Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Unboxing: Reebok One Cushion 2.0 - versão mulher II

IMG_20150228_165932.jpgPor Bo Irik:

"Coloridos, vivos e com muito estilo" foram as palavras que Natália usou para descrever os novos Reebok One Cushion 2.0, modelo para mulheres.

 

Segue, agora, o unboxing do modelo One Cushion 2.0 com as cores de Primavera/Verão 2015 da Reebok, cor denim/white/yellow/bue. Já calcei os ténis no treino no Parque das Nações em parceria com o Azores Trail Run, e foi a primeira vez que calcei Reebok para estrada. Confesso que a primeira impressão foi muito positiva, mas terei que "queimar" um pouco mais de asfalto para aprofundar a minha Primeira Impressão acerca dos One Cushion, aqui no blogue.

 

Para já, fica o unboxing:

 

IMG_20150228_165951.jpg

IMG_20150228_170019.jpg

IMG_20150228_170049.jpg

IMG_20150228_170106.jpg

IMG_20150228_170134.jpg

IMG_20150228_170156.jpg

Primeira Impressão e review em breve, aqui no blogue!

Boas corridas!

 

Unboxing: Reebok One Cushion 2.0 - versão mulher

Por Natália Costa:

Coloridos, vivos e com muito estilo. Estes são os novos Reebok One Cushion 2.0, modelo para mulheres. Já tinha tido a oportunidade de correr com a versão anterior deste modelo. Agora vou poder comparar se existiu uma evolução (ou não). Mas, em primeiro lugar, publico as fotos do respetivos unboxing:

Reebok Nat 1

Reebok Nat 5

Reebok Nat 10

Reebok Nat 2

Reebok Nat 3

Reebok Nat 4

Reebok Nat 8

Reebok Nat 6

Reebok Nat 9

 

 

 

Os meus primeiros 21K!



Por Ana Sofia Guerra:

 

Há algumas semanas que andava ansiosa para participar na Meia Maratona de Lisboa deste ano. Não porque tivesse intenções de fazer os 21kms, mas porque nunca tinha feito aquela prova a correr. Mas, a cinco dias da Meia Maratona, eu consigo fazer o meu primeiro treino de 15km com a ajuda das minhas companheiras de luta Natália Costa e a Joana Malcata. Depois deste treino tomei a decisão: vou arriscar e fazer os 21kms! Como seria a nossa vida se não arriscássemos de vez em quando?

 

No dia seguinte andei “colada” ao telemóvel na esperança de arranjar um dorsal para a prova e consegui! Interpretei isto como um sinal de que tinha mesmo de ir! Os dias seguintes foram intensos e tive imenso apoio de amigos e pacientes que acreditavam que eu iria conseguir.

 

E eis que chega o dia da prova. Às 9h05 já eu estava à espera dos outros elementos da nossa Running Crew e estava muito nervosa. Antes do tiro de partida definimos a nossa estratégia: o trio manter-se-ia unido e ao ritmo dos nossos treinos. O objetivo não era melhorar o nosso ritmo, mas sim chegar à meta.

 

Quando soou o sinal de partida, lá fomos nós. A aventura começara. E, como acontece sempre nos meus treinos, os primeiros 2kms são uma tortura. Estou sempre a pensar em desistir e a perguntar o que estou ali a fazer. Mas depois de passar a Ponte 25 de Abril mentalizei-me que tinha de chegar ao fim, de que era capaz de fazer melhor do que aquilo. O calor começava a apertar e a necessidade de beber água era mais do que evidente. Ao longo de todo o percurso reconhecemos algumas figuras de outras corridas e o facto de termos o nosso nome escrito nas costas da T-shirt da Running Crew fez-me sorrir cada vez que gritavam os nossos nomes e diziam algumas piadas.

 

Um dos momentos mais difíceis para mim foi ver a nossa Joana a lutar contra o calor e as tonturas que tomaram conta dela. Após um sinal para saber se ela estava bem, eu e a Natália seguimos em frente. Eu sabia que a Joana não ia desistir. E assim foi!

 

A passagem junto à meta quando íamos a caminho de Algés distraiu-me de tal forma que tropecei numa grade que lá estava e quase caí. Valeu a pena o susto, fez-me voltar à concentração inicial. Neste percurso cruzámo-nos com os nossos amigos a correrem em direção à meta, o Filipe Gil e o filhote a puxarem por nós e o Nuno Malcata a tirar fotografias para marcar aquele momento glorioso. O apoio de todos eles foi fundamental.

