Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

5 estratégias para treinar nas férias, para quem tem um recém nascido (lindo) em casa

fotografia.JPG

Por Rui Pinto

 

Estou de férias no Algarve e, para além do resto, tenho um recém nascido em casa. O Vicente fez agora três meses e, embora seja a coisa mais fofa do mundo, requer algumas alterações à rotina anteriormente estabelecida, no que ao treino regular diz respeito. Assim, e na tentativa de ser criativo, deixo-vos algumas estratégias que tenho utilizado nestas férias, para conseguir manter-me minimamente activo:

 

  1. Ir ao pão à mercearia mais longe de casa

A rotina de ir buscar pão fresco, todas as manhãs, é um clássico das minhas férias de Verão, no Algarve. Normalmente, antes de mais alguém acordar, meto-me a caminho. Este ano, com uma alteração: escolho a mercearia ou minimercado mais distante de casa, calço as sapatilhas de corrida e aí vou eu. Parecendo que não, ao fim de duas semanas, estes ‘poucos’ quilómetros diários tornam-se num total minimamente respeitável, no final das férias. Grão a grão, enche a galinha o papo!

 

  1. Ir de bicicleta para a praia

Como há males que vêm por bem, e aproveitando uma avaria no meu carro, tornei as minhas idas e voltas à praia em mais uma forma de fazer alguma actividade física, nestas férias. Assim, todos os dias, religiosamente, vou de bicicleta para a praia. A bicicleta de estrada querida do avô da minha mulher tornou-se na minha hippie cool vintage companheira de alguns – valentes – quilómetros de estradas algarvias. (Não se preocupem, o resto da família não alterou a sua rotina e continua a ir, comodamente, de carro, para a nossa praia de eleição!)

 

  1. Correr a horas estapafúrdias

No caso de querer fazer um treino mais formal de corrida, aí então é que a coisa se torna um pouco mais complicada. Não sendo eu adepto de correr debaixo de um calor intenso, e estando os finais do dia reservados para rotinas familiares imprescindíveis nas férias de verão, opto por correr a horas consideradas menos próprias, para a maioria das pessoas – não corredores, claro está! A madrugada/início da manhã, cedinho ou o final de noite, já bem depois da hora de jantar, passam a ser os horários preferidos para esta tarefa. Muitas vezes, quer seja devido à satisfação por, finalmente, poder arejar a cabeça, ou a quietude do tempo em que quase ouvimos os nossos próprios pensamentos em voz alta, nem noto a falta de pessoas na rua ou a iluminação artificial dos candeeiros de rua, a altas horas da noite.

 

  1. Aproveitar os banhos de mar para nadar

Adoro banhos de mar e essa é uma das coisas que mais saudades tenho, durante o inverno. Tenho a sorte de ter uma praia maravilhosa em que, na maioria dos dias, poder-se-ia estar dentro de água, durante uma hora, sem grandes sacrifícios. Assim, aproveitando esta dádiva da Mãe Natureza, agarro nos óculos de natação e saio para umas braçadas, qual Phelps dominando o oceano Atlântico. (Ou quase, vá…). A verdade é que sempre dá para aperfeiçoar a técnica e abrir a caixa…

 

  1. Rentabilizar as sestas do Vicente e reforçar o Core

Todos sabemos as rotinas limitadas de um recém nascido: passa algum tempo acordado durante o dia – e durante a noite também, infelizmente! –, alimenta-se, faz as suas necessidades (profusamente!) e dorme. Não podendo ir para a praia, tento aproveitar as suas sestas da tarde, para fazer algum trabalho de força específico. E como o trabalho de Core é tantas vezes negligenciado pelos corredores – eu incluído! – tento policiar-me para que este não seja o caso. Portanto, lá trouxe eu o meu colchão e o meu papelinho contendo as rotinas de trabalho específico, com o meu quinhão de pranchas, flexões de braços e crunches. Naturalmente que não trabalho a parede abdominal todos os dias – e nota-se! – pelo que alterno o trabalho abdominal e lombar com os tão necessários alongamentos.

 

Para o ano, acrescentarei uma outra estratégia a este rol: vou chatear tanto, mas tanto, o senhor do aluguer dos padle surfs lá da praia, que ele há-de fazer-me um ‘granda’ preço para alugar uma prancha de padle, durante toda a temporada de veraneio. (Isto se, entretanto, não convencer a Patroa a deixar-me comprar a minha própria, claro está… Já esteve mais longe!

 

E pronto, estas são as minhas estratégias. Quais são as vossas? Partilhem connosco, queremos saber. O importante é que não deixem o vosso contexto familiar mais ou menos atarefado atrapalhar a prática regular de actividade física. Sejam criativos e treinem. (Assim não ficam tão culpados por beberem aquelas deliciosas caipirinhas no bar de praia lá da zona!).

Fim de semana Luxury Fitness no Cascade Wellness & Lifestyle Resort

20150725_195013.jpg

Por Nuno Malcata

 

Férias não significa necessariamente paragem na vida saudável, embora no meu caso férias costumem ser sinónimo de ócio, gula e muita preguiça.

