Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Gerês Trail Adventure - O video da Equipa Correr na Cidade

20150502_153820.jpg

Já dissemos tudo o que tinhamos a dizer sobre o Gerês Trail Adventure, falta apenas mostrar em imagens um pouco do que muito vivemos durante 4 dias.

 

Aqui fica o video que fizemos da nossa participação enquanto equipa nesta fantástica prova e esperamos que fiquem com a vontade que já temos de lá estar em 2016.

 

 

 

 

Quatro dias e 100km de superação em equipa

GTA 0.jpg

 Uma das imagens que melhor ilustra a dureza desta prova: para além do percurso em si, as condições climatéricas.

 

Por Bo Irik:

 

Tal como muitos de vocês já devem ter reparado, o Nuno Malcata, Tiago Portugal e eu, participamos no Gerês Trail Adventure, no passado fim de semana (prolongado), em equipa. Ainda estou a digerir a aventura, sim, aventura. De facto, o “Adventure” do nome desta prova faz jus à dureza da mesma, algo que vim a adorar. Para já, segue um resumo de cada uma das quatro etapas, na minha vivência, em termos de percurso / organização, desempenho meu, alimentação e calçado / material.

 

Quatro dias de prova seguidos e com as distâncias e D+ em causa pareciam-me algo impossível. Quando é que o corpo recuperaria? Tinha a certeza que no último dia faria a prova toda a caminhar… mas puxei o limite do meu corpo e posso dizer que os últimos kms da última etapa foram feitos a correr e foram dos melhores e mais inesquecíveis da minha vida.

 

É uma tarefa muito desafiante transcever estes dias intensos em palavras. Felizmente, as imagens ajudam. Para hoje seguem as primeiras duas etapas e amanhã as duas últimas e condiderações finais da minha parte.

GTA 1.jpg

 Os vários elementos do CnC que participaram no GTA'15

 

Stage 1 – 5ª feira dia 30 de abril – 21h00 – 15km -1000D+

 

Percurso / organização: esta etapa, noturna, foi a mais rolante. Com uma altimetria relativamente simpática, ao km 7 encontrámos vários lances de escadas, desde a barragem do Rio Cávado até ao cume da colina a Oeste da Vila do Gerês, com um total de 2000 degraus, segundo quem sabe, o Quim Sampaio. A prova tinha apenas um abastecimento, o qual decidimos saltar, pois estávamos com um bom ritmo. Paisagens muito giras à volta da barragem, com uma passagem por água que originou um breve engarrafamento - ótimo para conhecer alguns dos nossos co-aventureiros. Na minha opinião, esta etapa tinha muito alcatrão, mas confesso que foi bom para “aquecer” para a dureza que nos esperava nas etapas seguintes.

 

Desempenho: Início rolante graças ao percurso simpático, primeiro por zonas habitadas e depois ao longo da barragem. Sentia-me bem e propus nem parar no abastecimento. Comi e hidratei antes da grande subida, mas esta custou-me de facto muito. Duas mil escadinhas seguidas são muuuuuitas e posso dizer que esta subida para mim foi a mais dura da prova toda. Vá lá que a meio deste inferno se encontravam alguns elementos do Grupo Folclórico local para animar o pessoal numa noite com chuva non-stop. Segundo o Strava, em 2 km, subimos mais de 400m, o que vim a sentir nos gémeos e nádegas nos dias seguintes :p Mas o que sobre também desce e a descida de volta à Vila soube que nem ginjas. Sempre a abrir, na companhia, por vezes só do Tiago e Nuno, e a luz dos nossos três frontais. Adorei.

 

Alimentação: Massa ao almoço, bifanas ao lanche, 1 gel Biotech, água, Fast Recovery da Gold Nutrition e massa na Pasta Party.

 

Calçado / material: Merrell AllOut Peak e mochila Raidlight Olmo pequena. Não larguei os bastões e foi a única etapa onde usei o corta-vento.

 

GTA 2.png

 A passagem mais difícil pelo Rio Cávado onde a entreajuda entre participantes e voluntários é bem visível. O senhor ao meu lado é o Presidente de Cabril. Muito agradecida.

