Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correr na Cidade

Entrevista à UNICEF sobre os 10K de Lisboa

 

Como sabem, no próximo domingo realiza-se a 1ª edição dos 10K da UNICEF pelas ruas de Lisboa. Uma corrida de cariz solidário e do qual este blog é media partner (e apesar do nosso logo ter surgido como organizadores nos primeiras comunicações do evento, apenas somos media partners, ou seja divulgadores do evento).

 

Por isso, e porque queremos sempre trazer mais valia e diferenciação, quer a quem nos lê ou a quem corre connosco (ou faz ambas as coisas), entrevistámos Margarida Cordeiro - Diretora de recolha de fundos para a UNICEF sobre a envolvência de tão prestigiada instituição no mundo das corridas.

 

Ah, é verdade, este sábado, dia 05 de julho ainda é possível fazer a inscrição para esta prova na loja Sport Zone do Centro Colombo, em Lisboa.

 

PERGUNTAS & RESPOSTAS A MARGARIDA CORDEIRO (UNICEF):

 

Porque razão a UNICEF se junta ao “mundo das corridas” e co-organiza um evento desportivo deste género?

Para a UNICEF o desporto é muito importante. É uma das fórmulas que usamos nas mais diversas situações, desde crises humanitárias, em situações de emergência ou na reintegração de crianças soldado. Ajuda a estabilizar as crianças e os adolescentes e quando estes estão estabilizados, toda a família estabiliza. Por outro lado dá-lhes valores como trabalhar em equipa, saber partilhar, responsabilidade, regras, que são fundamentais para o seu crescimento enquanto pessoas.

 

Já o fizeram noutros países, porquê agora em Portugal, e nomeadamente em Lisboa? Tencionam organizar esta prova anualmente? Se sim, será sempre em Lisboa?

Sim, é verdade, existem várias corridas UNICEF pelo mundo e existem maratonas famosas onde correm atletas e pessoas comuns em equipas UNICEF. Decidimos criar uma corrida UNICEF em Portugal porque queremos fazer algo que dá prazer a muitas pessoas e ao mesmo tempo podem apoiar uma causa. O ano passado foi em Vilamoura e este ano é em Lisboa. Para o ano ainda é muito cedo para falar, veremos...

 

As provas de solidariedade geram muito interesse por parte dos participantes  mas também alguma curiosidade em saber para onde vão os donativos. Será que nos podem indicar o que acontece com os fundos conseguidos com esta prova de 10K em Lisboa?

Os fundos provenientes das inscrições revertem 100% para a UNICEF.

 

Como vêm o surgir, cada vez mais, de corridas e treinos solidários? É algo positivo e como um despertar dos portugueses para a solidariedade, ou é algo que banaliza os eventos de solidariedade?

Não creio que banalize os eventos de solidariedade. As pessoas gostam de correr e de caminhar, e fazem-no cada vez mais, se poderem juntar uma coisa de que gostam com a solidariedade, ficam muito satisfeitas, porque sabem que a sua inscrição vai fazer a diferença na vida de outras pessoas.

 

O que podem esperar, em termos de corrida, os participantes da Corrida de 10K da UNICEF, organizada por vós?

Espero que os participantes da Corrida 10 K se divirtam, têm a possibilidade de correr ou caminhar numa zona emblemática de Lisboa, passar pelos túneis da Avenida da República, descer a Fontes Pereira de Melo e a Avenida da Liberdade e ainda correr para uma causa. Também não é todos os dias que podem correr ou caminhar ao lado de uma das maiores maratonistas de todos os tempos – a Rosa Mota. 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D