Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Marcas de Corrida: Uniformização ou Diversificação?

post marcas 3.jpg

Por Tiago Portugal

 

Altra, Brooks, Dynafit, INOV-8, ON Running, Pearl Izumi, Scott, Tecnica e Topo. Alguns destes nomes vos são familiares?


São só algumas das muitas marcas de sapatilhas de corrida que não estão disponíveis ou muito dificilmente se encontram em Portugal.  

 

Desde adolescente que adoro ténis, sapatilhas, sneakers, ou como lhes prefiram chamar. Lembro-me de ter 16 anos e ter uns Converse, não eram os All Star, desses também tive uns todos pretos, mas outro modelo que me compraram na base das Lajes e ostentava com o orgulho típico de um adolescente que calça algo que mais ninguém tem. 

 

Adorava aqueles ténis, iam comigo para todo o lado e foram meus fiéis companheiros durante largos anos. Apesar de esfarrapados e dos buracos achava que estavam mais do que próprios para ainda serem usados por um adolescente, mas era o único lá em casa a pensar dessa forma. Ainda não sei o que lhes aconteceu mas certo dia desapareceram. Recordo-me destes ténis com frequência, e apesar da internet nunca mais encontrei este modelo. Com os pés carentes de novos companheiros apaixonei-me de seguida por uns Puma Suede, amarelos com o símbolo em verde, comprei logo dois pares, era tudo a dobrar não fosse o diabo tecê-las e algo acontecer de novo.

 

Quando comecei a correr em 2011 não percebia nada de sapatilhas de corrida, inconscientemente ao pensar em corrida só me vinham três marcas à cabeça, Adidas, Asics e Nike, na altura não tinha sequer nunca ouvido falar da Salomon. Naturalmente o meu 1º par de ténis de corrida foi escolhido dentro das marcas já referidas, uns Asics Gel Enduro. Não o sabia na altura mas era um modelo de trail. Aos poucos com o despertar da paixão pela corrida comecei a reparar nos pés dos corredores e conclui que a maioria alinhava pela mesma bitola.

 

post marcas 1.jpg

O vício das sapatilhas e de calçar modelos originais e diferentes não desapareceu mas até recentemente era difícil arranjar outras marcas que não as já referidas. Infelizmente não existe em Portugal o conceito de LCL, loja de corrida local, se o conceito não existe em português tomo-o como meu. Se queremos ver e experimentar ténis temos que ir a grandes superfícies, Sportzone, Decatlhon, El Corte Inglês, à TAF (Pro Runner) ou a lojas específicas de algumas marcas, falo da realidade de Lisboa e arredores. 

 

Qual foi então a minha solução? Procurar na Internet e comprar por essa via. Não terei sido o único que recorreu a este método para ter uma maior diversidade na sua escolha de calçado de corrida, estrada ou trail, além de conseguir preços competitivos. 

Encontrei uns Montrail Badrock, que uso e abuso, comprados na Amazon UK por menos de 50 euros, modelo antigo mas fantástico, pena que estejam descontinuados e já não haja o meu número.

 

Voltando um pouco atrás e tentando ser crítico, eu sei e compreendo que Portugal e o mercado português seja pequeno e pouco interessante para algumas marcas, mas pelo menos em Lisboa ou no Porto, uma ou duas LCL podiam existir e com oferta diversificada. Hoje a oferta de modelos e de marcas é incomparavelmente melhor do que há dois ou três anos. É também verdade que estão lojas de desporto a abrirem, ainda recentemente o exemplo das novas lojas da Adidas e da New Balance na baixa de Lisboa, mas eu estou a referir-me a uma loja multimarcas, com uma oferta diversificada. Será que tinha sucesso no contexto atual?  

 

Nos últimos dois anos, algumas marcas têm vindo a apostar no mercado português, ainda que de forma tímida já é um começo. Algumas das marcas que já cá se encontram com facilidade, La Sportiva, New Balance, Newton, Puma, Reebok, Merrell, Skechers.

 

De quando em vez lá surge um oásis no meio do deserto e conseguimos vislumbrar e experimentar uns modelos da Hoka One One, Salming, The North Face, que só encontro nas bancas das provas de trail, INOV-8 ou outras.

 

post marcas 2.jpg

Mas porquê esta conversa agora? Porque vi um anúncio da New Balance no Saldanha e pensei que efetivamente a corrida está a crescer e veio para ficar, mas gostava de não estar tão limitado e ter mais liberdade de escolha. Poder ver, experimentar, calçar e comprar modelos de algumas marcas sem ter que o fazer às cegas na internet.

 

E vocês acham uma loja de corrida local é viável em Lisboa ou em Portugal? E que marcas gostavam de experimentar?

 

Boas corridas!

14 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D