Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correr na Cidade

Aceitam o nosso desafio?

thepack.jpg

 

Por Tiago Portugal e Filipe Gil:

 
Gostamos de nos desafiar! Não só a nós mas também aos nossos leitores. Por isso, desta vez, lançamo-nos num desafio e queremos estendê-los a vós. Especialmente aos homens que tem uma vida sedentária. Vejam o que é o THE PACK OF SIX, e juntem-se a nós! 

 

Tiago: 

 

Tirando um período quando era adolescente, entre os 15 e os 19 anos, e agora sempre tive alguns problemas com excesso de peso. Nada de extraordinário, como alguns jovens obesos que vimos hoje em dia, mas sempre fui mais pesado do que a maioria dos meus colegas, o chamado "gordinho" da turma. Em adolescente nunca pratiquei desportos que implicassem um grande esforço físico, tirando os pontuais jogos de futebol e ténis entre amigos. Sempre fui mais adepto de jogos de computador e passar muita horas no vício do PES e Football Manager, antigo CM.    

 

Graças a esta falta de atividade nunca fui propriamente detentor de um físico invejável. Já em adulto e numa fase mais sedentária da minha vida cheguei a pesar mais de 90kg. Tendo em conta a minha altura, 1m72cm e a minha estrutura, mais parecia uma bola.

 

Há cerca de 4 anos decidi tentar emagrecer mais a sério e comecei com as minhas irmãs a seguir o Shaun T e comprometemos-nos a fazer o programa dele durante dois meses, o Insanity Workout, uma loucura. Entre muito esforço, suor, lágrimas, mau-estar e alguns vómitos o meu peso diminuia gradulamente e ganhei alguma auto-estima e forma física. 

 

Nessa mesma altura comecei a correr, ainda que pouco de cada vez. Mas apesar de todo este esforço e de ter atingido os 70kg o ano passado nunca consegui vislumbrar 1 abdominal sequer. Verdade que estou melhor, passei de ter uma bola gigante na barriga para 3/4 pregas abdominais. A suster a respiração ao máximo, a luz certa e alguma imaginação acho que vejo pelo menos 2 abdominais já marcados.

 

Pode ser algo supérfluo e aceito as críticas que me possam fazer mas para quem sempre foi gordinho alcançar o 6 pack era, ainda é, um sonho. Nem que seja por pouco tempo. O objetivo é fortalecer o core, se entretanto conseguir ficar mais definido na região abdominal melhor.

Não me pretendo exibir nem por fotos em todo o lado, simplesmente quero saber que sou capaz ou pelo menos que tentei e que se quisesse fazia capa de qualquer revista de desporto.  

 

Em conversa com o Filipe descobri que partilhávamos em segredo este desejo e decidimos que seria agora a altura certa para abraçarmos este desafio. Porque esperar mais? 

 

Tenho à partida alguns handicaps. Não sei se a genética está do meu lado e sou extramente guloso. Com aquilo que corro já devia estar mais magro, mas o meu regime alimentar não é o melhor. Não há dia em que não coma um doce, ou dois. Salgados não é comigo, mas metam-me uma mousse de chocolate ou um bolinho e eu não resisto. Tão bom como os doces só mesmo o pão. 

 

Sou persistente e quando abraço um novo desafio não desisto tão facilmente. Assim a partir de hoje vou "tentar" comer menos bolos e pão, continuar a correr, apostar no Cross Fit, reforço muscular em casa (não sou fã de ginásios) e conto com a vossa ajuda para se juntarem a mim ou algumas dicas do que devo fazer.   

 

Quem se junta a nós? Até dia 1 de junho vamos acabar com a barriguinha.  

 

barriga.jpg

Foto esquerda: A respirar normal.Lado Direito: A posar para a foto e com a luz certa. 

 

 Filipe:

 

A não ser quando estava nos início dos meus 20 anos e fazia surf, ou pelo menos tentava, os meus abdominais sempre foram uma miragem. Desde essa altura que, fofinho e preocupado, arranjei-lhes uma bela camada adiposa que os tem protegido desde então. Uma vezes mais volumosa, e hoje em dia nem tanto, graças à corrida. Mas a memória de alguma espécie de abdominais ou o "famosos" six pack desvanesceram-se nas brumas da memória.

 
Ora, qual crise dos 40, e em conversa com o Tiago Portugal, e apesar de ele ser mais novo, decidimos trabalhar para o six pack, nem que seja só para os ter durante uma semana nas nossas vidas.Assim, aceitei o desafio de trabalhar para o tal six pack, que é estensível aos nossos leitores que nos quiserem acompanhar. Irei usar as mais variadas técnicas: corrida, treinos do CNC, apps para abdominais, boa nutrição, etc.
 
Começamos o desafio ontem, 1 de novemebro, e o objetivo é chegar a 1 de junho com abs de fazer inveja aos senhores que aparecem nas capas da Men's Health!
 
O meu desconhecimento sobre como será o processo é total. Não faço ideia de qualquer outro exercício para além das pranchas (aguento 2:30 minutos. E tu Tiago?). Por isso, aí desse lado, quem quiser ajudar, todas a ajuda  é bem-vinda.
 
É mais um desafio público aqui no blogue. Se há quase três anos eu e o Bruno Andrade contamos como perdemos, com sucesso, 6 a 8kgs numa dieta equilibrada. No ano passado, estava por esta altura a inscrever-me nos 50km do Piódão, que apesar de terem sido feitos levaram-me a uma lesão com 8 meses, e por isso o sucesso foi relativo. Agora este desafio com o Tiago. Espero seja um sucesso, apesar se saber que será o mais difícil até ao momento.
 
Deixo aqui uma foto do meu estado (lastimável) atual. MAs esta barriga "fofinha" tem os dias contados!!! Conto com a vossa ajuda? Vamos a isso? Juntos?

image1.JPG

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D