Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Vou, não vou. Vou, não vou...

Por Filipe Gil:Ontem foi assim. Mal desliguei o computador na redacão, desta vez a horas decentes porque queria ir treinar, comecei com dúvidas se iria ou não e fui atacado por uma preguicite aguda.Já no metro e no comboio a caminho de casa continuei apensar se iria ou não correr. "Está de noite", "Está quase a chover", "Está frio". Tudo desculpas que a mente arranjava para ficar no sofá. Já em casa continuei com o "Vou, não vou, vou, não vou". Equipei-me a pensar assim.Inconscientemente escolhi as peças de roupa de corrida que menos gosto e, a acompanhar, os ténis que menos me agradam (não vou dizer quais são). E lá fui, mais ou menos contrariado. Esqueci-me do Garmin que ando a testar e liguei as três aplicações de corrida no smartphone: Endomondo, Nike Running e a nova app da Puma. E, a custo, comecei a correr. E aí comecei a pensar: não corras, volta para casa, não corras, não corras....tu não aguentas! Está frio, vieste mal vestido, vais ficar constipado, de cama e sem correr durante 4 semanas...o horror!!!Mas lá fui aguentando.E lá para o KM 3, comecei finalmente a ter prazer com a corrida. Fiz 6 series mais rápidas, de 100/200/300/400/600 metros e a coisa correu melhor. No final acabei por fazer 10k ao mesmo tempo que a minha última prova oficial (Night Run), 51 minuros. Ou seja, não me apetecia, mesmo nada, correr, mas insisti e o corpo venceu a mente e acabei por fazer um dos melhores tempos aos 10K em 2013. Estranho, mas verdadeiro.

Os tempos do treino de ontem

 528222_431693330245337_475588504_nNo final do dia de trabalho, depois de ter passado por casa e dar um beijo à mulher e aos filhos, equipei-me e fui correr. O objetivo era mais desembrutecer as pernas – paradas desde terça-feira, dia 19. Praticamente uma semana sem correr. Estava muito frio, mas gosto de correr com tempo frio e seco. Lá segui da Estação da CP de Algés em direção à Ponte 25 de Abril, para depois regressar, com o Tejo sempre por companhia. O Tejo, o smartphone (com as app: Nike Running e o Endomondo) e o relógio da Garmin,que monotizaram a minha corrida, Quis perceber, mais uma vez, se há reais discrepâncias entre estes dois sistemas.O treino foi interessante do ponto de vista de ritmo e de respiração – se conseguir manter-me nos 5:30 durante os 21K da próxima Meia Maratona de Lisboa seria excelente. Contudo a prova do próximo domingo, a Corrida da Árvore, não me saiu da cabeça. Os próximos treinos, durante a semana, serão focados nessa prova com subidas bem matreiras - vou tentar fazer um treino com subidas e outro em fartlek.Em baixo uma tabela em Excel sobre os tempos que o Garmin, Nike Running e Endomondo registaram. Continuo a ter tempos mais baixos no Garmin, mas existiram momentos que os três se tocaram (assinalado a amarelo). Contudo, continuo a acreditar mais no Garmin que nos outros, apesar da diferença não ser assim tão grande.Imagem1 

Comparativo de GPS de corridas

Quem costuma seguir os meus posts aqui no blogue ou no Facebook sabe que ando a experimentar um Garmin 900XT - emprestado pela marca e que daqui a umas semanas farei a respetiva review. Contudo, para além do Garmin, quando corro, levo um smartphone comigo e nele trabalha, ao som da música escolhida para o momento, a app da Nike Running e o Endomondo - que usam o sistema da GPS do telemóvel.No treino de ontem, de 10K, usei os três ao mesmo tempo para analisar a sua precisão e as suas eventuais discrepâncias.

Os resultados da Nike Runningnikeplus_treinoOs resultados do Endomondo:

endomondoOs resultados do Garmin 910XT:

treino2garmin

Resumindo: no Nike Running os meus 10K demoraram 53:50, no Endomondo 53:42 e no Garmin 54:31. Sendo que o meu KM mais rápido na Nike foi de 4´54´´/km, precisamente o mesmo tempo no Endomondo, e  54´31´´ no Garmin.

Nas próximas semanas irei continuar a analisar. Contudo parece-me que o Garmin é mais minucioso (e isso quer dizer que sou mais lento do que aquilo que julgo ser). Mas, por outro lado,  é engraçado perceber que as app do smartphone atribuíram o mesmo tempo ao meu KM mais rápido. A análise das próximas semanas será interessante verificar se estas diferenças consideráveis continuam, até porque não quero ter três análises de corrida a cada treino ou prova que faça. Irei, certamente abandonar uma ou duas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D