Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Review: Merrell All Out Terra

20151212_100116026_iOS.jpg

Modelo: Merrell All Out Terra

Testado por: Bo Irik e Nuno Malcata

Fãs confessos dos modelos da Merrell para os trilhos a Bo Irik e o Nuno Malcata  testaram nas últimas semanas o modelo mais recente da marca para trail, os Merrell AllOut Terra, na versão feminina e masculina.

 

Esta nova aposta da Merrell, os All Out Terra Trail, são muito parecidos aos All Out Peak mas têm uma diferença engraçada: têm uma meia incorporada para evitar a entrada de areia e pedrinhas no sapato. Tanto o Nuno e a Bo ja partilharam a sua primeira impressão e está agora na hora de partilhar a review final.

 

Características pessoais:

 

Bo: Pronadora, com maior preponderância no membro inferior direito, peso médio e com um arco plantar elevado.

Nuno: Passada Neutra com tendência a pronação ligeira, peso elevado.

 

Condições de teste:

 

Bo: Mais de 100km percorridos em trilhos. Usados em vários treinos de 10-15km e numa prova de 10k.

Nuno: Cerca de 200km em trilhos. Usados em vários treinos de 10-15km e 1 provas de 15k (Trilhos do Javali).

 

CONFORTO 

 

Bo: Tal como confessei na preview, para mim, estas sapatilhas são muito confortáveis. Não são mega almofadados e não parecem pantufinhas, mas o espaço para os dedos dos pés é excelente. Nada de unhas negras, nada de impressões nos dedos dos pés, nem nas descidas mais íngremes. Têm o buraquinho extra para atar devidamente os atacadores , o que ajuda neste sentido. Para além disso, os dedos dos pés estão protegidos com uma camada Plate Trail que abrange a seção do  ante pé do sapato, protegendo assim a ponta do pé de detritos e pedras.

A meia incorporada é uma excelente ideia para não deixar pedrinhas entrar na sapatilha e proteger melhor o pé. Considero esta inovação disruptiva um sucesso. Com a meia, a língua da sapatilha é inexistente e também não temos o desconforto de esta poder “cair” para um dos lados, como me tem acontecido em alguns modelos de sapatilhas de corrida. Em termos de peso, são um pouco mais pesados que os All Out Peak e os All Out Rush.

 

Nuno: Flexíveis, os AllOut Terra Trail são muito flexiveis e isso é excelente para o seu conforto. Ao contrário da Bo que relativamente aos Peak acha os Terra Trail pesados, eu relativamente aos All Out Charge não senti essa diferença, tendo pesos muito semelhantes sinto os Terra Trail muito mais leves no seu conjunto. Embora os Charge fossem muito confortáveis, pois tinham bastante volume almofadado, os Terra Trail são mais equilibrados e sente-se que o pé e ténis ficam como um só, tornando-os muito confortáveis. Para isso contribui muito o formato do seu interior, uma espécie de meia que acomoda muito bem o pé.

Na frente o espaço para os dedos é largo, exatamente como gosto.

20151214_214001000_iOS.jpg

Foto de Miguel David do site O Praticante

 

DESIGN/CONSTRUÇÃO

 

Bo: Na minha opinião, apesar da combinação de cores muito bem conseguida, tanto nos modelos masculinos como femininos, estas sapatilhas não são as mais bonitas. O tamanho 39, que também uso no calçado do dia-a-dia serve-me bem, mas mesmo assim o sapato não fica de todo elegante no pé.

Em termos de materiais, para já não tenho nada a apontar. A Merrell distingue-se no mercado pela aposta em materiais e construção duradouros, por isso as expectativas são elevadas. Gosto sempre de refletores nos sapatos enquanto corro, para garantir uma melhor visibilidade quando se corre à noite. Aqui a Merrell esteve bem também.

