Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correr na Cidade

Review Merrell Capra Sport

IMG_1183.JPG

Modelo: Merrell Capra Sport

Testado por: Tiago Portugal

Condições de teste: Cerca de 30k em trilhos técnicos e 30k em trilhos menos técnicos de terra batida, com alguns pedaços em alcatrão. Testado com sol, chuva e lama.  

 

Fiquei entusiasmado quando a Merrell me disse que ia poder testar a nova aposta da marca os Merrell Capra Sport. Visualmente este modelo é muito diferente de todas as outras sapatilhas que tenho, sendo que parece mais uma bota de montanha do que uma sapatilha de corrida. De acordo com a marca os Capra são inspirados nas cabras montanhesas, animais conhecidas pela sua agilidade na escalada de montanhas.

 

Utilizei os Capra Sport em 4 ocasiões, 2 vezes em sintra, num treino de 17km e noutro mais curto, na 1.ª etapa do Gerês Trail Adventure, 12k e num percurso de 10km por Monsanto. O que totaliza ao todo cerca de 60km de corrida com estas sapatilhas.

 

De acordo com a Merrell este modelo define uma nova categoria, o Speed Hiking, mas queria testá-los noutros ambientes e saber se os posso utilizar em corridas ou treinos por trilhos e em qualquer distância.

 

60km talvez seja considerado pouco para fazer uma review final mas ao fim de 4 utilizações nas mais diversas condições acho que as considerações que tenho agora serão as mesmas daqui a outros 60km com este modelo.

 

Design e Construção

 

À primeira vista os Capra não parecem uma sapatilha de corrida. A sua construção e robustez fazem lembrar as tradicionais botas de montanha e ficamos com a sensação se estas sapatilhas serão as mais indicadas para correr. Como referido a inspiração deste modelo está nos cascos das cabras montanhesas sendo isso particularmente visível no formato e design da sola, que tem uma divisão acentuada entre a zona frontal e traseira, com um desnível entre as duas partes que nunca tinha visto.

 

Os materiais utilizados na construção são de excelente qualidade, parte superior em couro sintético e malha ventilada, e ao fim dos testes efetuados as sapatilhas não tem nenhum sinal de desgaste.

A nível de cores a conjugação do azul com o verde resulta muito bem e torna o sapato um pouco menos pesado, em cores escuras sobressai mais o seu aspeto robusto.

 

IMG_1179.JPG

 

Conforto

 

Como já referi, este modelo parece mais uma sapatilha de montanha e são duros, cerca de 380 gramas, e pouco maleáveis ao início, mas “partem” com muita facilidade e com o tempo ficam muito mais flexíveis.

 

Os trilhos da Serra de Sintra foram os escolhidos para experimentar os Capra e apesar de inicialmente estranhar um pouco a dureza e o calçar os quilómetros iniciais foram feitos num constante sobe e desce que deu para testar a tração e estabilidade deste modelo. Nesse aspeto nota muito positiva.

 

Ao fim de 10km com eles calçados começaram-me a incomodar um pouco, não são propriamente umas sapatilhas leves e apesar de não ser um corredor dos mais rápidos, os Capra não respondiam com fluidez às mudanças de velocidade e direção, apesar de já estarem mais flexíveis ainda os considero um pouco rijos. O fato de serem um pouco mais altos do que o normal ajuda a que não entrem tantos detritos para dentro das sapatilhas.

 

Na 1.ª etapa do GTA 2015 senti ao fim de poucos quilómetros uma ligeira dor na zona plantar de ambos os pés, sensação que persistiu ao longo da etapa. Tendo eu um arco plantar alto necessito de um pouco mais de suporte do que o normal e em alguns caso de umas palmilhas que me deem esse suporte, sendo que as utilizadas neste modelo são finas e lisas.

Uma coisa que temos garantidamente com este modelo é proteção. Não precisamos de nos preocupar com o fato de pontapear pedras ou rochas, desde que não sejam pedregulhos, pois os dedos dos pés estão bem protegidos com uma ponteira dura em borracha.

 

Estabilidade e Aderência

 

Nesta matéria os Capra brilham intensamente, a sola Vibram® MegaGrip faz jus ao nome, em todo o tipo de piso onde testei este modelo a tração e a aderência foram sempre fantásticas. Seja em terrenos mais arenosos, relva, asfalto, pedras, tempo seco ou com chuva estas sapatilhas transmitem segurança e confiança. Basta uma descida para percebermos que não precisamos muito de nos preocupar onde por o pé, onde quer que seja a sola Vibram Megagrip vai corresponder.

 

Outra característica que salta logo à vista é a configuração dos tacos, apesar os 3,5mm de profundidade dos mesmos, a zona frontal é diferente do resto da sapatilha, fruto também da fonte de inspiração deste modelo. Durante as subidas o formato peculiar da sola resulta muito bem e o pé encaixa perfeitamente no contato com o solo permitindo uma passada segura e forte.

 

Em termos de estabilidade não tenho nada a apontar, o pé encaixa bem dentro deste modelo, o sistema de ajuste dos atacadores funciona bem e sentimos o pé preso sem estar demasiado apertado. A língua interior é boa, não incomoda nem sai do sítio, tudo o que se pretende.

 

A utilização de almofadas de ar no calcanhar (Merrell Air Cushion) permite absorver os impatos ao mesmo tempo que aumenta a estabilidade, o fato de terem um calcanhar elevado, à semelhança das botas de montanha, ajuda também a estabilizar pé, mas pode incomodar quem não está habituado a esta tipologia de calçado. 

 

IMG_1181.JPG

 

Amortecimento

 

Apesar do seu aspeto mais robusto e da utilização do sistema UniFly na entressola (permite dispersar os impactos e proporciona estabilidade extra para decolagens sólidas) o amortecimento dos Capra não é exagerado.

 

Para quem gosta de sentir o chão e ter a sensação de contato este modelo apesar do amortecimento favorece essas sensações, em alguns casos para mim até se sentem demasiado as pedras na sola do pé.

 

 

Preço

 

Este modelo tem um preço de venda ao público de 109,90 €.

O valor enquadra-se dentro do praticado e justificam o valor se soubermos exatamente aquilo que pretendemos fazer com sapatilha, montanhismo, Speed Hiking, e em alguns casos trail running.  

Este modelo está disponível nas lojas próprias da marca espalhadas pelo país.

 

Avaliação Final

Design e Construção: 14/20

Conforto: 13/20

Estabilidade e Aderência: 18/20

Amortecimento: 15/20

Preço: 14/20

Total: 74/100

  

IMG_1182.JPG

 

Serão estes Capra feitos para correr em trilhos? Acho que não será onde brilharão mais, e mesmo a Merrell afirma no seu site que este modelo é mais para a prática de Speed Hiking.

 

Dão para correr? Claro que sim. Como pontos positivos tem a fantástica sola Vibram Megagrip, o pé está seguro e estável dentro das sapatilhas e a proteção dos dedos é das melhores que conheço.   

 

Faltam-lhe algumas características para serem umas sapatilhas para correr durante 20-30km por trilhos e certamente não será o modelo certo se pretendem ir rápidos.

 

Mas se pretende fazer montanhismo, subir uma qualquer encosta de forma rápida, ou privilegiam a proteção e estabilidade e não se importam com velocidades os Merrell Capra podem ser uma boa aposta.  

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D