Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Montejunto a caminho da Estrela

18083883_10158548837230453_330640860_o.jpg

A prova de Montejunto for divertida e dura também! 

A semana passada foi dura em termos de treinos. Muitos quilómetros em estrada, alguns de bicicleta e muitos em trilhos. Também me comportei bem nos treinos de reforço muscular e flexibilidade.

 

Parece que a cada semana que passa gosto mais do meu plano de treinos da beAPT. Deve ser porque a cada semana me sinto mais forte :) Os treinos têm corrido super bem. Não falho nenhum. Os meus níveis de motivação estão em alta e sim, acredito que é pelo apoio que sinto do coach Paulo Pires, mesmo que seja um apoio virtual.

 

O plano de treino é apresentado pela plataforma beAPT da qual já vos falei aqui. Além disso, o acompanhamento é feito de forma remota. Até hoje ainda não conheci o meu coach em pessoa, mas é como se já o conhecesse. E há uns bons anos! O Paulo tem-me acompanhado por Whatsapp e telefone e para mim, isso funciona muito bem.

 

18056489_1408211425901601_7384678164451812743_o.jp

 Muito sol e calor na Serra de Montejunto...

O Trail de Montejunto

O culminar da semana passada foi no domingo ao participar no trail de Montejunto. Já conhecia a serra porque tinha ido lá correr uma vez com amigos e sabia que os 36km de prova não iriam ser fáceis. Montejunto não é fácil. É bastante técnico, com muita pedra solta, pouca sombra e, para completar este cenário, paisagens incríveis. Isto tudo a apenas uma horinha de Lisboa!

 

Decidi fazer a prova com o meu companheiro dos trilhos, o Nuno Malcata. É bom correr com o Nuno porque ele puxa por mim nas subidas e eu por ele nas descidas, além da risada a cada metro, claro. O Luís Moura e o Rui Pinto, embora tenham mais “pedalada” que eu e o Nuno, decidiram vir connosco também e fizemos a prova em equipa.

 

Foram quase 7 horas numa montanha russa de emoções e quase 2000m de D+. Um bom treino para o Estrela Grande Trail. Deu para testar o material e habituar-nos ao calor que possivelmente também nos acompanhará em Manteigas no final de Maio.

 

 

Recuperação no Algarve

Vim passar uns dias ao Algarve esta semana, em trabalho, é claro. Estava preocupada com o cumprimento do plano de treinos, pois, em Lagos a rotina é outra e costumo treinar menos. Felizmente mantive os níveis de motivação e cumpri com todos os treininhos que estavam previstos. Até corri à chuva. Sozinha. No campo. Soube bem!

13268552_962729680519883_8029491857377243503_o.jpg

 Pelo menos os ténis, a mochila e os bastões serão os mesmos!

 

Teste ao material

Conforme disse acima, os 36km na serra de Montejunto foram perfeitos para testar o material e alimentação para o Estrela Grande Trail. Em termos de calçado, vou aptar pelos Merrell AllOut Terra que também me acompanharam no EGT o ano passado. São ténis muito bons para um piso mais acidentado com muita pedra solta. Vou também levar os bastões e a minha mochila de sempre.

 

A grande novidade em termos de material é o meu relógio novo – o TomTom Adventurer. Estou ansiosa por levá-lo para os trilhos. Este relógo promete ser tudo o que um trail runner procura: leveza, conforto, excelente sistema de GPS, frequencímetro no pulso, música e boa autonomia. Em breve mais sobre este relógio, aqui no blog.

IMG_20170428_195156.jpg

O TomTom Adventurer, o meu novo companheiro nos trilhos e não só!

 

E a dieta?

Vai bem! E casa tenho me comportado super bem. Muito equilibrada e certinha, a hidratar bem (água, e não vinho!) e tenho evitado os hidratos à noite. Esta semana na casa dos meus pais foi um pouco mais desafiante, mas os danos foram controlados. Este fim-de-semana vou “passear” ao Porto com amigos, a ver se não faço demasiadas asneiras! Na quarta-feira tenho a minha próxima avaliação corporal com a nutricionista Ana Guerra. A ver se consegui os objetivos que ela me tinha proposto nestes 30 dias!

 

Já falta menos de um mês para o EGT! Para semana conto mais! Até lá e boas corridas!

O 2º dia da minha dieta...