 

Nuno: Design muito curioso, sem língua, com uma espécie de meia integrada, semelhante a uma polaina, faz com que seja um visual diferente. O conjunto de cores do modelo que testei agrada-me muito, numa mistura de preto e laranja, mas não são visualmente os ténis mais bonitos que já vi.

A sola com material vibran é de excelente qualidade e durável, com 200Km feitos em vários terrenos, continua praticamente nova ao contrario de alguns tecidos que já se começa a notar sinal de desgaste, mas também não tenho sido meigo com os testes efetuados.

Parecendo minimalistas, a proteção em redor do pé é bastante boa e a palmilha é um dos pontos mais diferenciadores deste modelo relativamente a outros ténis. A palmilha é provavelmente a mais grossa e pesada que já vi nuns ténis, com um material bastante duro na parte de trás e inclusive uma placa no peito do pé protege o mesmo de terrenos mais perigosos, dado que a media sola dianteira é praticamente inexistente, dando também um amortecimento extra.

20160108_000626302_iOS.jpg

ESTABILIDADE E ADERÊNCIA

 

Bo: Em termos de estabilidade, os Terra da Merrell são bons mas não excecionais. Na verdade, este modelo não incorpora tecnologia de “motion control” ou mecanismos de estabilidade. Por isso, os Terra são mais indicados para corredores neutros. Já no que toca à aderência, com a aposta no Vibram na sola permitem, a sapatilha dá muita confiança na tracção em vários tipos de superfícies. Uma desvantagem da sola com rasgos de 6mm é o acumular de lama, tornando os sapatos muito pesados.

 

Nuno: A aderência tem sido o fator que mais me tem agradado em todos os Merrell que tenho testado, e o AllOut Terra não são a excepção e para mim este é o ponto mais forte deste modelo. Com tacos multidireccionais de 6mm e sola Vibram a aderência é fantástica em terrenos complicados como pedras lisas ou gravilha, lama, e mesmo em superfícies molhadas surpreendem positivamente com o seu comportamento fantástico. Descidas não é o meu forte e a segurança que os Terra Trail transmitem permitem cada vez atacar as descidas mais técnicas com maior à vontade.

A meia sola permite uma boa estabilidade para corredores com passada neutra, a quem se destinam, não contando com outros mecanismos de estabilidade.

bo.jpg

Foto original de Fernando Ferreira

 

AMORTECIMENTO:

 

Bo: Na zona do calcanhar, o amortecimento é bom, as tecnologias Uni-Fly e Vibram colaboram bem no sentido de proporcionar conforto no calcanhar. Na ponta dos pés, o amortecimento também é bom, mas sem excessos de “almofadas”.

 

Nuno: Várias pessoas me têm questionado relativamente ao amortecimento dos AllOut Terra Trail, e a minha resposta é sempre muito positiva neste aspeto. Desde o primeiro modelo que testei, os AllOut Rush, mesmo sendo bastante minimalistas, já contavam com a tecnologia Uni-Fly, e esta funciona realmente bem. Os AllOut Terra Trail têm 24mm de altura na parte traseira e 18mm na parte dianteira, e o amortecimento é muito equilibrado, nem de menos, nem demais. Como já indicado a palmilha grossa também dá um amortecimento extra mas muito firme.

 

PREÇO:

PVP: €114,90

Nuno: O PVP é equilibrado para a qualidade dos ténis, mas estamos em época de saldos e podem encontrar os Merrell AllOut Terra Trail por cerca de 70€, uma aposta excelente

 

20151205_103154368_iOS.jpg

 

AVALIAÇÃO FINAL:

 

Bo:

Conforto 18/20
Design/Construção 16/20
Estabilidade/Aderência 18/20
Amortecimento 18/20
Preço 16/20

Total 86/100

 

Nuno:

Conforto 19/20
Design/Construção 16/20
Estabilidade/Aderência 19/20
Amortecimento 17/20
Preço 17/20

Total 88/100

2 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D