Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Review: Puma Ignite Disc

por João Gonçalves, em 01.07.16

Modelo: Puma Ignite Disc

Testado por: João Gonçalves

Características pessoais: Neutro com arco plantar proeminente e 76Kg de peso

Condições de teste: Cerca de 90km percorridos em percursos citadinos em Lisboa e Norte de Espanha e algumas provas.

 

Início este review pela conclusão, estes Puma Ignite Disc, são actualmente das minhas sapatilhas favoritas de estrada, confortáveis, rápidas e leves, sim concordo são diferentes, alguns de vós até as podem considerar não muito bonitas, eu chamo-lhe personalidade, são diferentes e trazem consigo uma história de quarto do século.

Como já tinha referido no preview em 1991 a Puma abanou a indústria do calçado quando pela primeira vez lançou umas sapatilhas com um sistema de aperto Disc, um sistema de quebra com os tradicionais atacadores e ao invés disso possui uma rede interna de ligações que são activadas pela "roda" ou o Disc que faz o aperto na medida certa e de maneira uniforme no peito do pé e em 2016 a Puma volta a relançar esta inovação melhorada para comemorar os 25 anos da tecnologia Disc no universo Puma.

 

Design e Construção

 

Estas Puma Ignite Disc, são basicamente umas pantufas com 12mm de drop e a tecnologia Ignite na sola, o que quero dizer com isto, elas são realmente confortáveis e calcam-se como umas pantufas, todo o upper é ligado numa peça, o sistema de aperto funciona dentro de uma camada interna de tecido em poliester e um mesh externo e embora tenham um drop elevado a sensação que transmitem não é essa. Os materiais usados são de excelente qualidade e comodidade para os pés mesmo quando descalços. Este modelo está disponível em várias cores, a versão testada foi a mais exótica e que garante vários olhares de curiosidade quando passamos a correr.

 

IMG_20160606_194407.jpg

 

Estabilidade e Aderência

 

Em termos de estabilidade nota muito positiva, o sistema Disc "abraça" o pé de uma maneira uniforme e super confortável, impedido que este se movimente no interior da sapatilha, para além disso o encaixe do calcanhar é suberbo. Relativamente a aderência testei estas sapatilhas em vários tipo de terreno urbanos, calçada portuguesa, alcatrão, cimento e pista e a sola mostrou-se segura, mesmo no molhado.

 

IMG_20160627_200057.jpg

 

 

Conforto

 

É das sapatilhas mais confortáveis que já calcei, de facto este sistema bizarro de aperto transmite conforto e segurança num só devido à uniformidade do aperto e graças ao Disc, elas não se despertam enquanto corremos.
Os materiais usando são da melhor qualidade e resistência, mais uma vez uniforme em todo o upper, dando uma sensação e continuidade. O conforto também é garantido pela sola Ignite que absorve o impacto e devolve alguma dessa energia para a próxima passada promovendo também o conforto.

 

IMG_20160627_200134.jpg

 

 

Amortecimento

 

Já disse que estas Puma Disc são construídas em cima de uma sola Ignite, não disse? Pois já então não é preciso dizer mais nada.
De facto a tecnologia Ignite é a obra prima da Puma e com toda a razão, deste o retorno de energia de passada, passando pelo conforto e amortecimento, ela sente-se que funciona e mesmo não sendo umas sapatilhas maximalistas o amortecimento é confortável e suficente para fazer pelo menos uma distância de meia maratona de forma rápida e confortável.

 

IMG_20160627_200152.jpg

 

 

Preço

 

Actualmente com um PVP de 79.90€ em algumas lojas é um excelente preço para uma sapatilhas desta de qualidade (ponto final).

 

 

Em suma e em jeito de conclusão, adoro estas Puma Ignite Disc, são de facto na minha lista de favoritas e seu sistema de aperto não é apenas um shoe gadjet bizarro, não de facto é uma "inovação" com 25 anos que de facto funciona.
Foram também a minha escolha a segmento de corrida no Triatlo de Oeiras, devido à facilidade com que se calçam e leveza.

 

 

Design/Construção 17/20

Estabilidade e Aderência 18/20

Conforto 19/20

Amortecimento 17/20

Preço 17/20

Total 88/100

Autoria e outros dados (tags, etc)

montedalua05

 

Aquela que é a primeira prova de Ultra trail na serra de Sintra, vai este ano para a sua Edição V.


