em ter grip suficiente para progredir mas vamos ver como se adaptam nos próximos treinos.

merrell_preview_08

 

merrell_preview_09

 

Estou com bastantes expectativas sobre estas Merrell e durante as próximas semanas vou colocar as sapatilhas em teste em Monsanto e Sintra e vamos ver como se comportam depois em prova. 


Bons treinos.

Review: Merrell All Out Terra

20151212_100116026_iOS.jpg

Modelo: Merrell All Out Terra

Testado por: Bo Irik e Nuno Malcata

Fãs confessos dos modelos da Merrell para os trilhos a Bo Irik e o Nuno Malcata  testaram nas últimas semanas o modelo mais recente da marca para trail, os Merrell AllOut Terra, na versão feminina e masculina.

 

Esta nova aposta da Merrell, os All Out Terra Trail, são muito parecidos aos All Out Peak mas têm uma diferença engraçada: têm uma meia incorporada para evitar a entrada de areia e pedrinhas no sapato. Tanto o Nuno e a Bo ja partilharam a sua primeira impressão e está agora na hora de partilhar a review final.

 

Características pessoais:

 

Bo: Pronadora, com maior preponderância no membro inferior direito, peso médio e com um arco plantar elevado.

Nuno: Passada Neutra com tendência a pronação ligeira, peso elevado.

 

Condições de teste:

 

Bo: Mais de 100km percorridos em trilhos. Usados em vários treinos de 10-15km e numa prova de 10k.

Nuno: Cerca de 200km em trilhos. Usados em vários treinos de 10-15km e 1 provas de 15k (Trilhos do Javali).

 

CONFORTO 

 

Bo: Tal como confessei na preview, para mim, estas sapatilhas são muito confortáveis. Não são mega almofadados e não parecem pantufinhas, mas o espaço para os dedos dos pés é excelente. Nada de unhas negras, nada de impressões nos dedos dos pés, nem nas descidas mais íngremes. Têm o buraquinho extra para atar devidamente os atacadores , o que ajuda neste sentido. Para além disso, os dedos dos pés estão protegidos com uma camada Plate Trail que abrange a seção do  ante pé do sapato, protegendo assim a ponta do pé de detritos e pedras.

A meia incorporada é uma excelente ideia para não deixar pedrinhas entrar na sapatilha e proteger melhor o pé. Considero esta inovação disruptiva um sucesso. Com a meia, a língua da sapatilha é inexistente e também não temos o desconforto de esta poder “cair” para um dos lados, como me tem acontecido em alguns modelos de sapatilhas de corrida. Em termos de peso, são um pouco mais pesados que os All Out Peak e os All Out Rush.

 

Nuno: Flexíveis, os AllOut Terra Trail são muito flexiveis e isso é excelente para o seu conforto. Ao contrário da Bo que relativamente aos Peak acha os Terra Trail pesados, eu relativamente aos All Out Charge não senti essa diferença, tendo pesos muito semelhantes sinto os Terra Trail muito mais leves no seu conjunto. Embora os Charge fossem muito confortáveis, pois tinham bastante volume almofadado, os Terra Trail são mais equilibrados e sente-se que o pé e ténis ficam como um só, tornando-os muito confortáveis. Para isso contribui muito o formato do seu interior, uma espécie de meia que acomoda muito bem o pé.

Na frente o espaço para os dedos é largo, exatamente como gosto.

20151214_214001000_iOS.jpg

Foto de Miguel David do site O Praticante

 

DESIGN/CONSTRUÇÃO

 

Bo: Na minha opinião, apesar da combinação de cores muito bem conseguida, tanto nos modelos masculinos como femininos, estas sapatilhas não são as mais bonitas. O tamanho 39, que também uso no calçado do dia-a-dia serve-me bem, mas mesmo assim o sapato não fica de todo elegante no pé.

Em termos de materiais, para já não tenho nada a apontar. A Merrell distingue-se no mercado pela aposta em materiais e construção duradouros, por isso as expectativas são elevadas. Gosto sempre de refletores nos sapatos enquanto corro, para garantir uma melhor visibilidade quando se corre à noite. Aqui a Merrell esteve bem também.

