Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Será que sou sedentário?

sedentarismo2-620x372.jpg

Por Ana Sofia Guerra

 

Há já algum tempo que estava para escrever este artigo e tocar num ponto em que há muita discórdia e algum desconhecimento. Eu mesma tive alguma dificuldade em encontrar uma boa bibliografia para poder discutir melhor este tema - o Sedentarismo!

 

É certo e sabido que a evolução da tecnologia, a facilidade de transporte, o acesso rápido à alimentação (nem sempre saudável, claro) e alguma dose de preguiça, tiveram um impacto enorme nas sociedades modernas. Como consequência, há cada vez mais pessoas com obesidade (30 % dos portugueses são obesos), doenças cardiovasculares e diabetes tipo II. E todas estas doenças podiam ser prevenidas ou controladas com uma actividade física regular. 

O que muitos não sabem é categorizar a atividade física que praticam. Tendo em conta a minha experiência como nutricionista, há muitas pessoas que vão ao ginásio e que não deixam de ser sedentárias. E agora devem estar a pensar: o quê? Como é que isso é possível?

 

 

Segundo um trabalho do sr. Sjostrom et al. (2006): são sedentários todos aqueles que não atingem a baixa actividade física, ou seja, 30 minutos a andar por dia ou a participar numa actividade de intensidade moderada em 5 ou mais dias da semana ou 20 minutos de actividade de intensidade vigorosa em 3 ou mais dias.

Portanto, se vão ao ginásio 2 vezes por semana para fazerem 20 minutos de passadeira, então continuam a ser sedentários. 

Sedentarismo2.jpg

De acordo com o Livro Verde da Actividade Física, para se ser suficientemente activo na idade adulta, tem de acumular 150 minutos por semana de atividade física moderada (30 minutos por dia, 5 dias por semana) ou 60 a 75 minutos por semana de actividade aeróbica de intensidade vigorosa (20 a 25 minutos por dia, 3 vezes por semana) ou uma combinação dos dois. 

 

A actividade física ajuda a diminuir a pressão arterial, melhora o nível de colesterol HDL (o popular "bom colesterol"), controla a glicémia (glucose no sangue), melhora e impulsiona a mineralização óssea (sim, a osteoporose pode ser controlada com o exercício físico de impacto ligeiro) e reduz o risco de vários tipos de cancro (como o cancro o cólon). 

 

Posto isto, é importante que avalie a actividade física que pratica e, caso tenha alguma dúvida, informe-se junto a um preparador físico ou contracte um personal trainer. Se é um atleta que corre 10 Km 3 vezes por semana, então não é considerado sedentário. Se tem algum daqueles problemas de saúde e gostava de começar a correr, então consulte o seu médico e faça um check-up completo para saber se está apto para começar a treinar, consulte um nutricionista para reorganizar o seu plano alimentar e comece a correr devagar. Se quiser companhia para correr, junte os seus amigos ou junte-se a uma running crew como a nossa.

chi-running-pic.jpg

 

 

 

6 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D