Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correr na Cidade

Será que sou sedentário?

sedentarismo2-620x372.jpg

Por Ana Sofia Guerra

 

Há já algum tempo que estava para escrever este artigo e tocar num ponto em que há muita discórdia e algum desconhecimento. Eu mesma tive alguma dificuldade em encontrar uma boa bibliografia para poder discutir melhor este tema - o Sedentarismo!

 

É certo e sabido que a evolução da tecnologia, a facilidade de transporte, o acesso rápido à alimentação (nem sempre saudável, claro) e alguma dose de preguiça, tiveram um impacto enorme nas sociedades modernas. Como consequência, há cada vez mais pessoas com obesidade (30 % dos portugueses são obesos), doenças cardiovasculares e diabetes tipo II. E todas estas doenças podiam ser prevenidas ou controladas com uma actividade física regular. 

O que muitos não sabem é categorizar a atividade física que praticam. Tendo em conta a minha experiência como nutricionista, há muitas pessoas que vão ao ginásio e que não deixam de ser sedentárias. E agora devem estar a pensar: o quê? Como é que isso é possível?

 

 

Planear calendário desportivo 2017?

12042817_1189305054429373_5338007096720252438_n.jp

 

Uii! Aqui vai um tema que tem várias opiniões e maneiras de o fazer e é sempre uma fonte de discussão. Há quem goste de provas longas outros curtas, há quem corra muito, há outros que correm menos, há quem goste de fazer provas todas as semanas e há outros que gostam de espaçar. E é “neste pequeno” que vou deixar a minha opinião.

 

coisa que devemos ver no caso que já pratiquemos desporto é avaliar a época passada: ver o que correu bem e o que correu mal para que possamos treinar ou recuperar, o que fizemos mal na época anterior. No meu caso, uma lesão mal tratada que tive em Lavaredo, não me permitiu treinar como deve ser e conforme o plano de treino que tinha. Por isso, falhei nos Pirenéus e a parte psicológica que afetou-me durante uma boa parte da época e quase que me fez deixar os trilhos.

 

 

3ª Edição do “ Trail de Almeirim – Na Rota do Vinho e da Sopa da Pedra “

15895049_651318001705911_2852957557885001348_n.jpg

As famosas tabuletas do Trail de Almeirim ajudam a manter a boa disposição

 

Conhecem a história da Sopa da Pedra? Não? Então cá vai:

Conta a lenda que um frade peregrino queria fazer uma sopa e, como não tinha ingredientes, bateu à porta duma casa e pediu uma panela para começar a fazer a sua sopa "da pedra". Abriu o seu bornal e retirou de lá uma pedra, lisa e bem lavada. Dominados pela curiosidade, os donos da casa deixaram entrar o frade e deram-lhe a panela. O frade colocou a panela ao lume e disse que precisava de temperar a sopa. Então, o dono da casa deu-lhe um pouco de sal. Mas o frade acabou por confessar que a sopa ficaria mais saborosa se tivesse um pouco de toucinho ou chouriço. Então, deram-lhe um pouco de carne para a sua sopa. Depois, o frade disse que precisava de batatas ou feijão para engrossar a sopa. Os donos da casa acorreram logo e deram-lhe um pouco de cada. Assim que terminou a sua sopa, o frade retirou a pedra, lavou-a e guardou-a para fazer a sua próxima sopa da pedra.

 

Não, não precisam de trazer um ingrediente para a sopa da pedra, basta trazerem boa disposição e vontade para correr. Tal como nas edições anteriores, esta edição conta com boas subidas e descidas (algumas serão verdadeiras aventuras), picadas, parte pernas, trilhos rápidos e extasiantes.

A prova divide-se em 3 aventuras: trail longo (cerca de 30 Km), trail curto (cerca de 18 Km) e a caminhada (cerca de 9 Km). Os abastecimentos dividem-se da seguinte forma:

Trail Longo +/- 30 Km: 5 PAC´s no total, +/- 5 em 5 kms + 1 PAC no final
Trail Curto +/- 18 Km: 4 PAC´s no total, +/- 5 em 5 kms + 1 PAC no final
Caminhada +/- 9 Km: 1 PAC no percurso + 1 PAC no final

 

E, no final, teremos uma belo almoço com a famosa sopa da pedra. 