 

Nuno: Design muito curioso, sem língua, com uma espécie de meia integrada, semelhante a uma polaina, faz com que seja um visual diferente. O conjunto de cores do modelo que testei agrada-me muito, numa mistura de preto e laranja, mas não são visualmente os ténis mais bonitos que já vi.

A sola com material vibran é de excelente qualidade e durável, com 200Km feitos em vários terrenos, continua praticamente nova ao contrario de alguns tecidos que já se começa a notar sinal de desgaste, mas também não tenho sido meigo com os testes efetuados.

Parecendo minimalistas, a proteção em redor do pé é bastante boa e a palmilha é um dos pontos mais diferenciadores deste modelo relativamente a outros ténis. A palmilha é provavelmente a mais grossa e pesada que já vi nuns ténis, com um material bastante duro na parte de trás e inclusive uma placa no peito do pé protege o mesmo de terrenos mais perigosos, dado que a media sola dianteira é praticamente inexistente, dando também um amortecimento extra.

20160108_000626302_iOS.jpg

ESTABILIDADE E ADERÊNCIA

 

Bo: Em termos de estabilidade, os Terra da Merrell são bons mas não excecionais. Na verdade, este modelo não incorpora tecnologia de “motion control” ou mecanismos de estabilidade. Por isso, os Terra são mais indicados para corredores neutros. Já no que toca à aderência, com a aposta no Vibram na sola permitem, a sapatilha dá muita confiança na tracção em vários tipos de superfícies. Uma desvantagem da sola com rasgos de 6mm é o acumular de lama, tornando os sapatos muito pesados.

 

Nuno: A aderência tem sido o fator que mais me tem agradado em todos os Merrell que tenho testado, e o AllOut Terra não são a excepção e para mim este é o ponto mais forte deste modelo. Com tacos multidireccionais de 6mm e sola Vibram a aderência é fantástica em terrenos complicados como pedras lisas ou gravilha, lama, e mesmo em superfícies molhadas surpreendem positivamente com o seu comportamento fantástico. Descidas não é o meu forte e a segurança que os Terra Trail transmitem permitem cada vez atacar as descidas mais técnicas com maior à vontade.

A meia sola permite uma boa estabilidade para corredores com passada neutra, a quem se destinam, não contando com outros mecanismos de estabilidade.

bo.jpg

Foto original de Fernando Ferreira

 

AMORTECIMENTO:

 

Bo: Na zona do calcanhar, o amortecimento é bom, as tecnologias Uni-Fly e Vibram colaboram bem no sentido de proporcionar conforto no calcanhar. Na ponta dos pés, o amortecimento também é bom, mas sem excessos de “almofadas”.

 

Nuno: Várias pessoas me têm questionado relativamente ao amortecimento dos AllOut Terra Trail, e a minha resposta é sempre muito positiva neste aspeto. Desde o primeiro modelo que testei, os AllOut Rush, mesmo sendo bastante minimalistas, já contavam com a tecnologia Uni-Fly, e esta funciona realmente bem. Os AllOut Terra Trail têm 24mm de altura na parte traseira e 18mm na parte dianteira, e o amortecimento é muito equilibrado, nem de menos, nem demais. Como já indicado a palmilha grossa também dá um amortecimento extra mas muito firme.

 

PREÇO:

PVP: €114,90

Nuno: O PVP é equilibrado para a qualidade dos ténis, mas estamos em época de saldos e podem encontrar os Merrell AllOut Terra Trail por cerca de 70€, uma aposta excelente

 

20151205_103154368_iOS.jpg

 

AVALIAÇÃO FINAL:

 

Bo:

Conforto 18/20
Design/Construção 16/20
Estabilidade/Aderência 18/20
Amortecimento 18/20
Preço 16/20

Total 86/100

 

Nuno:

Conforto 19/20
Design/Construção 16/20
Estabilidade/Aderência 19/20
Amortecimento 17/20
Preço 17/20

Total 88/100

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D