 

Contrariando esta tendência natural, aceitei o convite do CASCADE WELLNESS & LIFESTYLE RESORT em Lagos para conhecer o resort e o seu programa "Luxury Fitness Holidays", um programa com acompanhamento em 3 áreas,  fisioterapia, nutrição e fitness, com pré-avaliação em cada uma das áreas e apoio personalizado nas sessões de exercício indoor no ginásio ou outdoor.

 

Cheguei a Lagos com a minha mulher Joana na sexta e fomos muito bem recebidos no Cascade desde o check-in, ao quarto detalhadamente preparado, a com um fantástico Gin feito pelo Barman Bruno no bar onde relaxámos num final de tarde muito tranquilo.

10982310_10153137264739958_6048131487371028235_n.j

 

Terminámos estas primeiras horas no Cascade com o jantar no restaurante Senses. Uma das áreas cruciais do programa é a nutrição e esta é especialmente preparada com a assinatura do Chef Luís Batalha, além de nutritiva e equilibrada é deliciosa.

 

pizap.com14382112663031.jpg

Para sábado estavam reservadas as componentes de avaliação e um bootcamp.

 

O dia começou bem cedo: conhecemos o PT Michele Mellone e a sua equipa, e enquanto aguardei pela hora das minhas avaliações passeei pelo resort, ficando a conhecer as várias áreas de lazer, e aproveitámos para relaxar um pouco junto à piscina do Spa.

 

Feitas ao final da manhã as avaliações de nutrição, fisioterapia e física com especialistas em cada uma das áreas para perceber como seria efetuado o programa para a semana, percebi que a dedicação da equipa é grande e vital para os resultados obtidos por quem procura este programa.

pizap.com14382116437351.jpg

Para o final da tarde o PT Michelle Mellone e a sua equipa prepararam para o grupo um bootcamp outdoor com 2 partes. A primeira no relvado dos campos de futebol do resort, campos normalmente utilizados em estágios de equipas profissionais como foi o caso recente do Aston Villa de Inglaterra, onde fizemos aquecimento com corrida e exercícios seguido de um exigente percurso de obstáculos. A segunda parte do bootcamp teve lugar no ginásio do resort, o CASCADE GYM BY AXN CLUB 100, com o grupo dividido em 2 areas com diversas estações onde a equipa explicou cada uma das estações. Fizemos cada uma das áreas executando o exercício de cada estação durante 30s com uma paragem entre cada uma de 20s, no final estava arrasado mas com um sorriso bruto de satisfação. O bootcamp terminou com uma sessão de alongamentos pela responsável da área de fisioterapia, sessão que fez o retorno à calma da melhor forma.

 

pizap.com14382121759361.jpg

O dia terminou com mais um cuidado e delicioso jantar no restaurante Moods.

 

No Domingo, a manhã ficou reservada para a componente mais relaxante do programa com uma massagem no Tanai Spa, um último mimo num cuidado programa, num resort com uma qualidade acima da média, onde a atenção ao cliente é permanente. 

pizap.com14382124545561.jpg

 

 

Um fim se semana que deu a mostrar um pouco do que se pode encontrar no programa Luxury Fitness Holidays, que não estando ao alcance de todos, fará com certeza diferença para aqueles que dele possam usufruir, eu no meu caso adorava voltar para o programa completo. 

 

Correr nas férias: sim ou não?

Este ano tive o privilégio de ter duas semanas de férias. Decidi passa-los na casa dos meus pais em Lagos; ótimo para matar as saudades da família, da quinta e da região onde cresci e sempre fica mais em conta.

Com os 42km do AX Trail em vista, no dia 18 de Outubro, propus-me fazer pelo menos um treino longo (na casa dos 20km) até a primeira semana de Outubro, somando um total de cerca de 40km por semana. Já tinha concluído que, estando no Algarve, a preguiça domina a vontade de correr e custa-me sair de casa enquanto em Lisboa ando sempre "cheia de pica". Treinos Fartlek, séries ou rampas, nem pensar! Porque será? A paisagem, caminhos lindos em diversos terrenos e ar limpo deveriam ser muito motivadores, mas no meu caso muitas vezes não o são. Concluo assim que o que me motiva a correr são mais as pessoas do que o ambiente.

Agora, estando já uma semana "cá em baixo", fui correr três vezes e gostei muito. Ao ter-me apercebido que deveria procurar outra fonte de motivação e na falta de amigos corredores por perto, encontrei várias alternativas.

O primeiro treino foi da casa dos meus pais até o meu barzinho preferido na Meia Praia. Os meus pais iriam lá tomar um café e eu saí um pouco antes deles com o mesmo destino. Chegamos quase ao mesmo tempo e fiz cerca de 10km em uma hora. Soube mesmo bem e foi muito motivador correr tendo em conta um destino onde terei pessoas à minha espera. Fica a dica ;)

No segundo treino, de um total de 12km, também apliquei o truque do destino e das pessoas. Fui de casa, ao final do dia, à Praia da Luz, onde a minha irmã se encontrava a trabalhar. Na Vila da Luz encontrei-me com a mana e comemos um gelado e voltei para casa.