A experiência e o conhecimento do terreno é uma mais valia da Horizontes para 2016 e o facto de ouvir os atletas ano após ano, faz com que esta prova tenha evoluido bastante nas ultimas edições e seja agora, uma das melhores provas que se pode participar na zona da grande Lisboa. Com a evolução vem o reconhecimento e para 2016 os finishers da prova longa podem contar com 3 pontos para o acesso à famosa UTMB e a integração na Taça de Portugal de Ultra Skymarathon.

 

montedalua02

 

Tal como nos anos anteriores vão existir 2 distâncias, em termos de corrida, com a novidade de para este ano existir também uma caminhada. As distâncias nas provas são semelhantes às do ano passado e a caminhada vai ter cerca 12km, sendo que o arranque e chegada de todos os eventos continua a ser na praia das Maças.

 

montedalua09

 

Chamamos a atenção que as inscrições foram prolongadas até dia 3 Julho e os preços são bastante competitivos, sendo que os pacotes mais baratos para os K20+ e K50+ são de 18 e 25€ respectivamente.

 

Leiam atentamente toda a informação que a organização disponibiliza no site para além do regulamento que pode ser consultado aqui

 

montedalua00


A prova K20+ vai ser este ano de 26,5km e a versão dos K50+ vai ter 51,4km. Ambas de dificuldade média.

 

No próprio dia da prova a partir das 7 da manhã é possivel ir ao secretariado da prova e levantar dorsais e/ou resolver questões de ultima hora, sendo que as partidas realizam-se às 8.30 da manhã para os atletas da Ultra K50+ e às 9.30 para a prova dos K20+.

 

Inspirem-se nas imagens que vos deixamos e consultem os graficos altimétricos e escolham o vosso desafio.

 

montedalua04

 

montedalua08

 

altimetria25k

 (altimetria da prova dos K20+)

altimetria50k

 (altimetria da prova dos K50+)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vou de férias... Lá se vai o plano de treino

por João Gonçalves, em 29.06.16

Já chegou o Verão, o sol está mais quente, os dias são maiores, o mar tem mais cheiro e a areia da praia ganha um brilho hipnótico que chama por nós. Já chegou o Verão, chega também aquela altura do ano que muitos de nós vamos de férias após a série de meses enfiados na nossa rotina.

 

FeriasRunning.png

 

E é isto mesmo que estamos a falar rotina, férias é fugir à rotina, dormir até mais tarde, espreguiçar na areia da praia, conhecer novos sitios, jantares com os amigos até às tantas e é normal que tambem a rotina de irmos correr diariamente se baralhe um pouco e não há nada de mal com isso, estamos férias afinal.

 

Pessoalmente até acho benéfico reduzir a carga de treinos quando estamos de férias, para além de ajudar no descanso e recuperação muscular faz bem a nível psicológico "Treinei o ano todo. Eu mereço estes 15 dias ao sol".

 

Se alguns de vós não tem problemas com isto de parar e relaxar, outros mais aficionados, mesmo de férias, continuam a sua rotina de treinos sem problemas nenhums, se és uma destas duas pessoas podes fechar a página e sair, este post não é para ti.

 

 

Este post é para aqueles que vão de férias, querem também férias da corrida, mas depois ficam com sentimento de culpa de não terem corrido durante as mesmas. Conhecem alguém assim? Eu conheço.

 

 

Então para esses vou deixar alguns truques e actividades para minimizar este sentimento de culpa.

 

1. Andar com água pela cintura, estão na praia então aproveitem para andar, simplesmente andar, com a água pela cintura, é um excelente exercício físico e de impacto reduzido.

 

2. Caminhar, se estiverem a fazer férias de cidade, conheçam a cidade testa forma, evitem os autocarros turisticos e vão ver que ainda poupam dinheiro desta forma, se estiverem na praia caminhem sobre areia que os benefícios ainda são maiores. E já agora liguem a vossa aplicação de fitness enquanto o fazem e vão ver que o mindset muda logo.

 

3. Jogos de praia - raquetes, futebol, volei - para além de um excelente divertimento, são excelentes exercícios cardio e de core quando efectuados na areia.

 

4. Andar de bicicleta, hoje em dia é comum as cidades terem aquelas bicicletas municipais, alugem uma e façam um passeio.

 

5. Seja na piscina no hotel, no rio ou no mar, nadar é um excelente complemento à corrida, para além de refrescante, ajudamos a trabalhar outros segmentos musculares que geralmente não trabalhamos.

