Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correr na Cidade

7 perguntas à...New Balance

imagesCAO2Y3SV.jpg

 Por Tiago Portugal e Filipe Gil

 

Depois da visão da Brooks sobre o setor da corrida em Portugal publicamos uma entrevista da New Balance para que fiquem a conhecer um pouco melhor esta marca norte-americana e de forma atua no mercado.

  

Entrevista a Fran España, Performance Merchandise Manager :

 

Como analisam o setor da corrida em Portugal?
A corrida é um setor em grande crescimento em parte devido à conscientização da necessidade de praticar desporto e levar uma vida saudável.

 

A corrida é uma moda? Vai desvanecer ou veio para ficar?
Não penso que a corrida seja uma moda passageira, mas agora as pessoas ficaram talvez um pouco mais viciadas/apaixonadas por este desporto e nesse sentido a corrida é algo que irá perdurar ao longo do tempo. Também é um desporto divertido e fácil que todos podem adaptar sem problemas ao seu nível e ritmo de vida.

 

Qual a vossa sapatilha de corrida com mais sucesso entre os portugueses?
Em Portugal os nossos modelos mais vendidos são os já míticos 1080 e 880, uns modelos que não param de renovar-se, a gama Fresh Foam pela sua comodidade e desenho inovador assim como a recente gama Vazee.

wrushpr_nb_14_i.jpg

Que novidades vão ter para os corredores nas próximas coleções?
Para a próxima coleção iremos continuar a renovar os modelos já estabelecidos e fortalecer e desenvolver toda a gama Vazee e Fresh Foam.

 

Em Portugal vende-se vestuário para corrida ou os portugueses apostam mais nas marcas apenas nas sapatilhas? 
Para a New Balance o têxtil também é importante. O nosso vestuário destaca-se pelo seu rendimento e boa relação qualidade-preço.

 

Como marca, que outras áreas/desportos estão a apostar para conquistar os corredores?
Dentro do setor especifico da corrida e de forma diferenciadora estão sobretudo todo o nosso calçado de trail, que esta a ter muito sucesso e uma evolução constante, a acompanhar o crescimento desta modalidade específica, de forma a ir ao encontro do corredor que procura algo diferente. Mas também estamos empenhados noutros campos específicos tais como desportos de equipa, futebol, ténis ou fitness, para cobrir as necessidades de quem não prática só corrida.

 

De que forma as marcas podem intervir e contribuir para que os jovens se tornem menos sedentários? 
Sem dúvida que a melhor forma de intervir é promovendo estilos de vida ativos. A partir do produto e do marketing de forma a fazer publicidade ao “saudável” e “atrativo” por forma a promover e estimular atividades e eventos desportivos. Inclusivamente a partir da New Balance efetuamos treinos e exercícios de teste aos nossos produtos donde além de dar a conhecer as nossas gamas são promovidos estilos de vidas saudáveis. Acho que atualmente temos a sorte, mas não nos devemos relaxar, da sociedade encarar o desposto como algo implícito a um estilo de vida saudável.

mcoasbf_nb_14_i.jpg

 

Boas corridas!

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Actividade no Strava

Somos Parceiros



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D