Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Será que Cidade do Futebol vai prejudicar a corrida?

Casa-do-Futebol1.jpg

Por Filipe Gil

 

Não é novidade, mas hoje o assunto voltou à baila em alguns órgãos de comunicação nacionais. A Cidade do Futebol que a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e o Estado vão erguer no Jamor. Será um investimento superior a 10 milhões de euros, compartilhado pelo Estado  e pela FPF.

 

Será construído um complexo de edifícios para uso exclusivo das diferentes selecções nacionais de futebol – escritórios, armazéns, enfermaria, auditório e um hotel. Ainda está prevista a recuperação dos balneários do Estádio Nacional e de três relvados do complexo.

 

Sinceramente, não conheço empreendimento mais parvo! Não, não sou contra o futebol. Aliás, adoro futebol. Vibro com a minha equipa e com a selecção nacional. E adoro um jogo de futebol entre amigos.

 

Mas será que os responsáveis da FPF e do Governo já se deram conta de que vão limitar, em muito, o espaço do Jamor para aqueles que o utilizam para correr ou passear? Será que eles já lá foram aos fins-de-semana perceber como centenas de famílias usam os campos para jogos, de futebol ou de outros? Como as crianças correm com os amigos por aqueles campos atrás de uma bola ou de uns dos outros?

 

Sim, o Jamor não é um parque de diversão, é um complexo de alto rendimento. Mas, actualmente, existe uma boa convivência entre o desporto profissional (ou semi-profissional) e o amador. O complexo do Jamor, tal como hoje existe, é perfeito para albergar estas duas vertentes do desporto.

 

cidade_futebol.jpg

 

Possível localização da Cidade do Futebol no Complexo do Jamor

 

E o que vai acontecer à Mata do Jamor? Vão torna-la num estaleiro de obras? Será que vão manter o espaço para os corredores usufruírem de um pouco de trilho às portas de Lisboa, ou vão destruí-lo?

 

Se há desporto que tem excesso de investimento é o futebol. Curiosamente, em títulos é o atletismo, quer na pista, no corta-mato ou em longas distâncias, que nos dá mais alegrias. Numa altura em que finalmente os portugueses passaram a fazer mais desporto (mesmo assim longe dos números do resto da Europa) vão logo inventar um complexo num dos locais mais usados pelos cidadãos? Se houver uma petição contra, sou dos primeiros a assinar contra este investimento ridículo.

 

Que se faça, mas noutro local. Que tal em Óbidos, para ajudar a economia local? Ou noutra região do país com menos desenvolvimento?

 

O primeiro trail das Just Girls

Ontem, pelas 9:50 da manhã as meninas do treino Just Girls, divididas pelos vários percursos previamente desenhados, partiram para a conquista dos trilhos guiadas por alguns membros da running crew do Correr na Cidade. Por se tratar de trilhos, optámos, pela primeira vez, em ter um dos nossos elementos mais experientes a orientar o treino mais longo. Assim, o Nuno Malcata estreou-se como o primeiro homem a correr (e a guiar) as Just Girls.
Claro que não o fez sozinho, mas com a ajuda da atleta profissional Ercília Machado, patrocinada pela Compressport, que apoiou, mais uma vez o treino Just Girls.
Os dois restantes grupos foram guiados pelo Bo, Ana e Carmo, tendo a Joana Malcata liderado o grupo animado da caminhada. No fim, pelo menos para os elementos da crew, ficou a sensação de missão cumprida e pelos comentários gerais esta incursão pelos trilhos foi do agrado de todas. 
Deixamos aqui os links para os três albuns de fotos que o Bruno Andrade, o Tiago Portugal (ambos da crew) e o nosso amigo Miguel Baptista fizeram do 6º treino Just Girls: álbum 1; álbum 2; álbum 3.
Queremos agradecer a todas as marcas que nos apoiaram neste treino, da já mencionada Compressort, da Bioderma, da Cocomax, da Happy Woman, da Fharmonat, da Vitamina-te, da Fruut, da Protex Sport, da Invisibobble e, em especial à Merrell Portugal que calçou as nossas Just Girls (e também o Nuno Malcata) para este treino - em breve daremos conta dos testes que estamos a fazer aos Merrell.
Iremos voltar depois de agosto para mais um treino Just Girls, fiquem atentas!

