Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

1ª Impressão: ASICS Fuji Sensor 3

Primeira impressão: lindos! Adoro esta combinação de cores vivas!

 

Segunda impressão: são pequenos. Pois é, com muita pena minha, na primeira vez que os calcei senti logo que seriam um pouco justos, nomeadamente no pé direito. É estranho e chato porque já tenho 3 modelos da marca e sempre usei o 25,5cm, inclusive no modelo Fuji Trabuco com os quais já fiz provas de trail mais longas. Como estava certa do número que calçava, nem me dei ao trabalho de ir experimentar este modelo à loja. Erro meu.

 

Usei-os Sensor num treino de 10km pela cidade onde se comportaram bem nos vários tipos de piso, nomeadamente na calçada. Nesse treino, embora com algum desnível, o facto de serem justos não me incomodou nem ameaçou a criação de bolhas. No segundo treino, o treino Into the Wild de Agosto pelos trilhos de Monsanto, também gostei das sapatilhas, mas já sentia um ligeiro desconforto no dedo do pé maior nas descidas… que pena… Mas nada de bolhas e no dia seguinte ao treino os pés estavam impecáveis. Os meninos da crew alertaram-me que em descidas mais técnicas arrisco-me a perder as unhas com os ténis justos… MEDO!

 

Vou ver se os ténis alargam um pouco, caso contrário, continuarei a usá-los em treinos com pouco desnível. Na verdade, sempre preferi ter os ténis justos do que tê-los a boiar nos pés. Vejamos…

 

No que toca às primeiras impressões e ignorando o tamanho, são relativamente pesados. Normalmente prefiro ténis mais leves e flexíveis. Na verdade, não são muito flexíveis, considero-os bastante rijos até. Vamos ver se se “partem” à medida que for fazendo mais km. Em termos de estabilidade parecem-me muito bons e penso que seria a sapatilha indicada para fazer distâncias maiores. Agarram-se bem ao terreno mais arenoso que caracteriza o Monanto e também se comportam bem em ambiente City Trail. Não sei como se irão dar com a água e percursos com mais pedra, o futuro o dirá.

 

Há por aí quem tenha experiência com este modelo da gama Fuji da ASICS? Que tal?

Unboxing: ASICS Fuji Sensor 3

Os meus primeiros ténis de corrida foram da marca ASICS e desde então já usei mais dois modelos. Nos trilhos adoro os meus Fuji Trabuco e agora que ando mais viciada nos trilhos vou ter a oportunidade de experimentar os ASICS Fuji Sensor 3. Esta sapatilha promete conforto em treinos mais longos. Ainda bem porque o dia 18 de Outubro, dia dos 42km no AX Trail, está cada vez mais próximo! :D

 

Já treinei com os Fuji Sensor 3, num treino de trilhos urbanos. Esta semana irei levá-los a Monsanto e partilharei as primeiras impressões dentro de alguns dias. Por enquanto, aqui fica o unboxing.  

 

 

 

 

 

 

Review: Asics Gel Cumulus 15 - para distâncias maiores.

Por Natália Costa:

 

Pela primeira vez tive a oportunidade de experimentar uns Asics, uma das marcas mais famosas entre os corredores.Já tinha observado várias vezes os muitos corredores e corredoras que usam esta marca. A mim, dentro da parceria que o Correr na Cidade fez com a marca para o treino Just Girls do passado mês de maio, calhou-me os Gel Cumulus 15.

 

Para além dos treinos regulares, onde corro sempre entre 9 a 12K, fiz com este modelo o treino das Just Girls, acima referido e ainda uma prova: a Scalabis Night Race.

 

Na minha opinião, e depois destas corridas todas (cerca de 50K) posso indicar que são umas sapatilhas muito leves, altamente respiráveis.

Possui uma rede na zona frontal que permite ao pé respirar muito melhor. Contudo, a nível de design acho-os pouco atrativos, as cores, branco e laranja não são as cores que mais gosto...

 

 

Sem entender muito de sapatilhas, o que me apercebi é que têm um reforço na zona posterior do pé, isto é no calcanhar, o que faz com que eu naturalmente vá bater primeiro no chão com o calcanhar, pois o peso e a sua estrutura deles assim me obriga. Como tenho, na maioria das vezes, experimentado sapatilhas mais minimalistas, confesso que não gostei muito da sensação, mas acho que é uma questão de hábito.

 

Apesar de não ter feito treinos muito longos, a sua estrutura leva-me a arriscar a escrever que este tipo de sapatilhas devem tornar-se mais interessantes em provas mais longas, como por exemplo, uma meia maratona.

