Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Just Girls: As inscrições estão quase, quase abertas!

just girls.jpeg

Olá meninas!

 

 

Vem aí mais um Just Girls! Apontem já nas vossas agendas: dia 8 de Março (domingo) – Dia Internacional da Mulher.

 

Tal como nas edições anteriores, haverá uma grande festa inteiramente dedicada a vocês!

 

Este treino será organizado pelas nossas meninas do Correr na Cidade Running Crew: Ana Morais, Bo Irik, Carmo Moser, Joana Malcata, Liliana Moreira e Natália Costa.

 

Vão existir vários percursos, com diferentes dificuldades: 10K, 5K e caminhada, e em todos eles, vão ter a orientação das meninas do Correr na Cidade.

 

Desta vez, o treino vai ser junto ao rio em Algés e abriremos, em breve, inscrições para 60 meninas que queiram se juntar a nós na manhã do dia 8.

 

Em breve daremos mais novidades! Estejam atentas!

 

Review: Treino Just Girls

Convidamos a blogger Fiona, que participou no treino Just Girls do passado sábado, para fazer uma review do treino. Como é óbvio, teve toda a liberdade de escrever bem ou mal sobre este treino só para mulheres. Estas são as suas palavras:

 

Por Fiona:

 

"Fui convidada pelo Filipe para fazer a review do treino Just Girls que se realizou, na manhã de ontem (dia 31 de maio) no Parque das Nações, com partida e chegada na loja ProRunner. Como poderia eu recusar este convite?
 
Esta iniciativa, que já vai na sua 5ª edição, não é novidade para mim. Já tive oportunidade de participar em dois destes treinos e as diferenças saltam à vista face ao início destes treinos. Ainda recordo o primeiro em que participei em que éramos em torno de 20 participantes. Na manhã de ontem fomos cerca de 80 participantes!!! Um salto bastante assinalável que apenas vem demonstrar o crescente interesse pela prática da corrida mas também a evolução que o Correr na Cidade tem vindo a demonstrar nos últimos tempos.
 
A boa disposição e a disponibilidade da crew são uma constante e estão presentes desde o primeiro dia. Mas tenho aqui de salientar o claro crescimento da crew... Bem me lembro do primeiro treino Just Girls em que estive presente e em que (julgo!) apenas estavam presentes o Filipe e a Natália para tratar de toda a logística de teste de material Compressport e distribuição das ofertas. Ontem muitas eram já as camisolas da crew que deambulavam entre as participantes e que nos acompanharam durante todo o treino. É, sem dúvida, de dar os parabéns a estes corajosos que demonstram que a corrida em Portugal está para ficar e que existem formas originais de manter aceso o gosto por esta actividade.
 
Estiveram presentes no treino a Sofia Simões, da Compressport, e a atleta de triatlo do Sporting, Katarina Larsson. O treino teve três possibilidades de participação:
- Caminhada, na companhia da Carmo Moser (da crew) e da Cristina Romão (Pro Runner).
- 5 km, com a companhia da Sofia Simões, e das meninas da crew: Joana Malcata e Ana Guerra
- 10 km rápidos e moderados, com a companhia da atleta Katarina Larsson, e das outras meninas da crew: Bo Irik e Natália Costa. 
 
Conforme já referi, teve partida e chegada na loja ProRunner, local onde a animação reinou desde bem cedo, com todas as participantes a poderem trocar experiências e a vestir a camisola cor-de-rosa que nos foi distribuída antes do início do treino. Se era desejada uma mancha cor-de-rosa junto ao rio, ela foi bem conseguida! 
 