 

6. Desafio 100-100 - acordas de manhã e logo pela fresquinha e antes de tudo, tentas fazer 100 flexões e 100 abdominais, não interessa a ordem ou a sequência, o que interessa é completarem o número total, até podes fazer uma flexão e um abdominal e repetir isto cem vezes. Vais ver que te vais sentir com mais energia.

 

7. ABS - mesmo deitado na areia ou na espreguiçadeira podes fazer execercios simples, só o facto de contraires a zona abdominal já a estás a trabalhar ou então levantas os pés uns cm do chão e aguuuuuuuuentas.

 

8. Yoga - aproveita a praia até ao ultimo segundo e aproveita aquele momento mágico do pôr do sol para fazer um pouco de Yoga, medição ou mesmo somente alongar os músculos do corpo e agradecer este momento. Não te vai fazer bem ao corpo como ao espírito e ficas preparado para uma noite memorável.

 

9. Paddle - Hoje em dia é fácil encontar pranchas de Paddle para alugar nas nossas praias, atreve-te e experimenta, não só exercitas a zona superior do corpo para remar como o core para de equilibrares em cima da prancha.

 

10. A ultima dica e talvez aquela, que deves fazer uma vez para não dizeres que tiveste as férias todas sem correr. Faz um jogging ligeiro, nem que seja para ir comer um gelado naquele café que fica duas praias ao lado.

 

Mas acima de tudo, não te stresses, estás de férias. Have Fun...

 

Boas férias e bons treinos...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Review sobre a Furia... A nova Tshirt da Lurbel

por João Gonçalves, em 28.06.16

Tudo começou com uma headband... Há uns anos atrás comprei uma headband da Lurbel e deste a primeira vez que a coloquei na cabeça senti que o tecido era muito confortável e suave, a partir desta headband comprei vários produtos desta marca e em todos eles o meu nível de satisfação foi a acima da média, a qualidade, conforto e durabilidade sempre excederam as minhas expectativas.

 

IMG_20160626_215133 (1).jpg

 

Desta forma foi com uma satisfação que recebi esta novíssima Lurbel Furia, uma Tshirt vocacionada para Trail Running que faz parte da nova colecção desta casa espanhola para 2016-17, uma colecção que na minha opinião rompe um pouco com um passado e introduz sérias e novas tecnologias pela menos no que toca às tshirts.

 

IMG_20160626_215201.jpg

 

Esta nova coleção apresenta um têxtil com a tecnologia iDT 3D, baseado em fibra de bambú, da Lurbel que lhe garante a esta tshirt um nível superior de qualidade, basicamente pela parte interior tem um tecido suave e confortável e por fora uma composição mais resistente em tecido tridimensional que garante uma protecção perfeita para contra ramos ou arbustos quando corremos do meio da montanha. Possui um nível de transpirabilidade superior com recurso a uma tecido micro perfurado ionizado de prata na zona das axilas e costas e que possibilita que fiquemos secos mesmo em treinos mais intensos.

 

Ainda como bónus esta Lurbel Fúria vem com acabamento anti bacteriano e protecção UV 50+ que protege o corredor nos dias mais quentes, um pormenor excelente para o Verão.

 

IMG_20160626_215227.jpg

 

IMG_20160626_215242.jpg

 

Embora não seja a Tshirt mais leve do mercado e em suma é uma peça de excelente qualidade, a malha 3D exterior é de facto resistente contra a vegetação e com acabamentos de qualidade superior.
Está disponível em vermelho e azul e nos vários tamanhos, um atenção especial para os tamanhos pois convém ver a tabela da marca pois geralmente visto um tamanho pequeno e nesta Furia vesti um Médio e ficou fit ao corpo.


Com um PVP de 39,90€ que na minha opinião é mais que justo para uma peça desta qualidade.

 

E termino esta review com um ponto de melhoria, se tivesse de fazer um upgrade a esta Lurbel Furia, somente lhe acrescentaria um fecho frontal e um bolso lateral ou traseiro.

 

Bons treinos.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia

Nas redes sociais


SOMOS PARCEIROS:

9223fe5b-e80a-48c7-92f8-f8ecaed28033

Somos parceiros:

Girassol_banner



Os nossos treinos têm o apoio:



Logo_Vimeiro

Somos parceiros:

Followruns.jpg



Calendário

Julho 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31