Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Como tratar uma fascite plantar?

IMG_7360.JPG

 

 

Por Filipe Gil

 

Vou contar-vos um segredo.Desde a última Meia Maratona que ando com dores na planta do pé. Tantas dores que só uma semana depois da corrida consegui voltar a correr. No mesmo pé que me atormentou há exatamente cerca de um ano, o direito. 

 

As dores são diferentes, mais leves. Mas estão lá, ou melhor estiveram durante quase uma semana. Peguei no meu "kit" fascite, composto por bola de golfe, bola de ténis, pomada de arnica e um pequeno rolo de cozinha para passar pelas pernas, e não dei descanso à fascia.

Massajei, massajei com a bola de golfe depois de colocar quente durante algum tempo no pé. E fiquei bem melhor. Na quarta-feira fui correr uns 12km e só me doeu no final, numa rua a descer, mas nada de especial.

IMG_7365.JPG

Mas vou contar-vos outro segredo. No outro pé, o esquerdo, e desde o fim do verão, tenho tido algumas dores, nada de especial, são, por vezes, incomodativa até quando ando - mas nunca lhe dei muita importância. Era o que faltava ter tido uma fascite no pé direito e agora ter no pé esquerdo. Lembro-me de ter acabado de fazer um treino com o David Faustino, para combinarmos o treino Into the Wild que ele e a mulher guiaram, e no regresso a casa começar a ter dores. 

 

No final da semana passada, mesmo com menos sintomas nos pés, a não ser os normais "bons dias" assim que pisava os chão pela primeira vez após acordar - quem tem ou já teve fasciste sabe do que estou a escrever, decidi fazer um visita à Dr.ª Sara Dias no seu local habitual de consultas em Oeiras, no espaço Saúde de Corpo e Alma.

 

A Drª Sara tratou do pé direito, o que se queixou depois da Meia Maratona. Indicou que o meu pé tinha ali um ponto de pressão na fascia, mas nada de especial. Foi quando "pegou" no outro pé, no esquerdo, naquele que me tem doido desde o final do verão que vi "estrelas". Afinal, tinha muito pressão, vários pontos de tensão na fascia, provocados pelo stress do impacto, do frio, etc. 


A Dr.ª Sara fez uma terapia miofascial e saí de lá como novo. E com mais certezas relativamente aos problemas das minhas fascias: preciso de, de quando em vez, ir fazer estes "desstressamento" da fascite. Tenho que alongar muitas mais vezes - sempre. Fazer alongamentos em casa, mesmo que não corra. E não posso usar sapatilhas de corrida sem usar umas palmilhas para pronadores. Mesmo pronadores, não ligeiros. 

 

E se há coisa que me ocupa o pensamento é que até ao Ultra Trail do Piódão, que irei fazer nos finais de março, não me quero lesionar. Ou seja, respondendo à pergunta que fiz no título, aquilo que vos posso dizer é que estou a ficar um expert, infelizmente, na coisa. Muito alongamento, muita massagem, nada de gelo, e usem sempre o vosso calçado apropriado. E cruzem os dedos das mãos, que isto também é uma questão de sorte na forma como o nosso corpo se comporta.

 

Boas corridas...sem lesões.

 

 

1 comentário

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D