Após a distribuição do material para teste da Compressport e do aquecimento, cada participante pode juntar-se ao seu grupo. Eu fui para os 10 km moderados, que estou bem longe de conseguir acompanhar a passada da Katarina Larsson... Pronto, em sonhos sou capaz de lá chegar! O treino desenrolou-se sempre junto ao rio com o ponto de retorno dos 5 km a ocorrer junto ao hotel Myriad, onde estava um membro da crew a indicar a divisão dos grupos. Os 10 km seguiram em frente até um pouco a norte da Ponte Vasco da Gama, onde as participantes tinham oportunidade de ter um abastecimento aos 5 km, feito por dois outros membros da crew Correr na Cidade. De salientar a boa disposição com que éramos recebidas por eles... Tive até oportunidade de discutir a possibilidade de duas "Conchitas" vestidas de cor-de-rosa se juntarem a nós! Obrigada a estes dois membros da crew pelas palavras de apoio e por nos ajudarem a hidratar numa manhã com algum calor.
 
Foi momento de regressar ao ponto de partida... À chegada, tínhamos à espera novo abastecimento e sessão de alongamentos para finalizar uma manhã pautada pelo espírito positivo e pela boa disposição. Sem dúvida, a repetir em breve num treino que ficou prometido que se irá realizar em trail ainda antes de Agosto. Aqui fico a aguardar!
 
Quando o Filipe me convidou para escrever esta review, ficou bem claro que poderia falar mal, se assim o entendesse. Bem... Pontos negativos do treino não tenho a apontar. A única coisa menos positiva que poderia indicar e que, mesmo assim, nada tem de ponto negativo ao treino, foi um comentário que ouvi da parte de algumas (poucas) participantes. Este teve a ver com o facto de se poder não perceber muito bem o percurso na parte em que o grupo dos 10 km estava mais afastado entre si. Mas penso que nem se tratou de um "verdadeiro problema" dado que ninguém se perdeu e rapidamente se percebeu qual era o percurso a fazer. 
 
Como pontos positivos tenho vários:
- A disponibilidade e boa disposição, já referidas, e boa organização deste treino. O número cada vez maior de participantes é um sinal claro do bom trabalho que é feito e do sucesso que estes treinos Just Girls são.
- Dois abastecimentos para um treino, em que a participação é gratuita, é de louvar. Tenho que reconhecer que foi até melhor do que aquilo que já tive em algumas provas em que já participei (e paguei!) e em que ter uma garrafa de água para beber foi difícil...
- Presença de atletas e acompanhamento permanente pelas meninas da crew a mostrarem que a corrida é um estilo de vida e que nos pode fazer encarar a nossa vida de uma forma diferente, sempre positiva e sempre pautada pela entre-ajuda e sorriso na cara.
 
Obrigada, Filipe, pelo convite para escrever esta review. Mas, mais do que isso... E posso aqui escrevê-lo sem qualquer problema pois trata-se de algo que já te disse pessoalmente: obrigada por estes treinos, pela boa organização e pela forma diferente como mostras que a corrida pode (e deve!) ser encarada em Portugal. Que venham mais brilhantes iniciativas como esta e muitos bons momentos para a crew do Correr na Cidade!

 

 

Happy Woman apoia treino Just Girls

Todas as mulheres portuguesas conhecem a revista Happy Woman, uma revista mensal portuguesa, destinada ao público feminino. Apresentando conceitos inovadores, a publicação ocupa o primeiro lugar das revistas mensais femininas mais vendidas em Portugal. Na verdade, foi a revista que mais vendas mensais conseguiu nos últimos 20 anos.

 

Apresenta internamente sete eixos:Privado, Auto-Estima, A Dois, Alimentação, Júnior, Saúde e Check-Out. Mensalmente, a revista oferece vouchers e descontos em diversas categorias como beleza, sáude, restaurantes, hóteis, spas, moda, entre outros. A revista descreve mensalmente o percurso da mulher moderna, cosmopolita, aspiracional, que sabe o que quer e que, certamente, quer mais da vida.

 

É para estas mulheres que o Correr na Cidade organiza os treinos Just Girls. Assim, a revista Happy Woman será distribuída pelas participantes do próximo Treino Just Girls, às mulheres Happy!

Like The Wind: uma nova revista de running

É em língua inglesa. É muito bem feita. E é linda de morrer. E, a meu ver, é a revista que faltava ao running. Falo da revista "Like The Wind"  lançada em Fevereiro no Reino Unido.