 

Stage 2 – 6ª feira dia 1 de maio – 10h30 – 38km – 2000D+

 

Percurso / organização: logisticamente esta prova foi mais chata, pois não começou na Vila do Gerês, pelo que a organização disponibilizou autocarros. A vantagem e podermos explorar outras partes da Serra, a desvantagem – ter que levantar mais cedo. Partimos de uma aldeia muito linda, Xertelo, ao longo de uma encosta com vistas deslumbrantes e passagem por várias cascatas. Se, por um lado, não me importei com alguns engarrafamentos nesta parte da prova porque permitia desfrutar melhor da vista, por outro lado, o nevoeiro e chuva sem parar bloqueavam a vista. Adorei a descida muito técnica com muita pedra, daquelas cinzentas grandes típicas do Gerês, até ao Rio Cávado. A passagem do Rio, como podem ver na foto, foi uma verdadeira aventura. Água até ao peito e impossível de passar sem a ajuda dos nossos co-aventureiros. Quando nós chegamos ao Rio, tínhamos uma ajuda muito especial. Para além do Mauro Gonçalves, estava lá o Presidente do Cabril, Monte Alegre, que nos ajudou na passagem do Rio, e um km depois nos recebeu na sua aldeia com o melhor abastecimento de sempre: pessoas muito queridas que nos ofereceram, para além do habitual abastecimento, croissants e pão acabadinhos de sair do forno, chouriça, presunto cortado no momento, sopa e até chanfana! Foi sem dúvida um dos momentos altos da prova. De resto, o percurso teve uma subida relativamente longa mas que fiz bem, a aprender com as dicas do mestre Quim Sampaio, e uma descida até a Vila, onde já sentia algumas dores, mas que a natureza envolvente fez desaparecer (quase).

 

Desempenho: Senti-me muito à vontade na primeira parte mais técnica, com muita pedra e água. Descobri que adoro a vertente “aventura” do trail. Em termos de esforço, ia já a pensar nos 60km do dia seguinte, pelo que fui com alguma calma, mas não demasiada, com a pressão e motivação do Tiago e Nuno. A descida final foi dolorosa e queria muito voltar a repeti-la sem dores. Foi, para mim, a etapa mais bonita, e mais… o percurso mais bonito que alguma vez fiz, embora tivesse chovido sem parar.

 

Alimentação: Pre-Workout da Gold Nutrition (realmente é uma excelente invenção para pessoas como eu que têm problemas de "arranque" de manhã....), 1 gel Biotech, 1 gel Gold Nutrition, 1 barra de frutas da Aptonia, sopa, batatas fritas (muitas!), água, isotónico, Fast Recovery da Gold Nutrition e massa na Pasta Party.

 

Calçado / material: Merrell AllOut Rush e mochila Raidlight Olmo grande. Mais uma vez, não dispensei os bastões.

 

Amanhã há mais... Entretanto continuo com um sorriso contínuo na cara que nem deixa transparecer a dor nos tornozelos... :)

Gerês Trail Adventure, depois de correr queremos agradecer!

  

GOPR1406.JPG

Por Nuno Malcata

 

A equipa do Correr na Cidade, a Bo Irik, o Tiago Portugal e eu, terminamos as 4 etapas do Gerês Trail Adventure, onde corremos um pouco mais de 100Km com sensivelmente 6000D+ em cerca  de 21h30m.

 

Foi uma aventura inesquecível, tanto para nós como para os restantes elementos da Crew, amigos e famílias que, como nós, viveram estes dias intensamente.

 

Nos próximos dias vamos contar e mostrar como foram estes 4 dias de trilhos e paisagens magníficos, mas hoje queremos agradecer aqueles que nos ajudaram.

 

Tanto na preparação, como na realização desta prova tivemos a ajuda de amigos e entidades, que tanto materialmente, logisticamente ou motivacionalmente nos ajudaram na realização desta aventura fantástica.

