Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correr na Cidade

Guia por um treino...

Por Liliana Moreira

 

Ontem foi o treino semanal do Correr na Cidade e como divulgámos, foi um treino diferente do habitual, primeiro porque foi totalmente em pista e depois porque tivemos a presença do atleta para-olímpico Jorge Pina e de mais dois elementos da Associação com o seu nome.

Muitos de nós já se devem ter questionado como é possível um invisual praticar atletismo, sobretudo em alta-competição, qual será a sensação de correr recorrendo apenas aos outros sentidos e o que fazer, ou dizer,  quando se guia alguém nestas condições.

Ontem mesmo com ameaça de chuva e fortes rajadas de vento reunimos um quorum de 25 participantes nas instalações do Inatel. Pelo menos 15 dos participantes estavam completamente alheios ao que se ia passar, confiaram em nós, tiveram a coragem de questionar e permitiram que fosse o Jorge Pina a guia-las nesta descoberta.

Não resta a menor dúvida que foi um treino muito rico, não só pela componente humana como pela componente técnica, porque se julgam que foi só conversa… estão enganados!

A pista do Parque de Jogos 1º de Maio ontem foi nossa e deixamos lá muito suor também. 

 

Treino_CnC_AssociacaoJP.jpg

 

Julgo que a satisfação relativa ao treino foi geral, pelos menos os sorrisos dos participantes assim o indicaram, mas partilho convosco algumas palavras sobre o treino.

 

João Filipe Figueiredo

"O Jorge Pina é amblíope, tem perda total de visão de um olho e apenas vê 10% do outro olho. Vê vultos, como ele descreve. Mas nem por isso se sente diminuído. Tem uma força interior impressionante. Começou o início do treino com uma pequena introdução à Associação com o seu nome, cujo objectivo principal é apoiar jovens e atletas que estão na mesma situação que ele.

Após um aquecimento de cerca de meia hora à volta do campo de treinos, fomos todos fazer series para a pista de tartan. Foi magnifico o acompanhamento do Jorge e a sua boa disposição constante. Andamos ali às voltas a fazer sprints que nem doidos.

Depois veio uma experiência completamente fora do normal, correr com uma venda nos olhos e guiados por um companheiro de treino. É incrível a diferença entre correr e ver e correr e não ver nada, com olhos completamente vendados. Primeiro tive a tendência para ir para a direita, o meu guia, o Luís Moura, lá me foi acalmando e indicando-me o caminho. A sensação de que podemos cair ou bater contra qualquer coisa esvai-se após alguns metros e começamos a ter uma autoconfiança que desconhecíamos. No fim até acelerei um pouco mais. De olhos fechados parece que o tempo de dar uma volta à pista parece menor do que em circunstâncias normais.

Foi uma experiência incrível. "

 


Inês Machado

"Something Special by Correr na Cidade - o título já nos dizia que ia ser especial, mas o treino de hoje organizado pelo Correr na Cidade com a Associação Jorge Pina, foi para mim uma experiência única.

Não me vou cansar de agradecer a todos por me terem proporcionado este momento de exercício físico, de partilha, de lição de vida, de força.

Foi inspirador conhecer uma força da natureza e um exemplo de atleta como o Jorge Pina e um privilégio poder estar ali naquela pista a receber a sua melhor energia, ensinamentos, determinação e boa disposição, sempre em grupo, sempre juntos como sempre acontece quando treino com a equipa "Correr na Cidade", ninguém fica para trás!

Chegámos mesmo a "sentir o que ele sente", ao correr sem ver, ao lado de um companheiro do grupo que nos guiava. Uma experiência para guardar para a vida e para lembrar em todas as corridas (e outras situações de vida) onde nos falham as forças, a motivação, as pernas ou a cabeça, porque "Onde há vontade, não há limitações!".

Obrigada."

 

 

“É uma sensação espetacular e assustadora ao mesmo tempo. A diferença é que eu consigo tirar a venda.” - palavras proferidas pelo Bruno Araújo-Gomes quando chegou da sua volta vendado.

 

Vejam o video que o CnC preparou para vocês.

 

 

 

Quero deixar um agradecimento especial à Associação Jorge Pina pela disponibilidade imediata em se juntarem a nós, ao Inatel pela cedência das suas instalações e sobretudo ao Jorge Pina pela sua gigantesca partilha de força, garra e motivação!

Muito obrigado a todos os que tiveram presentes.

Até para a semana  ;)

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D