Foi assim:

 

 

 

 

 

 

Por Filipe Gil:

Ou seja, não correu nada bem. Mas soube maravilhosamente! Culpa da Chefe Justa Nobre. Enfim, foi o dia do “pecado”. Nada que um par de corridas não queime. Amanhã e na quinta-feira, dia 6 de fevereiro, e do treino aberto do Correr Na Cidade Running Crew.

Onde iremos fazer 10k a correr ou a nadar. São Pedro decidirá! Quem vem correr connosco?

De volta à dieta

20140203-113636.jpgDe volta à perca de peso "forçada" e comprometida!. Estou com 4kgs a mais e desde o Natal que não os consigo exorcizar, a partir de hoje vou (re) iniciar novo regime alimentar. Há cerca de 1 ano atrás, mais para março de 2013, eu e o Bruno Andrade  andamos empenhados numa dieta (eu com a ajuda da nutricionista lá de casa) que teve resultados para ambos.Eu dos 78/79 que tinha em janeiro de 2013 cheguei a Agosto com cerca de 71/70kg. Foi uma perda de peso gradual conseguida, basicamente, pela alteração dos meus maus hábitos alimentares. Em casa tenho uma alimentação extremamente equilibrada  mas tenho tendência para fazer asneiras na rua. Na altura era um pastelinho de nata diário, quando por vezes não repetia a dose ao lanche. Eu amo pastéis de nata!Com a série de Meias Maratonas que fiz entre setembro e outubro do ano passado, cheguei a ter 68,5 a 69kg - o que é o peso ideal para mim, mas que me dá um ar estranho. Com barba por fazer tenho que te cuidado quando estendo a mão, pois é provavel conseguir uma esmola, tal o meu ar. De qualquer forma com 70kg sinto-me muito bem e continuo com um ar saudável, para além de correr  muito melhor. É a esse peso que quero voltar.Desde a minha lesão, em meados de novembro (nessa altura estava com 69kg) que tenho vindo a engordar. O Natal e a pouca corrida fizeram o resto. Em janeiro com o regresso às corridas mais frequentes tentei perder algum peso, mas sem sucesso. Agora já chega, tem de ser com disciplina! E começa hoje!E o que vou fazer para perder peso, devem estar vocês a perguntar? Fácil: voltar ao regime desenhado pela minha mulher no ano passado e que, basicamente passa por abulir:

# Bolos (a não ser em aniversários ou celebrações especiais)# Coca-Cola ou outros refrigerantes, com ou sem gás (Querida Coca-Cola, vamos ter que acabar a nossa relação. Temo-nos encontrado quase todos os dias à hora de almoço sem ninguém saber, mas já não dá mais!)#Comer chocolates, doces e afins ao final da tarde, na tal "hora do lobo".# Comer coisas depois de jantar (é a minha perdição. Por vezes, passados menos de 60 minutos, estou a comer bolachas ou uma maçã. As noites têm de voltar a ser 1 quadrado de chocolate negro e depois um iogurte antes de deitar. E mais nada!!)#Beber água! Beber água! Beber água! Beber água! Beber água! 

E pronto, já passei por isto, sei que consigo e espero atingir o meu objetivo de 70Kg dentro de 6 a 8 semanas. Irei dando notícias sobre mais este desafio. Alguém se quer juntar a mim e dar conta disso aqui no blog?

Dieta: perca 2 a 3 kg em 3 dias

Imagem1Por Filipe Gil:A corredora cá de casa, que também é nutricionista (e das boas), esteve esta terça-feira na SIC, no orograma da Júlia Pinheiro a apresentar uma dieta "Detox" - de desintoxicação -, que permite perder entre 2 a 3 kg em 3 dias. Mas mais do que emagrecer é uma dieta também importante para desintoxicar o organismo dos excessos do Natal e Fim de Ano. Podem ver o vídeo completo aqui. A dieta é esta:Pequeno almoço - Sumo Detox Drenante:1 chávena de chá verde ou de cavalinha1 rodela de abacaxi1 chávena de espinafres2 cenourasSumo de meio limãoHortelã a gosto1 colher de sopa de sementes de chia (tem de ficar a boiar)Meio da Manhã:1 Peça de frutaAlmoço:Peixe ou carne branca (cozidos ou grelhados), acompanhado por saladas ou legumes. Preferir sempre os alimentos crus, visto estes serem sempre mais ricos em antioxidantes. Podemos incluir 3 colheres de sopa de arroz integral, para aqueles que possam ter mais fome. Acompanhar a refeição com um copo de chá verde ou de funcho.Primeiro Lanche:1 Peça de fruta ou 1 cenouraSegundo Lanche - Sumo Detox Antioxidante1 chávena de bebida de arroz1 chávena de frutos vermelhos1 banana2 colheres de sopa de flocos de aveiaCanela a gostoJantar:Creme de coentros: courgette, cebola, alho e coentros.1 Gelatina1 chá de gengibreCeia - Sumo Detox Calmante:100ml de água ou água de coco1 maçã3 folhas de alfaceRaspa da casca do limão