 

Os últimos quilómetros foram os mais difíceis devido ao calor que estava na altura e pelo facto de ver a Natália a ficar mais cansada e com dores nas pernas. Fisicamente sentia-me um pouco cansada, mas eu queria chegar ao fim. Eu não queria desistir e ela também não. Durante os nossos treinos é ela que puxa por mim, mas desta vez fui eu que puxei por ela: “já faltou mais, estamos quase lá!”. A uns meros 50 metros da meta foi a surpresa: não para mim, mas para a minha mãe e para o meu primo Marcelo que fizeram questão de estar lá para tirar uma fotografia da minha chegada, mas não conseguiram porque “passei por eles rápido demais”. A vontade de passar a meta era enorme.

E o momento “UAU” foi ter tirado uma foto com a Natália na chegada à meta, de mãos dadas e ambas com um sorriso enorme de termos terminado os nossos primeiros 21km! Foi uma prova fantástica e que ficará na memória como a minha primeira Meia Maratona!

 

Celebrar o dia da mulher a correr



"Simpatiquíssimas, super acessíveis perguntando ao longo do treino como nos estávamos a sentir, sempre disponíveis e com sorriso na cara contagiando boa disposição e animação ao longo da corrida".

 

 

A frase acima é de uma das participantes no treino Just Girls que a Crew do Correr na Cidade organizou no passado sábado, 8 de março, Dia Internacional da Mulher. E foi a resposta à avaliação da assistência durante o treinos dos membros do Correr na Cidade, mais concretamente as nossas corredoras (Carmo, Joana, Ana, Natália e Bo) e das atletas profissionais (Katarina e Sofia) que acompanharam constantemente as nossas corredores convidadas, fosse a caminhar, a correr mais devagar ou mais depressa. 

 

E são estas frases que nos fazem continuar a organizar os treinos Just Girls (que irão voltar antes do verão). A paixão pela partilha de uma vida saudável onde a corrida faz parte do nosso dia-a-dia é a nossa motivação. É também por isso que acreditamos que eventos não massificados são mais eficazes, é a marca diferenciadora do Correr na Cidade.

 

 

Mas falando do treino propriamente dito, cheguei com a minha mulher e o filho mais velho (que fez as delícias das participantes com as suas piadas) perto das 9:10 ao local onde já estavam corredoras vestidas de rosa à nossa espera. Felizmente já os restantes membros da Crew estavam a dar as boas vindas. Depois de um compasso de espera, lá se fez o aquecimento,  da responsabilidade da Sofia Simões da Compressport, e passados poucos minutos as meninas seguiram para o seu percurso - a caminhar, a correr os 5K e a correr os 10K.

 

Eu e o resto da equipa masculina ficámos a tratar dos gifts, enquanto os dois fotógrafos profissionais (o Nuno e o Bruno) foram para locais onde as corredoras passavam. Mal acabamos de colocar o gifts no último saco, chega a Sofia com as primeiras corredoras dos 5K. Foram super rápidas! Aconselhei-as a experimentar, numa próxima edição, os 10K - estão mais que preparadas!  E enquanto não chegavam as participantes da caminhada e dos 10K foram aquecendo "chefiados" pela Sofia e pelo meu filho Vicente.

 

Depois as restantes foram chegando aos poucos, ora acompanhados pela Katarina Larsson ora acompanhadas pelas corredoras do Correr na Cidade. Inclusive a mais atrasada de todas que quis correr os 10K e que foi acompanhada por um dos nosso elementos até ao fim, com o Correr na Cidade ninguém fica para trás!

 

 

No final distribuímos os gifts que as marcas que se associaram a nós nos facultaram. Da Henkel à Rexona, da loja Girassol (com os produtos Gold Nutrition) à revista Happy Woman da bebida Cocomax, ou ainda a Antistax. Pequenas amostras que serviram de "mimos" para as mulheres corredoras que passaram um sábado de verdadeira primavera junto de nós. O nosso obrigado a estas marcas.

 

E aqui ficam mais fotos desta feita da autoria do Bruno Veiga. Publicamos estas no blogue, mas há muitas mais no Facebook do Correr na Cidade, aqui


E podem, e devem, conhecer melhor o trabalho do Bruno Veiga visitando o seu Facebook profissional aqui. Boas corridas e aguardem novidades das Just Girls em breve.

Girls Own the night

Em vésperas de Just Girls, o blogue Correr na Cidade vai dedicar a maior parte dos seus conteúdos às mulheres. Será a semana delas! Começamos com este vídeo das corridas/treinos We Own The Night, da Nike Running, que se realizou em 2013 em várias cidades europeias (Milão, Londres, Amesterdão, Berlim e Paris) e que este ano voltam a realizar-se. Para quando ter em Lisboa um evento assim?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D