Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Treino dificil

20130830-233519.jpgJá de regresso a Lisboa, e com algum tempo para treinar, e ainda antes de fazer um resumo das corridas das férias, decidi treinar uma distância superior ao que tenho feito habitualmente, os 10K, e correr cerca de 14K ou talvez mais, com o intuito de preparar a Meia Maratona da Sport Zone, no dia 15 de setembro.Mas não consegui ir além dos 14K. O fato de ter acordado muito cedo e ter dormido pouco poderá ter influenciado. Mas foi a cabeça e, sobretudo as pernas que me faltaram. Aliás, estou a escrever este texto com os pernetes da Compressport colocados para recuperar da fadiga muscular.Mas esta sexta, apesar da média não ser assim tão má para aquilo que fiz nas últimas Meias (em Março e Abril) muita coisa atrapalhou. Os ténis escolhidos não foram os certos. Este modelo é ótimo para fazer distâncias mais curtas (até 10K) e corridas mais rápidas, não para treinar distâncias um pedaço maior. A partir do Km 11 comecei a sentir um roçar incomodativo no pé direito.20130830-233503.jpgTambém decidi experimentar um novo gel e escolhi o da Power Gel, comprado na Decathlon. Odiei. Estava à espera de algo doce e calha-me algo salgado, muito espesso e que só não cuspi imediatamente porque queria ver o seu efeito. Este nem de placebo fez. Fez sim, retirar e beber a quase totalidade da água que levei no cinto da marca Kalenji da Decathlon.20130830-233527.jpgMesmo mais leve – sem a água nas costas – e sem tantos solavancos no fundo das costas provocados pelas garrafas de plástico do cinto, comecei a sentir-me muito cansado, enjoado com a tal mistela, e muito a custo e mais lento (5:50) não consegui fazer mais dos 14k. E fiquei com tanta sede que tive de entrar num café e comprar mais meio litro de água.Por curiosidade, e como fiquei ainda a uns 3K de casa, corri um pouco mais, mas aquilo que fiz durante uns escassos metros não se pode designar de corrida. Cansado, desisti por completo.Há mais treinos a fazer, sobretudo treinos de séries, de subidas e mais uns três ou quatro treinos longos, para estar apto no dia 15 de setembro para fazer uma boa Meia Maratona na Invicta. Para compensar o jantar foi de comida nepalesa e terminei a refeição com um maravilhoso Kulfi de Manga.20130830-233510.jpg

Review de Produto: Meias Compressport UR2

Tenho andado a experimentar umas meias de compressão da Compressport que a marca me cedeu, mais concretamente o modelo UR2 – Ultra Race & Recovery. Já fiz algumas corridas com elas, aproximadamente 40 Km, e tenho uma ideia muito definida da sua utilização. Eis a minha “review”:corrernacidade_compressport2Corridas curtas:Confesso que aqui não notei muito diferença a usar este tipo de meias. Sim, senti algum conforto mas acho que foi algo mais psicológico do que físico. No decorrer da corrida, propriamente dita, não achei grandes diferenças. Para corredores desta distância o uso destas meias irá ser mais diferenciador se correrem mais de três vezes por semana e mais de 30 Km/semana.Corridas longas:Como nunca corri a distância da Meia Maratona (ainda), para mim corridas longas são a partir dos 14 km. E aqui as meias já começam a fazer diferença. Há uma certa leveza que perdura quando corremos com este tipo de meias. Parece que as pernas demoram mais tempo a ficar pesadas. Tenho planeado fazer algumas Meias Maratonas em 2013 e nelas irei usar, certamente, estas meias de compressão.Recuperação:Foi aqui que as meias brilharam. Usei-as para recuperar de uma corrida mais longa (16,4 km), para me sentir melhor com uma dor chata que tinha no gémeo esquerdo e para descansar as pernas antes da prova da São Silvestre de Lisboa. E nesta recuperação percebi a grande diferença que fazem estas meias. Usei-as por debaixo das calças, no meu dia-a-dia, com intervalos de 3 a 4 horas de uso, com outras tantas de descanso. É na recuperação que percebemos toda a tecnologia que estas peças têm – pelo menos este modelo.Em suma, não é fácil, nos tempos que correm, despender 45€ por um par de meias de compressão. Mas é um investimento que será útil sobretudo ao corredor que faz distâncias acima dos 12K ou que treina, por semana, mais de 30K.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D