Mais de 30% das crianças portuguesas até aos três anos têm excesso de peso

crianças+obesas+EUA+APEsta notícia veiculada na SIC é um verdadeiro susto. O que estamos a fazer às nossas crianças? Eu já sabia que a coisa andava mal - pelas histórias que a minha mulher, que é nutricionista, me conta. De, por exemplo, pais que alimentam os filhos a croissants de chocolate ou outros alimentos muito processados.Indica a notícia: "Trata-se do primeiro estudo nacional que avalia hábitos e comportamentos  alimentares em crianças em idade pré-escolar, que envolveu quase três dezenas  de investigadores, cujos resultados foram hoje divulgados em Lisboa. Segundo a investigação, as crianças portuguesas apresentam um potencial  genético de crescimento sempre inferior à média mundial, mas relativamente  ao peso com valores acima da referência da Organização Mundial de Saúde".A minha primeira medida seria não permitir a venda de bolos, tortas, croissants e afins em máquinas automáticas dentro ou nas zonas perto das escolas. A segunda seria uma campanha de sensibilização junto da restauração para aconselharem outro tipo de alimentos, que não bolos e doces, a crianças com menos de 16 anos. E a terceira, e é aí que entram os corredores, influenciar o modo de vida desportiva (mente sã em corpo são) e mostrar que um estilo de vida - com corrida - influência e muito a nossa saúde.Façam qualquer coisa, pela saúde deles!!

Corridas + Dietas

Healthy-FoodsDepois de ler este post sobre Dietas e Corridas e Comidas no blog d´O Arrumadinho decidi também escrever aqui umas linhas sobre o assunto. De fato, correr não é de todo garantia de emagrecimento. Mas ajuda ou pelo menos torna tudo mais rápido. Já dei o meu testemunho pessoal de dietas aqui, mas passados alguns meses continuo a achar que a corrida ajuda, e muito, a perder peso.Na altura quando comecei a correr devia ter cerca de 80 a 80kg. Quando comecei a treinar mais do que duas vezes por semana (com a duração de, pelo menos, 1h de treino) notei logo uma grande diferença no corpo. Comecei a ficar mais seco e definido e a sentir-me mais leve, contudo, a "barriguinha" continuava a persistir e o peso mantinha-se, perdi, no máximo, uns 2 kg. E mesmo com provas oficiais pelo meio a coisa não ia ao lugar.Falei com uma excelente nutricionista, a minha mulher, que me alertou que o fato de correr não me habilitava a comer de tudo e em grande quantidades. Assim ela delineou um plano de dieta, não muito dura (ela conhece-me como ninguém) que, ao fim de dois/três meses me levou a perder uns 5kg. Como é que aliei a corrida à dieta? Fácil. (e aconselho a fazerem o mesmo). Tinha uma prova, a Meia Maratona de Lisboa, que queria fazer com um determinado peso. Assim, à medida que me ia preparando para a prova ia também fazendo a dieta. Nessas semanas o meu corpo foi-se habituando ao novo regime alimentar e só parei de fazer dieta no final de abril (mantive a motivação com a data da Meia Maratona de Almada). No final de maio estabilizei o meu peso (que é o atual) nos 70 a 71kg. Peso que agora tento controlar já sem fazer dieta mas correndo muito e tendo em conta os bons hábitos alimentares.Em suma, começar a correr faz-nos perder alguns, poucos quilos, mas é com a ajuda de novos hábitos alimentares que perder peso que, em conjunto com a corrida, passa a ser um processo relativamente rápido e muito menos doloroso.  Ou seja, se começarem a correr (pelo menos 2 a 3 vezes por semana) e fecharem a boca um pedaço,vão ver que ao fim de três meses são pessoas muito mais saudáveis. E mais rápidas a correr.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D