 

Começamos por agradecer ao Carlos Sá, que nos convidou para formar uma equipa para a prova e a colaborar como media partners na divulgação e promoção do Peneda Gerês Trail Adventure 2015. Foi com entusiasmo que participámos e é com alegria que mostramos a todos o que foi esta prova para que a mesma possa crescer em quantidade de atletas no futuro, bem merece.

 

20150501_084241423_iOS.jpg 

Na componente logística e de apoio, tivemos a ajuda preciosa de dois elementos da Crew, a Liliana Moreira e o Luís Moura, que estiveram lá connosco no Gerês, não para correr, mas para nos ajudar com tudo o que fosse preciso. Desde nos levarem ou buscarem ás partidas e chegadas, como no apoio personalizado em alguns pontos de abastecimento, organização alimentar e até mesmo na preparação das etapas.

 

Sem eles não deixaríamos de fazer a prova, mas não teria sido a mesma coisa, foi uma verdadeira Crew Trip para ficar na memória.

 

 GOPR1260.JPG

 

Como já indicámos anteriormente, tanto para a preparação como para o decorrer do Gerês Trail Adventure a loja de produtos naturais e dietéticos Girassol apoiou-nos em termos de suplementação e alimentação específica, tendo sido uma ajuda essencial para a cada nova etapa podermos estar em melhores condições físicas e restabelecidos do esforço efectuado na etapa anterior.

 

A Girassol além de ter os melhores preços em suplementação e produtos naturais, tem entregas das encomendas super rápidas e um apoio pós venda que merece a nossa confiança, e aconselhamos a todos os que procuram produtos de qualidade.

 20150503_115441053_iOS.jpg

 

Quem nos segue sabe que somos vaidosos, e quisemos ter camisolas técnicas adequadas e personalizadas para esta prova em especial. A Adidas forneceu-nos tshirts técnicas de corrida de óptima qualidade que foram personalizadas com o logo Correr na Cidade para o Gerês Trail Adventure da autoria do nosso amigo João Gonçalves.

 

Finalmente não podemos deixar de agradecer a todos aqueles que gostam de nós, e nos apoiaram de uma forma maravilhosa estes dias.

 

Foram muitas as mensagens, telefonemas e incentivos que recebemos e foram fundamentais para manter sempre o espírito em alta.

 

A TODOS o nosso OBRIGADO

 

11185643_10155489451655453_1156425465_n.jpg

A caminho do Gerês Trail Adventure

 

20150426_182512998_iOS.jpg

Começa hoje a aventura no Gêres, melhor, a pré-aventura visto que as provas do GTA só começam amanhã.

Gostamos de um bom desafio e não podíamos recusar o convite que Carlos Sá nos fez, de juntar uma equipa do Correr na Cidade para participar nesta grande festa do trail nacional, o Geres Trail Adventure. Além dos 3 corredores, Bo Irik, Nuno Malcata e Tiago Portugal, irão estar presentes a Liliana Moreira e o Luís Moura, que não vão correr mas para apoiar a equipa no local. O GTA é uma festa e quantos mais melhor, não é verdade?

 

A Carmo Moser tambem irá participar, mas em versão mais "soft" (como se fosse possivel no Gerês!), no GTA Starter. 

 

Para uma prova desta natureza, 4 etapas e por equipas, todo o processo logístico é complexo, e temos que agradecer todo o apoio que recebemos nomeadamente da Girassol em termos de alimentação e hidratação para a prova, da Adidas que nos cedeu as t'shirts para a prova, aos nossos colegas do Correr na Cidade e à nossa familia e amigos. 

  

20150426_182512998_iOS.jpg

20150429_121252624_iOS.jpg

20150429_121351566_iOS.jpg 

Acompanhem-nos nesta aventura, vamos partilhar convosco cada etapa!

Querida, eu encolhi o GTA

IMG_1159.JPG

 

Por Nuno Malcata

 

Antes da estreia em provas de Ultra Trail no Piodão, no pós Maratona de Sevilha já tinha partilhado aqui no blog as minhas expetativas para os desafios que me propunha neste primeiro semestre de 2015.

