Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correr na Cidade

Férias e fecho do ano 2014: Aldeia Viçosa, Guarda

IMG_7402.JPG

Por Ana Morais:

 

Há já alguns anos que passo o dia de Natal na aldeia dos meus avós paternos (Aldeia Viçosa, Guarda), principalmente para participar numa tradição bem antiga: o Magusto da Velha. Nesta festa atiram-se castanhas e rebuçados do cimo da torre da igreja para as pessoas apanharem e assarem-nas no madeiro que arde no largo da aldeia. Mas esta aldeia também tem duas características que aprecio bastante: fica junto ao Parque Natural da Serra da Estrela e tem uma praia fluvial com boas condições para passar uma bela tarde de Verão com a família e os amigos.

IMG_7289.JPG

Este ano prometi a mim mesma um desafio: correr e descobrir novos trilhos junto à aldeia. Como é óbvio, a minha bagagem incluiu dois pares de ténis (de estrada e para trail), roupa desportiva e a minha mochila de trail. Não tinha qualquer referência sobre trilhos já marcados e, em muitos sítios, não há rede no telemóvel. Apenas sabia que havia uma parte da Serra que podia ser explorada e eu estava disposta a isso mesmo.

IMG_7290.JPG

 O primeiro treino foi em direção a uma ponte que passa por cima do Rio Mondego e de onde os mais aventureiros (e um pouco doidos) se atiram durante o Verão. Neste treino optei por correr no alcatrão porque quis fazer um treino suave mas a um ritmo acelerado, debaixo de um sol de Inverno maravilhoso. Gosto muito de correr com o tempo frio e naquele dia o termómetro marcava 4ºC.  

 

No dia seguinte, as condições atmosféricas eram bem diferentes: céu muito nublado, muito vento e frio. Ou seja, excelentes condições para o trail. O objetivo era ir até uma ponte romana na aldeia da Mizarela, cerca de 6 km de distância pela estrada. Mas eu quis ir pelo meio da Serra, por isso, não sabia qual a distância que iria percorrer. Ainda hoje não sei, só sei que demorei mais de 2h30 a chegar a casa. Ao longo de todo o percurso, as paisagens eram deslumbrantes: o fumo a sair das chaminés das casas, o verde dos trilhos, a água cristalina que descia pela Serra…

IMG_7404.JPG

No final do treino, acabei por não achar a tal ponte e vim a descobrir que estava a uns meros 2km do sítio onde decidi voltar para trás. 

 

Na próxima visita à aldeia fica a promessa de percorrer o famoso Percurso do Tintinolho: um trilho orientado por uma estrada romana que liga a Aldeia Viçosa à Guarda com cerca de 12Km e com uma altitude que varia entre os 525 e os 1050m. Este percurso passa por uma antiga aldeia da Idade do Ferro (Tintinolho) e que ainda hoje se podem encontrar alguns vestígios, nomeadamente um castro.

 

Ah, e não me posso esquecer de comprar um GPS!

 

Boas corridas!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D