Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Pelo trilho do Jamor



20130925-225005.jpgTinha planeado um treino para este final de tarde. Entrei mais cedo no trabalho para poder sair um pouco mais cedo que o normal. Queria ir ao Jamor correr na gravilha e dar uns passos na Mata e fazer aquela subida por detrás da pista de atletismo. Quem segue este blog já percebeu que ando tentado a experimentar o trail. Aliás é um assunto que cada vez ganha mais espaço por aqui. E ainda bem. Esta quinta publicamos o primeiro relato de trail de um dos corredores da nossa Crew, o Pedro Tomás Luiz, no trail do passado fim-de-semana realizado na zona da EriceiraVoltando ao meu desejo de correr pelo Jamor a ideia era ir cedo e ainda aproveitar a luz e fazer um pouco do percurso da Corre Jamor (a minha única experiência em trilho até ao momento, sendo que não é uma prova dessa disciplina).Antes mesmo de sair do emprego recebi um email para ir levantar um par de Skechers que tinham acabado de chegar. Não me disseram o modelo, quiseram fazer surpresa. Comecei o treino logo ali. A pé, do meu emprego, demorei menos de 30 minutos de subidas íngremes para os ir buscar. Fiz a subida da Rua de Campolide como se estivesse a descer a Avenida, tal era a pressa para ter os ténis.Mal cheguei vi a palavra Trail e olhei com pormenor percebi que era o modelo que mais gosto dentro da gama Go Bionic Trail.Dei por mim a regressar a casa num àpice, vestir calções e tshirt técnica (a da Meia Maratona do Porto com cores berrantes para me verem bem no lusco fusco), e segui para fazer uns 8,5K até ao Jamor por caminhos de pedra, areia, gravilha. Apesar da noite estar a cair - e mesmo sem frontal - ainda fiz uns metros na mata do Jamor. Depois, em vez de descer pelo trilho atalhei caminho pela pequena ribanceira para ver o comportamento destes Go Bionic Trail. No fim da descida parei para perceber se tinha entrado muita terra no sapato, mas não. Regressei a Algés por mais trilhos e caminhos difíceis. E gostei. Muito. Gostei da sensação de liberdade, do pisar diferentes pisos, da tracção dos ténis (mesmo em relva). Apesar do entusiasmo com o trail vem aí uma meia maratona. Os Go Bionic Trail ficam, por agora, num cantinho, depois de dia 6 de outubro volto aos trilhos a toda a força. Muito obrigado Skechers!

20130925-225045.jpg

2 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D