Ansiosos para se inscreverem? Então inscrevam-se agora mesmo pelo: http://chrono.pt/event/trail-almeirim/

A crew do Correr na Cidade irá lá estar para fazer a festa

19446927_YMZb0.jpeg

Em 2016 estivemos lá!

 

Trilhos do Javali Noturno – 2017 - é desta que vejo um javali?

unnamed.jpg

 

E tal como aconteceu na edição de 2016, a running crew do Correr na Cidade irá estar presente na edição de 2017 desta prova de trail.

 

Mais uma vez, esta prova é organizada em parceria pela Associação de Moradores do Casal das Figueiras (AMCF) e pela Associação de Atletismo Lebres do Sado e irá ser percorrida junto ao Forte de São Filipe. Ainda não temos a informação sobre a altimetria da prova, mas já sabemos que irão ser 15 km de trilhos e estradões, iluminados apenas com os nossos frontais e pela escuridão da serra. Mas não há que ter medo, apenas espírito aventureiro e de camaradagem típico de um “trailista”.

 

Como material obrigatório, a organização propõe o frontal e um copo ou outro recipiente para líquidos (consulta o regulamento da prova) e as incrições terminam no dia 15 de fevereiro.

 

Já vos contei da campanha até dia 31 de dezembro? Podem oferecer um voucher oferta e usufruir de um belo desconto.

unnamed (1).jpg

Do que é que estão à espera? Eu já tenho um javali no presépio e outro colado no frigorífico...mas vou buscar mais um em 2017.

IMG_6654 (1).JPG

 Feliz Natal e Boas Corridas!

 

Treino Solidário - porque juntos somos mais

Gang1.jpg

 A foto do grupo e a nossa contribuição para este projecto

 

Ontem foi um treino especial, e porquê? Porque regressei ao local onde comecei a correr (Belém), juntei vários corredores cheios de vontade de correr e de ajudar e contribui para uma causa que acredito desde o primeiro dia.

 

Já não é a primeira vez que o Correr na Cidade se associa a esta causa e este ano não podia ser a exceção. Com a azáfama típica desta época (não, não é com prendas, é mesmo com mais trabalho) já me estava a esquecer de fazer este treino. Mas nada como termos alguém do nosso lado para nos lembrar destes eventos. E foi o que aconteceu. 

Com a ideia de marcar este treino surgiu a ideia de convidarmos o Treino do Gang para nos ajudar a angariar muitas t-shirt's para serem enviadas para África.

 

O projecto chama-se CLR-África e trata-se de uma ONGD de apoio social e humanitário em Portugal e África. o lema é: juntos podemos mudar algo no mundo. E eu acredito nisso!

 

A receber as t-shirt's tivemos a ajuda do voluntário Nuno Pimenta que conseguiu arranjar espaço no carro para levar os muitos sacos que foram angariados no treino. Até houve o caso dum senhor que viu o post do treino no facebook e, mesmo não querendo treinar, não deixou de contribuir para esta causa.

Gang3.jpg

A boa disposição deste grupo é contagiante

 

Por acaso nunca tinha participado neste treino e gostei muito da "good vibe" deste grupo. Foi um treino relativamente calmo, num fim de tarde com a chuva a espreitar de vez em quando, mas que soube mesmo bem. 

 

Voltando ao projecto, se quiser saber mais informações sobre este projecto, basta procurar por CLR-África e veja como pode ajudar. A organização tem voluntários espalhados um pouco por todo o país e, por isso, também pode organizar pontos de recolha ou treinos como este.

Em breve iremos ter outro treino do mesmo género, com recolha de t-shirt's ou de outro material que seja necessário. Por isso fique atento ao nosso calendário!

Obrigada a todos os que participaram neste treino!

 

gang4.jpg

 Acreditamos neste projecto porque sabemos que as doações chegam ao destino

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D