Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correr na Cidade

Azores Trail Run 2016: Vamos aos "Assures"?

 

inicio_ATR.jpg

Depois de ler os race reports da Bo e do Nuno, acerca do Azores Trail Run do ano passado, tinha mentalmente decidido que à primeira oportunidade ia rumar a esse arquipélago e ficar a perceber o porque deles referirem o seguinte: “Azores Trail Run é literalmente ouro sobre o azul imenso do Atlântico” ou “fiquei fã do Faial. Tanto pela tecnicidade dos trilhos como pela beleza e variedade da paisagem envolvente, desde vulcões áridos e secos à selva húmida com vegetação incrível. E as vistas… E as vaquinhas… “.

 

Assim, tenho que confessar que neste momento um estado de alguma euforia começa a crescer, dado que o ATR está aí mesmo à porta.

 

Perdoe-me a Estrela, o Gerês ou a Lousã, mas as nossas ilhas são cenários idílicos para corrida de montanha. Tendo no MIUT, a referência das suas escarpas aguçadas e os seus penhascos profundos, no ATR vejo a possibilidade de percorrer a cratera de um vulcão, vislumbrando o imenso azul do oceano.

 

Efetivamente, poucas coisas se comparam à sensação de percorrer a cratera de um vulcão, felizmente para mim será a segunda vez, já que em 2015, tive a possibilidade de subir os 1717mt do monte Batur (Indonésia) e percorrer toda a cratera desse vulcão (ainda bem ativo).

OI000083.jpg

 (Caldeira do Monte Batur)

OI000097.jpg

 

Desta forma, e ainda com muito MIUT nas pernas, vou deixar-me levar “canadas” e percorrer os 48km do Faial Costa a Costa.

 

perfil_ATR.jpg

 (Este perfil está desenhado da direita para a esquerda, ou seja no sentido da prova)

 

Esta prova com +/- 2000 D+, tem inicio no Sábado dia 28 de maio pelas às 09:30 no Porto da Boca da Ribeira. Descrita pela organização como (…) uma viagem no tempo histórico e geológico, percorrendo a ilha costa a costa na forma da sua criação, de Este para Oeste “ e tendo como pontos de interesse principais a passagem pelo farol destruído ou pelo maior Grabendo arquipélago, será a passagem pela Caldeira, o ponto no qual deposito as maior expetativas.

 

Além do Faial Costa a Costa realiza-se ainda o Trail Ilha Azul (70 km) a começar no forte de S. Sebastião, o Trail dos 10 Vulcões/30 anos Jardim Botânico do Faial (22 km) que começa na Caldeira e ainda Family Trail (10k) junto ao vulcão dos capelinhos. Ou seja, a organização oferece provas para todos os gostos, para todos os níveis podendo aliar-se as vertentes desportivas, turísticas e familiares.

 

vulcao capelinhos vista 1959.jpg

Vulcão dos Capelinhos  Fonte: geocrusoe.blogspot.pt

 

Da minha parte, e sendo a primeira vez que vou estar nos Açores, espero trazer recordações para a vida, não só da prova, como da cultura, das paisagens, das pessoas.

 

Estejam atentos ao facebook do CnC pois vou “tomar” conta dele durante estes 5 dias.

1 comentário

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D