Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Kayano 20, a aposta da ASICS

KAYANO 20 HOMBRE É uma das fortes apostas da nipónica ASICS para a próxima primavera/verão: a 20ª edição de um dos seus modelos mais conhecidos o Kayano.Esta nova versão desta sapatilha incorpora, segundo comunicado da marca, "grandes novidades para comemorar este acontecimento. Esta sapatilha é ideal para corredores que tendem a aumentar o efeito de pronação durante a corrida e que procuram amortecimento no contacto com o solo".Entre as principais novidades da GEL-Kayano 20 está a utilização de uma nova malha elástica aplicada em quatro direcções, ou seja, uma Four Way Stretch que facilita a adaptação da sapatilha ao pé melhorando o movimento.O formato da sola também foi modificado de forma a melhorar a reactividade e oferecer maior estabilidade. A tecnologia FluidRaid na sola intermédia aumenta o amortecimento.Além disso, a nova GEL- Kayano 20 tem duas barras de estabilidade que unem com as laterais e a Guidance Line está mais afastada para o lado exterior.O PVP deste modelo é de 179€.KAYANO 20 MUJER

Lesão: de volta à estaca zero!

20131122-124536.jpgE pronto, de volta à estaca zero! Falo da minha lesão no pé direito. Continuo com dores, mesmo quando estou parado, mas nem sempre.A coisa tem andado assim, tenho dias em que o pé não dói quase nada e outros que a dor é forte e incomoda até a andar. Sem dor nunca tive. Por isso, desde que estou lesionado que treinei por quatro vezes. Umas vezes doeu, outras nem tanto.Mas, resumindo, desde o dia 10 de novembro que tenho estado sempre com dor no pé. E já estou farto. Aleijei-me no Trilho da Casaínhos, mas foi no sábado seguinte que, estupidamente, dei cabo do pé com 15K de trilho “puxadinho” em Monsanto. Devia ter parado logo no dia 11 e agora já estaria, certamente, bom.Assim hoje à tarde marquei uma consulta numa das clínicas da CUF para um ortopedista que me recomendaram. Na consulta expliquei tudo, inclusive indiquei  ter ido a uma Podologista.Ele analisou o pé. Apalpou, viu onde me doía e indicou que precisa de ver um Raio X ao pé, apesar de ser provável outro exame que indique o que se está a passar. No mesmo local fiz o Raio X e passados 10 minutos o médico estava a analisar os ossos do meu pé. Nada a assinalar. Indicou que não via nada de anormal, mas acrescentou que se a dor existe há que continuar a tentar perceber o que se passa. De seguida pediu para fazer uma ressonância magnética - que irei fazer dentro de uma semana e meia (permita o meu seguro de saúde). O exame ficará pronto quatro dias depois e só depois voltarei a ser visto pelo médico. Pelas minhas contas (e se o médico não estiver de férias) devo voltar a ser visto lá para dia 20 ou 23 de dezembro.No final perguntei-lhe o que devia fazer, correr, descansar? Colocar emplastros quentes? Tomar algum medicamento? Ele foi peremptório: enquanto tiver dor não corra, coloque gelo (cerca de 15 minutos por dia) e passe com uma pomada anti-inflamatória.E assim se foi a minha participação na Meia Maratona dos Descobrimentos no próximo domingo. Tenho muita pena, muita pena mesmo, mas não vou arriscar. O conhecimento que tenho dos meus pés, graças à Podologista que me viu há duas semanas, e com o pré-diagnóstico deste Ortopedista especializado em pés, leva-me a arrumar os ténis nas próximas semanas.A minha esperança é agora recuperar a tempo para dia 28 de dezembro poder correr livremente, e sem dores a São Silvestre de Lisboa. Até lá vai custar um pouco. Serão, basicamente, três a quatro semanas parado!!! Mas também servirá para eu pensar duas vezes quando no futuro der aquela preguiça de não ir correr.No domingo, na MM dos Descobrimentos, lá estarei de máquina fotográfica a apoiar o resto dos membros do Correr Na Cidade! Boas corridas!

Lesão: será que já passou?

51f7c9c23b15c3ca_footSupostamente quando nos esquecemo-nos que estamos lesionados quer dizer que a lesão já passou, não? O fato é que a minha lesão (que explico aqui) parece já ter passado. Não tenho o pé a 100%, e de vez em quando ainda tenho uma ligeira impressão, sobretudo de manhã. Mas à medida que o dia vai avançando a tal impressão desaparece.Desde que foi à Podologista (faz agora três semanas) corri três vezes. Da primeira não me ressenti. Do 2º treino senti dor o resto do dia após o treino, e no 3º treino  - feito no passado domingo -, senti alguma dor a correr, tendo esta desaparecido a partir do 7º KM. Desde então nem me lembro que tenho a lesão, somente quando faço certos movimentos com o pé.Claro que aquilo que devia ter feito era não ter sequer treinado durante umas 2 a 3 semanas, mas não consegui resistir.Mesmo assim não fiz mais de 20K por semana, o que é muito pouco para quem vai ter uma Meia Maratona já no próximo domingo. Estou preparado para ter a pior prestação de sempre, e se a dor do pé se tornar muito intensa tenho que avaliar uma possível desistência, ou não.

A dor continua cá

destaque-barra-saudeE não há meio disto melhorar…, a dor  debaixo do pé continua por cá, com a mesma intensidade desde há dois dias. Continuo a colocar Voltaren e gelo, a passar bolas de ténis ou de golfe debaixo do pé e nada. Ontem, como me esqueci de tomar o Voltaren, passei o dia cheio de dores. Cada vez que tento andar, e cada vez que a ponta do pé puxa pelos ligamentos, dói e tenho de coxear. Parece que isto não está a melhorar muito, infelizmente. Enquanto na semana passada, deixou de doer passados dois dias, agora estou com dores desde sábado à tarde. E a minha paciência para ter dores destas e não correr tem os seus limites.Assim, para grandes males, grandes remédios.!Marquei uma consulta numa clínica especializada em Podologia e em Pés, a DoutorPé. E vou fazer, na próxima sexta-feira, vários testes ao pé. Quando marquei a consulta gostei do que me disseram para levar: “traga os ténis com os quais tem corrido e traga também uns calções porque pode ser necessário correr”. É desta que vou, finalmente, conhecer os meus pés.Tenho uma Meia Maratona para fazer no dia 8 de dezembro e quero estar apto para tal.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D