 

Como referi anteriormente, sou uma grande adepta de sapatilhas minimalistas, porque gosto de sentir o chão quando vou a correr, e porque parece que faço menos esforço e tudo flui mais naturalmente. Mas em provas ou treinos superiores a 12 km, confesso que é deste género de sapatilhas como as Cumulus 15, que as corredoras necessitam - no meu caso ainda mais pois preciso de mais suporte para o meu pé e mais estabilidade a agravar o facto de sofrer da coluna e o Gel dos Cumulus serem uma grande ajuda para distâncias maiores.

 

Pontos positivos:

Suporte
Conforto

Respirabilidade
Resistência

 

Pontos negativos:

Design
Muitos cm de drop no calcanhar
Peso excessivo para provas ou treinos curtos

Observação final: estou "viciada" em ténis minimalistas (4mm de drop) e isso condicionou a minha apreciação deste modelo da Asics. Apesar dos 50K já feitos ainda não me habituei a eles. Tenho consciência que, como meu nível de treinos, é arriscado fazer uma Meia Maratona, ou distâncias superiores, em minimalismo, por isso a minha próxima Meia Maratona será com os Cumulus calçados. Assim, só os posso aconselhar a quem quer treinar ou correr distâncias maiores, onde poderão usufruir de toda a inovação que a marca aposta neste modelo. Para distâncias mais curtas, a Asics tem modelos mais interessantes. Boas corridas.

 

Review: ASICS Gel - Pulse 5

 

 

Por Bo Irik:

 

Os meus ASICS Pulse 5, desenhados para corredores neutros, já levam uns belos kms, muitos mais do que esperava correr com eles inicialmente. A primeira impressão foi: “Parece que estou a andar de saltos altos!”, pois já me tinha habituado a ténis mais minimalistas como os Skechers e Salming (com um drop de apenas 5mm) e estranhei muito de início (tal como podem ler aqui).

 

Habituei-me rapidamente ao que parecia ser um excesso de peso e amortecimento pelo que acabei sempre por preferir os Pulse em treinos onde sabia que o piso iria ser mais irregular. Assim, nos treinos de trilhos urbanos, de Subidinhas e Escadinhas (do João Campos) e até nos trilhos mais “light” em Monsanto sempre optei pelos Pulse que se têm demonstrado muito bons para este tipo de piso. Em treinos e corridas em piso 100% alcatroado ou pista, para mim os Pulse são demasiado pesados e prefiro usar ténis mais minimalistas.

 

Embora estas sapatilhas sejam consideradas “Training Shoes”, também as usei em prova. Na verdade a primeira oportunidade de usar os ténis foi na Scalabis Night Race, onde se comportaram bem, num piso misto entre calçada portuguesa e alcatrão. Acho que, apesar de serem relativamente pesados, seriam a minha escolha em provas que envolvam calçada portuguesa, onde se agarram bem (costumo fazer provas de 10K pouco abaixo dos 50min).

No treino Correr e Ler com o Luís e a Patrícia | No treino do "Gang das Quartas" com a Rute (foto por Marco Borges)

 

Segue a minha apreciação final, sem entrar em grandes especificidades técnicas (que podem ser detalhadamente consultadas aqui). 

 

Pontos positivos:

# Conforto; os meus pés sentiam-se bem aconchegados no sapato – nada de bolhas;

# Bastante espaço para os dedos do pé (também na largura);

# São indicados para a calçada portuguesa, ou seja, ótimos companheiros em City Trail;

# Gosto do formato dos cordões, são fáceis de atar e a sua dimensão permite usar bem os furos adicionais para permitir ainda maior conforto;

# Preço; são dos ténis com melhor relação qualidade / preço da ASICS.

 

Pontos negativos:

# Peso e excesso de drop, na minha opinião;

# Design; embora goste da cor, os detalhes a laca, para mim, são demasiado girly!

# A língua é um  pouco espessa e grande;

# Apesar de o número ser o mais indicado para mim, o aspeto deles no pé não é muito elegante. 

 

 

Em poucas palavras: gosto. Tenho escolhido usar estes ténis com uma maior frequência daquilo que esperava inicialmente. Acho que são muito indicados para quem necessita de mais amortecimento e gosta de ter os pezinhos aconchegados. Feita esta review final, é certo que continuarei a usá-los em treinos e corridas que envolvam um piso mais irregular e distâncias maiores.

 

Obrigada à ASICS e aos nossos leitores: boas corridas e até breve!

No treino do "Gang das Quartas" (foto por Marco Borges)

Unboxing: Asics Gel Cumulus 15

 

E apresentamos o unboxing do modelo Asics Gel Cumulus 15 que a marca nipónica nos forneceu para testar. O entusiasmo foi tanto que a Natália, a corredora que os está a testar, uso-os antes mesmo de se conseguir fazer as fotos do unboxing, daí a sola estar suja de já ter sido usada em um treino e numa corrida, pelo menos. De qualquer forma, aqui fica o unboxing a que se seguirá o texto das primeiras impressões e, depois de uns quilómetros a review final.

 

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D