 

Como nessa altura referi, apesar do Ultra Trail no Piodão ter sido fantástico, desde janeiro o meu foco está na preparação para o Gerês Trail Adventure que se vai realizar de 30 de Abril a 3 Maio, prova de 4 etapas com um total de cerca de 130Km e 8500D+, uma organização do Ultra Maratonista Carlos Sá.

 

Sendo eu um atleta amador e não tendo acompanhamento de treinador, algo que tenho sentido bastante falta, a preparação tem sido feita com base em muito do que tenho aprendido com quem mais experiência tem e com o muito que tenho lido. Tenho feito por melhorar os pontos em que sou mais fraco, numa gestão de tempo entre a vida profissional e pessoal. Obviamente que os 53Km feitos no Piodão foram a maior distância feita na preparação mas sentia que precisava de perceber como lidar com esforço ao longo de vários dias seguidos, em diferentes alturas do dia, como acontecerá no Gerês durante 4 dias.

 

Assim, decidi fazer uma edição Mini do GTA com 2 treinos em Monsanto e 2 treinos em Sintra. O escalonamento dos treinos seria semelhante ao da prova, 1 treino noturno (Trail da Salamandra), seguido de 1 treino na manhã seguinte (Treino da Hora do Esquilo), 1 treino Longo e mais duro em Sintra e 1 treino final mais descontraido em Monsanto.

 

Mini GTA Dia 1 - Trail da Salamandra - Sintra - 21:00

11164641_10200606049429854_9177650153840651882_o.j

Foi a minha 3ª presença neste treino noturno em Sintra, em 3 semanas consecutivas, e cada vez gosto mais destes treinos em Sintra, já para não falar nos fabulásticos recoverys.

 

Estavam previstos na convocatória inicial 15Km, mas acabaram por ser 20Km num percurso muito rolador e misto que nos levou da Barragem do Rio da Mula em Sintra até ao areal da praia do Guincho e respetivo retorno. Saliento a presença de 62 pessoas, com um espirito fantástico, um record nesta iniciativa do Antonio Pedro Santos que tive o prazer de finalmente conhecer pessoalmente nessa noite.

 

Senti-me sempre bem, o ritmo foi bom, com algumas paragens, sempre bem dispostas para reagrupar. Treino terminado em cerca de 2h40m com 20Km e 400D+

 

Mini GTA Dia 2 - Treino Hora do Esquilo - Monsanto - 06:00

11169418_10205200794952543_2629815331630758729_n.j

Com pouco mais de 3h dormidas, apresentei-me no Parque do Penedo em Monsanto, ás 05:45 para fazer o treino da Hora do Esquilo e a pensar fazer uma 2ª hora sozinho para meter mais Kms e altimetria nas pernas.

 

Já fui algumas vezes e aprendi que tenho de aquecer pelo menos 10 minutos a um ritmo mais lento antes de arrancar no ritmo mais vivo que pontua estes treinos.

 

Feitos os 10m de aquecimento, pouco passava das 6 quando chegou o timoneiro Pedro Conceição e arrancámos em bom ritmo.

 

O pouco descanso e mesmo a falta de alimentação entre treinos fizeram-se sentir, foi uma bela lição. A meio do treino já não pensava em mais nada senão terminar e passei a maioria do treino na cauda do grupo a gerir o esforço, simplesmente o corpo não queria responder.

 

Treino terminado ás 07:00, com o aquecimento fiz 10Km em 1h10m com cerca de 300D+

 

Mini GTA Dia 3 - Treino Longo e Duro em Sintra - 09:00

IMG_4601.JPG

Tal como o 3º dia do GTA, para o 3º dia do Mini GTA queria fazer um treino duro, e longo. O planeamento era para cerca de 40Km com mais de 2000D+.

 

Neste momento o meu local preferido para treinar é sem dúvida Sintra, mas tenho um problema por lá, orientar-me. Já conheço alguns pontos, algumas boas subidas, alguns bons singles, o problema é orientar-me entre eles. 