O terceiro treino, foi hoje, sábado de manhã pelas 9h00 na Meia Praia, no Treino Correr na Cidade Summer Sessions. Fui de bicicleta ao ponto de encontro do treino (10km), onde só apareceu uma pessoa, o João, que não conhecia até hoje. Foi muito bom levantar-me tão cedo e é certo que sozinha não teria tido coragem de sair de casa às 8h30 para ir de bicicleta à praia para treinar. O treino foi muito bom, fizemos 10km na areia molhada da praia em cerca de uma hora, seguido de uma boa sessão de alongamentos, pois o João é um perito em ioga.

O treino longo ficará para a semana porque hoje vou beber uns copos em Lagos, mas estou muito satisfeita com os treinos desta semana, embora nada específicos. Estou feliz por ter descoberto estes truques para ganhar motivação para treinar.

E tu, costumas treinar enquanto estás de férias? Sentes-te mais ou menos motivado do que "em casa"?? 

Correr na Cidade Summer Sessions @ Lagos

O mês de Agosto é sinónmo de férias para muitos portugueses. Para ti férias implica não treinar? Para a Crew do Correr na Cidade não. Assim, este mês ainda temos pelo menos três treinos pensados em vocês:


- No dia 21, quinta feira, vamos regressar a correr à beira Tejo. Foi aqui, às quintas, que começaram os nossos treinos abertos e gostamos de voltar aos locais onde já fomos felizes. A Joana Malcata irá fazer as honras da casa, num treino de cerca de uma hora a um ritmo “ninguém fica para trás”.
- Na última semana do mês, dia 26, é a vez do Nuno Malcata dar o treino no "quintal" de sua casa, o Jamor, mas atenção, não será para correr nos trilhos.


Entretanto, e como muitos de vocês, e da nossa parte a Bo, estão no Algarve, decidimos marcar um treino por terras algarvias também. Na última quinzena de Agosto, a Bo estará por Lagos, terra onde cresceu e que bem conhece. Deste modo, a Bo terá todo o gosto em mostrar-vos a cidade Lacóbrica, a correr, claro!


Por isso, se estiverem pelo Algarve e apetece-te treinar, propõe uma data, acertamos a hora consoante as marés e iremos desbravar a Meia Praia! Sim, a Meia Praia! Esta praia tem cerca de 4km de comprimento, pelo que ir e vir do pontão do lado da Cidade soma aproximadamente 8km (que na areia é um bom treino, acreditem). Se tiverem medo da areia, também poderemos combinar explorar Lagos em modo City Trail!

 

Está nas vossas mãos: estão pelo Barlavento Algarvio na segunda quinzena de Agosto, enviem-nos um email para run@corrernacidade.com ou comenta no evento para alinhar um dia e hora (consoante as marés, para podermos correr na areia molhada à vontade).

 

Data: segunda quinzena de Agosto…
Hora: 9h00 ou consoante as marés
Percurso: 8km pela Meia Praia, sim, pela areia (ou City Trail)
Ponto de Encontro: Meia Praia no pontão do lado da Cidade

 

Estão a espera do quê? ‘Bora treinar e queimar essas bolas de Berlim e cervejas! :D

Correr a gosto

AgostoE começou aquele que é considerado o mês das férias dos portugueses, de norte a sul. Apesar de existir quem prefira tirar os dias de descanso mais cedo (julho) ou mais tarde (setembro) o mês de agosto continua a ser o mês preferido dos portugueses para descansar do trabalho.Ora este é o melhor mês para se pôr em forma para as corridas de setembro e outubro. E vão ser muitas: Meia Maratona do Porto, Night Run, Secret Run, Corrida do Tejo, Corrida do Jumbo, Corrida do Montepio, Corrida da Decathlon, Corrida do Aeroporto, Meia Maratona e Maratona de Lisboa, só alguns exemplo, isto para não falar dos inúmeros treinos que entidades, blogues e portais estão a organizar.Com mais tempo para se dedicar ao ócio, nada melhor que organizar a sua vida – e da sua família – para fazer muitos km’s quando estiver de férias. Porque não acordar cedo e ir correr 1 hora ou mais antes da família acordar para ir para a praia? O sono não será certamente um problema, porque terá tempo para descansar durante o dia.E o final da tarde? Quando está tudo na confusão dos banhos do pós praia ou piscina, porque não aproveitar essa hora (que pode ser mais se a família for numerosa) para ir correr pelo menos 1 hora – ou pelo menos 8K?Ou então porque não ir correr pela noite dentro, quando todos já se estão a preparar para irem dormir? Desde que conheça bem os locais para onde vai, e sejam seguros, é uma excelente oportunidade para correr. Deita-se tarde, é certo, mas no dia seguinte irá para a praia ou para o campo, não para o trabalho.Já reparou como será bom chegar ao escritório no início de setembro em boa forma física e bronzeado(a), enquanto os seus colegas estiveram a ganhar quilos e quilos em petiscadas? Já reparou que se correr bastante durante agosto, as suas provas de rentrée irão custar muito menos? Haverá melhor maneira de começar a ponta final de 2013? Fica a dica. Boas férias e boas corridas!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D