 

A revista é uma coleção de histórias sobre corrida, desde a pista, o trail ou a estrada. Há, no primeiro número, contos verdadeiramente inspiradores e fotos e ilustrações fantásticas. Pelo menos foi o que consegui perceber pelo que investiguei.  Além disso, a revista é impressa em papel certificado pela Forest Stewardship Council para garantir a sustentabilidade dos recuros naturais gastos na produção da mesma.

 

 

A revista é feita por uma equipa de apaixonados pela corrida. E, segundo os próprios foi criada para partilhar e ser motivado pelas histórias de outros corredores, e não tanto os aspetos técnicos - como equipamento e sapatihas - mas mais sobre o espírito que marca este desporto e que apaixona cada vez mais pessoas em todo o mundo.

 

Como jornalista e verdadeiro "amante" dos objectos que são as revistas é para mim uma verdadeira excitação esta descoberta. Quando lancei a revista Skywalker (que por falta de fundos não avançou para o papel - e que pela mesma razão está congelada) os meus propósitos passavam por esta ideia de publicar textos, contos e testemunhos sobre corrida, e menos as razões técnicas da corrida. A Like The Wind é isso, histórias de corrida.

 

Aliás, os mais atentos que seguem o Correr na Cidade sabem que os nossos conteúdos valem mais pelas histórias que aqui contamos do que pela informação técnica que disponibilizamos  (que também achamos importante, desde que não extensa). 

 

Felizmente, a LikeThe Wind está disponível para compra online. E um exemplar - pelo menos- já vem a caminho de Portugal.

 

E aqui deixo-vos o vídeo com os autores e contribuidores da Like The Wind:


)

O que é uma running Crew (parte 4)

Por Bo Irik:

 

Como sou uma mulher muito prática e não tenho muito jeito para escrever coisas românticas, para responder a esta questão, recorri a uma "lista de compras" baseada na minha experiência recente de pertencer a uma crew:
- Ser a caçula desta nova família em vez de ser a irmã mais velha que estou habituada a ser.
- Partilhar boas práticas, experiências positivas e menos positivas, objetivos, e outros assuntos relacionados com a corrida on e offline.
- Conhecer o melhor restaurante de sushi e arredores, ah e o melhor restaurante de picanha também (qual o próximo prato?).
- Inscrever-me em apenas duas provas por mês mas acabar por fazer quatro.
- Usar a t-shirt da Crew em eventos e haver pessoas que a reconhecem e comentam, com muito orgulho meu.
- Esperar ao frio até a chegada do último membro da crew numa prova, enquanto os meus amigos de outros grupos de corrida estão a comer um bolo de aniversário;
- Experimentar o Cross Fit, um exercício excelente para complementar a corrida, mas não em véspera de uma prova com mais de 20K (!).
- Treinos semanais onde a união é tão forte que no treino passado, houve mais gente a não correr por motivos de lesão do que a correr, mas estivemos lá a dar força uns aos outros.
- Horários incompatíveis com os treinos semanais por motivos de jantares e outros compromissos sociais que me fazem correr tão rápido para chegar a horas do treino até ao ponto de criar uma bolha gigante no pé e nem poder participar no treino (lol).
- Envolvimento nos treinos Just Girls nos quais participei com muito gosto o ano passado e agora faço parte da organização.
- Sair do trabalho e ter não sei quantas chamadas por fazer para angariar apoios e organizar outros assuntos relacionados com a Crew e sentir-me uma verdadeira RP.
- Perspetiva de um fim de semana brutal no fim do mês, em que cinco membros da Crew irão participar no Trail do Piódão, ficando duas noites num apartamento na região, de forma a poder explorar a natureza e gastronomia local.
Em poucas palavras, e tal como já foi dito por outros membros, uma Crew é uma família de "loucos que correm" onde reina a união, motivação mútua e, acima de tudo, a diversão!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D