 

Pedi ao Tiago para me orientar, mas ele estava inicialmente limitado a um treino de 2h, pelo que carreguei um track no relógio e quando ele tivesse que terminar o treino, eu faria o track sozinho.

 

Começei o treino lento e apático, e fiquei a pensar nas más sensações do dia anterior, mas desta vez tinha dormido bem e alimentado ainda melhor. Aos poucos a Serra de Sintra fez a sua magia e percorremos muitas das boas subidas da Serra como queria, sempre com boa disposição e ótima conversa.

 

O tempo e os Kms foram passando, e aos 17km já com cerca de 1000D+ feitos a subir para a Peninha vi que estava a sentir-me realmente bem, e terminando o treino com o Tiago, não fazia sentido estar a insistir em andar sozinho.

 

Terminámos o treino com cerca de 25Km e 1300D+ em pouco mais de 4h, e, ainda mais importante, com a sensação que estamos preparados para enfrentar a etapa rainha do GTA com 60km e 4500D+. Se a vou vencer ainda não sei, mas que lhe vou dar luta vou.

 

Mini GTA Dia 4 - Treino rolante em Monsanto - 10:00

11173713_823130411112885_1050114024_n.jpg

Último dia do Mini GTA, já em modo mais relax, para fazer cerca de 15km/2h por Monsanto, dividi o treino em 2 partes de 1h, na primeira com a companhia do Rui e da Carmo, e na segunda parte juntaram-se os restantes amigos que comigo vieram treinar, a Bo, o João G, o João F e o Diogo.

 

Para este treino apesar da noite muito bem dormida, não fiz a minha alimentação tipica das manhãs de treino, comi normalmente uma torrada e uma caneca de cevada, e nem levei a mochila com hidratação, quase vital para mim. Fui leve e solto, o que resultou bem.

 

Na primeira parte rolamos, subimos, descemos e em trio fizemos 11Km em pouco mais de 1h, na segunda parte já com o grupo completo optei por um percurso mais rolante até à parte final, e o ritmo foi bem vivo nos primeiros kms. Nos últimos km relaxámos mais um pouco, e subimos a parte final em convívio do bom, já com 20Km nas pernas.

 

Com o sentido de dever cumprido, e bem cumprido, fechei o último treino do Mini GTA com cerca de 21km e 600D+, e com ótimas sensações fisicas.

 

Conclusões finais

 

4 Treinos, mais de 10h, cerca de 75km com 2700D+. Parece uma pequena parte do que vamos passar, mas aprendi bastante, sobretudo a importância do descanso, alimentação e gestão de esforço.

MiniGTA.jpg

 

Os próximos dias vão ser dedicados a descanso, massagem, curar algumas maleitas da carga de kms dos treinos, boa alimentação e preparação da aventura que vai ser o Gerês Trail Adventure.

 

Esta é uma aventura em equipa, e eu, a Bo e o Tiago aproveitamos para agradecer desde já o apoio que iremos ter tanto dos elementos da Crew que nos vão acompanhar presencialmente no Gerês, como os restantes que tanta força nos têm dado. Também algumas entidade nos estão a ajudar nesta concretização e contamos com o fantástico apoio na importante compomente de alimentação e suplementação da GIRASSOL, que nos enviou para os treinos géis, barras e recuperadores, como acontecerá para o GTA.

IMG_4621.JPG

Acompanhem-nos nesta jornada, vamos partilhar convosco cada momento!

Peneda-Gerês Trail Adventure

gta.jpg

Temos a honra de anunciar que o Correr na Cidade será parceiro oficial e media partner do Peneda-Gerês Trail Adventure.

 

Esta fantástica prova de trail running por etapes terá várias provas, com distancias diferentes.

 

Partindo da bonita Vila do Gerês cada etapa levará os atletas a percorrer o Gerês e toda a sua beleza natural.

 

O Correr na Cidade terá uma equipa participante de 3 elementos no Gerês Trail Adventure de 130Km.

 

Em breve contaremos muito mais sobre esta participação e como será este evento organizado pelo Carlos Sá, para já deixamos um video de apresentação desta prova que não podem perder, desafiem-se!

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D