Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Review: Kalenji Lanterna Run Light

12443889_1102345883132460_1806881_o.jpg

Gentilmente cedida pela Decathlon andei nos últimos tempos a testar a lanterna de corrida Run Light da Kalenji. Com um design inovador, uma potência de 250 lumens max e com autonomias que podem variar entre as 2h e as 8h, tudo PVP de 39,95€ (agora está com um desconto de 10€).

12528604_1102345493132499_248056713_o.jpg

Pontos Positivos:

  1. A luz. Além de muito brilhante, mesmo nos modos mais baixos, que nos fazem pensar que estamos perante uma luz muito mais potente que o que realmente é referenciado (comparando com outra de uma marca bem mais conceituada com os mesmo lumens, com a da Kalenji temos a sensação de ser muito mais brilhante), a temperatura da mesma é de um branco quase imaculado que nos dá uma excelente visão noturna;
  2. O alcance: ilumina seguramente 20 metros, o que nos permite antecipar os nossos passos;
  3. Luz de presença: nas costas, na caixa da bateria existem 3 LED's vermelhos que assinalam a nossa presença;
  4. Recarregável: usar bateria e não pilhas, não diminui o peso como é mais barata e amigo do ambiente.
  5. O conforto: apesar de ter um aspecto “matacão” é surpreendentemente confortável, não causa incómoda e os elásticos permitem um excelente ajuste.
  6. Autonomia: Não é uma autonomia gigante, mas cinco horas já é bastante razoável

 

12746035_1102345736465808_1775281423_n.jpg

Pontos Negativos:

  1. O botão de on/off: este botão é horrivelmente pequeno, duro colocado no rebordo interior da lanterna. Estas três coisas em conjunto geram bastante dificuldades na operabilidade da lanterna, principalmente em andamento; Solução: É só aumentar o tamanho do botão e torna-lo mais sensivel
  2. A direção da luz: o facto da luz ser fixa, não havendo a opção de poder direciona-la, gerou dois problemas: o primeiro sempre que queria olhar para o chão à frente dos meus pés ficava “cego” pela luz, ou seja como a luz é tão brilhante torna-se impossível olhar para o chão; o segundo torna-se impraticável descer escadas com a lanterna ligada. Solução: Kalenji é só colocar um ajuste que permita direcionar a lanterna.
  3. O Posicionamento da luz no peito. Sendo a sua maior a colocação da luz no peito, ao invés da cabeça, na minha opinião, este design ainda não está totalmente bem conseguido. Quando corremos o nosso troco gira enquanto a nossa cabeça se mantém fixa, o que quer dizer que estando a lanterna junto ao peito vai girar com ele, o que na pratica em vez da lanterna estar sempre a apontar para a frente vai ter um efeito como se fosse um farol (muito mais ligeiro) mas que pessoalmente me perturba bastante. Solução: Kalenji posicionar a lanterna na zona mais central e mais baixa iria acabar com este movimento excessivo.
  4. Autonomia: 5 horas já é bastante razoável, no entanto se pensarmos em estender a sua utilização a Ultra Trails o ideal andaria era que fosse 7 horas.
  5. O sistema de elásticos: O sistema atual inviabiliza a utilização de mochila simultaneamente com a lanterna (confesso que não tentei esticar os elásticos ao máximo por forma a passarem por cima). Solução: Kalenji que tal arranjar forma de ser acoplado a uma mochila? 

12754843_1102345823132466_1205699027_o.jpg

12767847_1102345759799139_643401279_o.jpg

11997354_1102345796465802_1773894160_n.jpg

12737046_1102345869799128_283554792_o.jpg

 

Conclusões:

Se o queremos é ver, ser vistos, ter conforto, uma boa autonomia e acima de tudo correr em terrenos planos, esta lanterna satisfaz todas as nossas necessidades, por um preço bem acessível (29,99€). Da minha parte, para 70% dos meus treinos noturnos esta lanterna chega e sobra. Para os restantes 30%, o frontal de cabeça continua ser imprescindível, dado que é necessário ver para onde estou a olhar. Que tal combinar dos dois posicionamentos.

 

4 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D