Hoje vamos correr pelos trilhos do Jamor

Hoje regressamos aos treinos com terra nos ténis. Vamos "trailar" um pouco, desta feita para o Jamor. Vamos correr por um circuito que o Nuno Malcata desenhou e que fica entre o complexo desportivo e a Mata do Jamor. Prometemos muitas subidas (e descidas) e trilhos interessantes.Claro que não vamos dificultar muito o treino sendo que é um daqueles momentos ideais para quem quer experimentar um pouco do que é o trail running (escrevemos: um pouco) se junte a nós.

 

Aconselhamos aos menos experientes que levem hidratação e sapatilhas de trail (embora o percurso seja perfeitamente exequível com ténis de estrada). Aos mais sensíveis que levem pernetes ou meias de compressão, não só para ajudar no esforço mas também para se protegerem de alguma vegetação mais agreste.

 

Este treino não tem seguro e cada um é responsável por si, sendo que os promotores do treino não se responsabilizam por danos sofridos pelos participantes. Apelamos ao bom senso e que não ponham a vossa integridade física em risco. Aconselhamos ainda a levarem telemóvel convosco no caso de se perderem (o que no caso do Jamor é um pouco difícil, mas nada como prevenir).

 

Dois coisas são certas, vamos suar e divertirmo-nos, muito.

 

Dia: 4 de junho
Hora do encontro: 19h15 arranque: 19h30
Local: Jamor
Percurso: 8/9K de trilho

1ª impressão: Salomon X-Scream

 

 

Por Filipe Gil:

 

Mal recebi as sapatilhas da Salomon X-Scream não conseguir ficar em casa e fiz-me à estrada...e aos trilhos. Já tinha combinado uma corrida com o meu primo Pedro Gaspar, também do Correr na Cidade Running Crew, para o ajudar a entrar em forma, e foi a altura escolhida para calçar os X-Scream pela primeira vez.

Com as sapatilhas nos pés, decidi que iria de Algés ao Jamor e por lá andariamos no sobe e desce da mata de Algés. 

 

 

Como são ténis para a passada neutra, substitui a palmilhas de origem pelas Iron Man para pronadores que uso frequentemente. Comecei a correr um pouco a medo, não fosse o pé direito (que sofreu a fascite) ou os joelhos começarem a doer. Mas não. Tudo sem dores. Claro que foi um treino muito calmo, a um ritmo lento, mas deu para peceber várias coisas sobre estes X-Scream:

 

#São confortáveis e espaçosos e aceitaram bem a minha palmilha - parecia que estava a correr com ténis para pronador.
#Portaram-se muito bem em estrada, sendo que é na terra batida que mostram a sua qualidade.

#Para ténis que não são de trail tem um grip muito bom e agarram muito bem à terra. Por várias oportunidades o meu primo que estava com uns ténis de estrada derrapou na terra batida e eu, com os Salomon, aguentei-me muito bem. 

 

Vou continuar a testar neste misto de correr na cidade e no campo - que foi para isso que a Salomon inventou o City Trail e esta nova categoria de ténis "híbridos". Gostei do que experimentei e da possibilidade de ir para os trilhos a partir de casa, sem ter que me preocupar muito em trocar de ténis. No entanto, tenho de lhes colocar mais km's em cima para tirar a minha grande dúvida: aguenta bem um bom treino de 15 ou mais quilómetros nos bons trilhos (com partes técnicas interessantes) que existem em Monsanto, em Lisboa? Ou serão ténis apenas para trilhos mais planos e de terra batida e para correr nas colinas das cidades?


Daqui a umas semanas terão a minha opinião. Fiquem atentos e boas corridas.

 

Treino de trail este sábado

dirty_1Este sábado há treino organizado pela Correr na Cidade Running Crew, faça chuva ou faça sol! Vamos fazer uma coisa diferente e pegar no conceito "From Door to Trail" e percorrer cerca de 10/12K de manhã - ou seja, vamos partir da Estação da CP de Algés, correr um pouco no asfalto e depois vamos para os trilhos do complexo do Jamor.Vamos até à parte mais norte do recinto e depois regressamos para  dar umas voltas na mata do Jamor - replicando um pouco o percurso do Corre Jamor. Vamos divertimo-nos descontraidamente, sem pressas e pressões de tempo.  Quem quiser marcar presença, esteja pelas 8h15 na entrada da Estação da CP de Algés(lado rio).Para sabermos quantos irão aparecer peço aos interessados que enviem um email para corrernacidade@gmail.com com o título: "Let's Get Dirty". Venham daí.  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D